O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

A BELEZA E O TEMPO



Para cada um de vós, o tempo passará.


E com os anos, virão as rugas; brancos ficarão os vossos cabelos e o vosso corpo já não terá a mesma elasticidade; nem responderá com a mesma presteza aos vossos comandos.


Aceitai esta verdade. E tende consciência de que a beleza física é efêmera e a sua melhor moldura é a aura da juventude, que a cada dia mais um pouco se afasta de vós.


Entretanto, a fruta mais saborosa não é a mais verde, e sim aquela que o tempo fez amadurecer. Como o vinho não atinge o seu melhor espírito, senão após o envelhecimento.


Assim acontece ao homem sensato, que não se limita a caminhar, mas desfruta de cada momento da jornada. Este aprende a cada derrota, e recupera as forças em cada vitória.


Este saberá envelhecer. E o passar dos anos não lhe trará a angústia da velhice, mas a serenidade do amadurecimento. E a sua beleza não estará na sua pele, nem no seu rosto.


Brilhará, todavia, nos seus olhos. E emanará das suas palavras e das suas atitudes, porque nascerá do seu verdadeiro Eu. Esta é a beleza que o tempo não vos consegue roubar.


Cultivai, portanto, a vossa beleza interior. Assim como vos dedicais aos cuidados com o corpo, zelai por vossa alma; pois, em verdade, é ela que determina a vossa idade.


Mais jovem é o velho que acredita no futuro, do que o rapaz que já perdeu as esperanças; mais viva está a idosa que se encanta com o amanhecer, do que a moça que se perde na noite.


Inútil não é o homem que caminha sobre pernas cansadas, mas aquele que renunciou aos seus sonhos e deixou-se ficar assentado à beira da estrada por onde passam os seus irmãos.


O tempo, eu vos asseguro, mais vos traz do que vos leva. Porque é mais importante saber posicionar as velas, para aproveitar o vento, do que dispor da força para os remos.


E não é sábio o jovem nadador que se atira ao rio caudaloso e nele desaparece, enquanto o homem experiente constrói uma ponte e em segurança cruza as suas águas.


Para cada um de vós, o tempo passará. E não é o ladrão impiedoso, que vos rouba a juventude, mas o amigo compassivo que vos conduz à maturidade e ao conhecimento.


Ao vosso verdadeiro Eu.

55 Comentários:

Blogger Parole disse...

O tempo, eu vos asseguro, mais vos traz do que vos leva. Porque é mais importante saber posicionar as velas, para aproveitar o vento, do que dispor da força para os remos.

As vezes é preciso deixar que a vida nos leve...
Querido Árabe, você sempre tem as palavras certas.Precisava ler isso hoje.

Beijos e ótimo fds.

23 de setembro de 2011 18:14  
Blogger Olhos de mel disse...

Lindo Árabe! Assim é; não precisamos ser velhos, mas maduros e aproveitar o tempo, colorindo nossos momentos com as cores brilhantes da vida. Acho que a melhor maneira de assumir a idade, é não ter medo de envelhecer.
Amei! Bom fim de semana!
Beijos

23 de setembro de 2011 18:42  
Blogger BlueShell disse...

Olha, apetece-me ROUBAR este texto: porque ultimamente...tenho andado "em luta" com o Tempo (luta que perco, obviamente). A verdade é que, a começar nas pessoas que "partem"...e a acabar nas artroses que me apoquentam, passando pela necessidade de usar óculos...tenho sentido a passagem do Tempo como algo avasssalador! Digo mesmo, sem vergonha, que ando deprimida - por isso e pela doença do meu marido, que nos leva frequentemente ao IPO em Coimbra-; e não tenho pensado no Tempo "dessa maneira", como tu escreves. gostei, gostei de ler.

Um beijo

bom domingo...
Bshell

25 de setembro de 2011 00:22  
Blogger Magia da Inês disse...

°º✿
º° ✿Olá, amigo!
✿♥ ° ·.Não sei se o tempo é amigo ou vilão...
°º✿
º° ✿✿♥ ° ·.Bom domingo!
Beijinhos.
Brasil

25 de setembro de 2011 01:25  
Blogger Claudinha ੴ disse...

A beleza do corpo é efêmera, mas o olhar continuará espelhando a beleza da alma, esta nada disfarça ou apaga... Bj

25 de setembro de 2011 07:38  
Blogger ISA disse...

Nos mais maduros existem virtudes e sabedorias que aos novos passam ao lado, também o tempo nos ajuda a encarar a vida de outro modo e a tirar proveito/desfrutar da mesma, por vezes é bom atingir uma etapa etária para se poder dizer, "sinto-me bem como Eu e com todos".

Um Abraço
Até breve

25 de setembro de 2011 12:39  
Blogger ♥MáH♥ disse...

Adoro essa coisa de refletir sobre o tempo.
E pra ser muito sincera, acho que ele sempre melhora tudo. Quando era mais nova era louca para ter mais de 25, pq achava que toda mulher ficava mais bonita depois dos 25.
E não é que eu estava certa?
rsrsrsrs


Beijinhos

26 de setembro de 2011 14:48  
Blogger helia disse...

O tempo passa, a idade vai chegando, o cabelo enbranquecendo , as rugas acentuando-se ...e nós sentimo-nos tristes quando revemos as fotos do tempo em que éramos novos !Que saudades que eu tenho da minha juventude!

27 de setembro de 2011 06:17  
Blogger ✿ chica disse...

Sempre um encanto passar aqui e te ler.
A beleza que mais vale pé a que está no nosso coração e interior...
(embora não queiramos ficar umas bruxas,rsrs do lado de fora...)

abração e respondendo tua pergunta por lá, a chocólatra está AINDA fazendo, esperando o sucesso nos exames...


chica

27 de setembro de 2011 14:17  
Blogger São disse...

Meu querido Swami, sou neste momento uma mulher acabada de festejar 62 anos e não entendo porque motivo as pessoas se submetem a tantas operações plásticas para apagar os vestígios do tempo, ficando lisas como máscaras de porcelana inexpressivas!

Um abraço bem apertado!

27 de setembro de 2011 16:16  
Blogger BlueShell disse...

Venho agadecer tuas palavras e desejar um bom dia, deixando um BEIJO.....

28 de setembro de 2011 00:07  
Blogger Pensador disse...

Como sempre, um maravilhoso texto para pensarmos, Árabe!
Eu acho uma pena a forma como nossa civilização ocidental vê as pessoas mais idosas, como lixo, como alguém que já foi sugado no que poderia produzir e agora é descartado.
E, no entanto, quanto pode ser aprendido com eles...
Abraços!

28 de setembro de 2011 15:43  
Blogger AFRICA EM POESIA disse...

Vim e deixo com um beijo



UM DIA MAIS


Mais um dia
Um dia diferente
Mais igual
Queria fazer tanto...
E não faço nada
Queria partilhar
E nada partilho
E o mundo...
Assusta-me...
Sinto que ao meu redor
Tanto se sofre...
E gostava...
De ter uma varinha
Varinha de condão...
E ver toda a gente a sorrir...
Mas quero...
Penso...
E sonho...
E vem a realidade...
Acordo e...
Foi apenas mais um dia...
E o amanhã continua igual!...

LILI LARANJO

28 de setembro de 2011 16:17  
Blogger ONG ALERTA disse...

O tempo mostra que a beleza é eterna...beijo Lisette.

28 de setembro de 2011 17:47  
Blogger 。♥ Smareis ♥。 disse...

Amigo árabe, estou aqui lendo e refletindo.O tempo nós ensina muito, e eu estou aprendendo a cada dia. O medo faz parte do envelhecimento. mas o importante mesmo é Cultivar, a beleza interior. Assim como vos dedicais aos cuidados com o corpo, zelai por vossa alma; pois, em verdade, é ela que determina a vossa idade. Beijos e obrigada pela leitura. Adorei !
Smareis

28 de setembro de 2011 18:07  
Blogger BlueShell disse...

passei de novo para deixar o desejo de um bom dia!
Bshell

28 de setembro de 2011 22:41  
Blogger Parole disse...

Passei para reler seu texto maravilhoso e deixar um beijo de bom dia.

29 de setembro de 2011 04:23  
Blogger O Árabe disse...

Fico feliz em saber que pude ser útil, Parole. :) Bom fim de semana.

29 de setembro de 2011 10:42  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Olhos de Mel. O medo é sempre o nosso maior obstáculo. :) Bom fim de semana.

29 de setembro de 2011 10:43  
Blogger O Árabe disse...

Verdade, Blue Shell: não há quem passe incólume pelo tempo. Mas, em troca do que nos leva, ele nos traz a sensatez. :) Bom fim de semana!

29 de setembro de 2011 10:44  
Blogger O Árabe disse...

Talvez ambos, Inês,... quem sabe? :) Bom fim de semana.

29 de setembro de 2011 10:45  
Blogger O Árabe disse...

Ainda bem, não, Claudinha? :) Bom fim de semana!

29 de setembro de 2011 10:45  
Blogger O Árabe disse...

Bem colocado, Isa; esta é a melhor coisa que o tempo nos pode ensinar. :) Bom fim de semana.

29 de setembro de 2011 10:46  
Blogger O Árabe disse...

Estava, MáH... e está. Porém, cada fase da sua tem sua beleza. :) Bom fim de semana.

29 de setembro de 2011 10:48  
Blogger O Árabe disse...

Isso é muito bom, Hélia! Até porque só temos saudades das coisas que vivemos intensamente. :) Bom fim de semana!

29 de setembro de 2011 10:49  
Blogger O Árabe disse...

Vai dar certo, Chica! Mas o difícil vai ser manter depois. :) Bom fim de semana.

29 de setembro de 2011 10:50  
Blogger O Árabe disse...

Nem eu, São... e olha que já tenho um marco a mais! :) Bom fim de semana, amiga; parabéns! :)

29 de setembro de 2011 10:50  
Blogger O Árabe disse...

Eu é que agradeço, Blue Shell, pela amizade constante. :)

29 de setembro de 2011 10:51  
Blogger O Árabe disse...

Acho que você disse tudp, Pensador: quanto podemos aprender com os mais velhos! :) Meu abraço, bom fim de semana.

29 de setembro de 2011 10:52  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Lili. Bom fim de semana. :)

29 de setembro de 2011 10:52  
Blogger O Árabe disse...

Em verdade é, Lisette... até porque mora dentro de nós. :) Bom fim de semana!

29 de setembro de 2011 10:53  
Blogger O Árabe disse...

Belo comentários, Smareis; obrigado. :) Bom fim de semana!

29 de setembro de 2011 10:54  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Blue Shell. Bom saber que o texto agrada. :)

29 de setembro de 2011 10:56  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Parole, pela gentileza e amizade. :)

29 de setembro de 2011 10:56  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

assim é.
um texto cheio de sabedoria que em várias passagens até doí ler.
um beij

29 de setembro de 2011 12:51  
Blogger Vanuza Pantaleão disse...

É verdade, amigo. Eu sempre digo que saber envelhecer é uma arte para poucos. Pessoalmente, não tempo a passagem do tempo porque nunca foquei minhas energias nas coisas materiais. Mas há pessoas que sofrem com isso, Poe elas, rezo.
Obrigada, Árabe! Beijos!

29 de setembro de 2011 16:05  
Anonymous De... disse...

Árabe...

O eterno enigma do tempo e a beleza verdadeira: aquela que transborda da alma através do olhar... pois somente essa reflete o nosso verdadeiro Eu.

Não importa o passar do tempo, e sim, a maneira como nós passamos pelo tempo.

Um grande beijo...

29 de setembro de 2011 21:36  
Blogger GarçaReal disse...

É um facto que temos que saber cultivar bem a juventude para colher os frutos maduros nas etapas mais adiantadas da vida. No entanto é sempre com algum receio que se vê os anos a esvaírem-se e juventude a passar. É no entanto certo que o amadurecimento trás imensas vantagens....

Belo texto

Bom fim de semana

Bjgrande do Lago

30 de setembro de 2011 08:14  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Piedade, pela gentileza e amizade. :) Bom fim de semana!

30 de setembro de 2011 18:06  
Blogger O Árabe disse...

É muito bom, Vanuza, quando conseguimos desligar-nos da passagem do tempo! :) Bom fim de semana.

30 de setembro de 2011 18:08  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, De: o principal é a maneira como passamos pelo tempo. :) Bom fim de semana!

30 de setembro de 2011 18:08  
Blogger O Árabe disse...

... entre elas, Garça amiga, a maior talvez seja a da compreensão. :) Bom fim de semana!

30 de setembro de 2011 18:09  
Blogger moonlight song disse...

Olá Amigo àrabe :)
texto lindo...
E a beleza interior transparece pelos olhos da pessoa em qualquer idade.

Fique bem,

bj.

1 de outubro de 2011 00:01  
Blogger O Árabe disse...

Bem o disseste, Moonlight Song: em qualquer idade. :) Sempre uma alegria a tua presença; bom fim de semana!

1 de outubro de 2011 20:18  
Blogger moonlight song disse...

Olá amigo Àrabe :)
é sempre um prazer ler-te.
Beijos e bom fim de semana!

1 de outubro de 2011 23:40  
Blogger C Valente disse...

bom domingo

2 de outubro de 2011 02:06  
Blogger Fa menor disse...

A maturidade vem com a idade...
e cultivar a beleza interior é imprescindível, pois se a cuidarmos não envelhecerá.

:)

2 de outubro de 2011 09:21  
Blogger O Árabe disse...

Meu abraço, amigo Valente. :) Boa semana!

3 de outubro de 2011 07:47  
Blogger O Árabe disse...

Bem o disseste, Fa menor... é a única que não envelhece. :) Boa semana!

3 de outubro de 2011 07:47  
Blogger O Árabe disse...

Boa semana. Moonlight Song! :)

3 de outubro de 2011 07:48  
Anonymous Lua Nova disse...

Não é fácil envelhecer, por mais que conscientemente saibamos que esse é o destino inexorável de todos nós. No meu caso, fiz um trabalho mental e emocional de forma profunda e determinada quando percebi os primeiros e alarmantes sinais do envelhecimento. Hoje estou em paz e focada na jornada que eu pretendo que seja a melhor possível.
Quanto ao seu texto, meu caro, é irretocável como sempre, reconfortante e gostoso de ler.
Beijokas.

4 de outubro de 2011 11:32  
Blogger augusto, um entre mil disse...

é bonito, mas...


não sei...

4 de outubro de 2011 17:36  
Blogger O Árabe disse...

É uma boa receita, Lua Nova! Assim, mantemos o foco no aspecto principal. :) Boa semana!

4 de outubro de 2011 19:22  
Blogger O Árabe disse...

Um dia, descobriremos, não, Augusto? Até porque o tempo passa, independente da nossa vontade. :) Meu abraço, boa semana.

4 de outubro de 2011 19:23  
Blogger Fazendo um novo fim disse...

Lindíssimo....

8 de fevereiro de 2012 14:31  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky