O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

VERDADES E APARÊNCIAS



Por que tanto ligais às aparências? 

Acreditais que a capa de um livro possa ser mais importante que o seu conteúdo? Que a flor mais colorida seja mais perfumada? Ou que o fruto mais apetitoso tenha o melhor sabor?

Por que vos importais tanto com o que mostrais e tão pouco com o que sentis? É tão importante mostrar que amais, que muitas vezes vos descuidais de sentir o amor em vós? 

Adornais as vossas casas e os vossos corpos. Atentai às vossas roupas, ao vosso peso, às vossas medidas e aos vossos carros. Cuidais, porém, de tornar mais belas as vossas almas?

Algum de vós atenta aos seus pensamentos e aos seus sentimentos? Algum de vós procura mostrar-se como realmente é, e não como acredita que os outros julgam que ele deva ser? 

Atentai para esta pergunta, que parece simples. Se tiverdes a coragem de olhar bem fundo em vós, vereis quantas vezes vos tendes contrariado, para atender a expectativas alheias. 

Escolheis as vossas roupas não pelo conforto que proporcionam, mas pela admiração que despertam naqueles que vos cercam. Como se  fosse melhor parecer bem, do que estar bem.

E este não deve ser o vosso cuidado. De nada vos adianta o que possais aparentar, porque o vosso verdadeiro Eu conhece as vossas verdades, e é com ele que precisais conviver.

De que serve ao viajante no deserto o cantil ricamente adornado que carrega à cintura, se dentro dele não estiver a água humilde e fresca que mitiga a sua sede e lhe sustenta a vida? 

De que adiantam à rica matrona as roupas e joias valiosas que lhe cobrem o corpo, se à noite as lágrimas dolorosas da solidão em que vive ensopam o travesseiro macio onde se deita?

De que valem as belas coroas que ornam as urnas funerárias, se em nada aliviam a dor daqueles que deploram a perda de um ente querido e a saudade que chora em suas almas?

Não; decerto, não é nas aparências que encontrareis solução para vossos problemas, nem  remédio para os vossos males. Não vos preocupeis em mostrar, mas em ser; ou nada sereis.

Escolheis vós mesmos os vossos caminhos. Que não vos inquietem as opiniões alheias, pois sois vós que devereis percorrê-los; são vossos os pés que nas suas pedras se magoarão. 

Esquecei, pois, as aparências. Não vos deixeis conduzir pelas opiniões alheias, mas cuideis de ouvir o vosso coração e a vossa alma, pois através deles é que vos fala a voz do Universo.

Sede fiéis ao vosso verdadeiro Eu. 

Música:
http://ohassan.dominiotemporario.com/midis/ernesto_cortazar_intimate.mid

30 Comentários:

Blogger ✿ chica disse...

Aplaudindo tua mensagem e as reflexões contidas nela e decorrentes dela! Precisamos mesmo saber observar nosso verdadeiro EU e olhar pra dentro de nós! Ficaremos surpresos. abração, lindo fds e nova semana! chica

11 de novembro de 2016 22:57  
Blogger Olhos de mel disse...

Bem verdade Árabe! O mundo anda cheio dessas pessoas. Mas cabe-nos entender os motivos de cada um. No fundo, todas as nossas atitudes são motivadas por questões emocionais, que muitas vezes não temos conhecimento, mas se encontram no subconsciente, desencadeando reações.
Bom fim de semana! Beijos

12 de novembro de 2016 06:55  
Blogger Fá menor disse...

Muito bem! Assim tento fazer sempre. O exterior só deve reflectir o interior.

Beijo e boa semana, meu amigo!

12 de novembro de 2016 09:18  
Blogger CÉU disse...

Adorei a imagem, amigo Árabe, e não é carnaval, ainda!

Um texto mto completo. De facto, devemos nos mostrar tal qual somos. Se agradarmos, tanto, melhor. Caso não, paciência, a vida vai continuar para nós e para os outros.

Um abraço e boa semana.

13 de novembro de 2016 15:37  
Blogger Maria Luzia Araujo disse...

"Escolheis vós mesmos os vossos caminhos. Que não vos inquietem as opiniões alheias, pois sois vós que devereis percorrê-los; são vossos os pés que nas suas pedras se magoarão."

Bom dia Árabe!

Concordo com você e muito! A melhor coisa é a gente viver da forma que nos faça bem. Nunca iremos agradar a todo mundo mesmo, portanto... Gostei muito do texto, de tudo. Tenha uma linda semana e obrigada! Abração

14 de novembro de 2016 05:13  
Anonymous Helena disse...

Árabe, meu querido, tua postagem veio ao encontro daquilo que hoje parece reger o mundo moderno, as aparências. Isto fica flagrante para quem, principalmente, lida com o público, tendo oportunidade de conhecer uma gama significante de pessoas que estão mais preocupadas com a aparência do que com aquilo que na realidade são.
Faço destaque deste trecho que eu diria, perfeito!
"Escolheis vós mesmos os vossos caminhos. Que não vos inquietem as opiniões alheias, pois sois vós que devereis percorrê-los; são vossos os pés que nas suas pedras se magoarão."
Que a tua semana seja plena de alegria, paz e realizações.
Meu carinho num beijo no teu coração,
Leninha

14 de novembro de 2016 13:13  
Blogger Marina Fligueira disse...

¡Hola Árabe!!!

Nos dejas otra entrada de lujo con una gran lección de vida. Vivimos en un mundo de fantasías en todos los sentidos. ¿Habrá algo más hermoso que lo natural lo sencillo? Creo que no! Pero el mundo está lleno de apariencia y, querer aparentar lo que no se es, es un error, quizá por ignorancia… ¡Pero es lo que hay!!! Te dejo mi felicitación por esta interesante entrada.

Un abrazo, mi gratitud y mi estima.
Se muy -muy feliz.

15 de novembro de 2016 11:10  
Blogger Silenciosamente ouvindo... disse...

Um texto que muito se jusutifica nos tempos que vivemos.

Como sempre o amigo tem muita razão no que escreveu.

As aparências muitas vezes nada têm a ver com a realidade.

Um abraço para si e votos de que se encontre bem.

Irene Alves

15 de novembro de 2016 12:14  
Blogger Ailime disse...

Boa noite meu Amigo e bom Árabe,
Que dizer de um texto tão belo na forma como aborda um tema tão interessante e actual?
São as tais pérolas que costumo falar.
Sabe, fico sempre rendida aos seus ensinamentos e deles procuro extrair o que me poderá ajudar na minha caminhada.
«Não vos preocupeis em mostrar, mas em ser; ou nada sereis.»
Assim devemos agir e ser fiéis ao nosso verdadeiro eu indo de encontro à vontade da Voz do Universo.
Uma reflexão muito linda e completa, escrita com uma suavidade que me encantou e que lhe agradeço muito.
A música é lindíssima e muito intimista.
Beijinhos e continuação de boa semana.
Ailime

15 de novembro de 2016 15:20  
Blogger Zilani Célia disse...

OI ÁRABE!
MUITAS VEZES, NOS DEIXAMOS LEVAR PELAS APARÊNCIAS, NOSSAS AO NOS MOSTRARMOS E DOS OUTROS AO LHES OBSERVARMOS APENAS O EXTERIOR, QUANDO NA VERDADE, O QUE VALE MESMO É O QUE CADA UM TEM A OFERECER DE COMO VERDADE.
COMO SEMPRE, FALAS AO NOSSO CORAÇÃO.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

15 de novembro de 2016 15:25  
Blogger Mariazita disse...

Bom dia, Árabe
Gostei, mas... discordo um bocadinho...
Penso que a aparência é importante já que é a primeira que se apresenta - e a primeira impressão conta muito.
Contudo, como em tudo, no meio é que está a virtude.
É preciso aprender a descortinar o que está por detrás da aparência, que muitas vezes é falsa.
E completamente errado é viver-se de aparências...

Continuação de boa semana.
Beijinhos
MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

16 de novembro de 2016 01:51  
Blogger Smareis disse...

Um texto de grande ensinamentos, bem refletivo Árabe.
Eu sempre digo: Quem quiser me aceitar da forma que sou, tudo bem, e se não quiserem me aceitar da forma que sou, tudo bem também... Eu não vou ser desleal comigo, só para agradar alguém. Como diz uma certa frase: "Nem sempre aparência é sinal de carácter, e nem sorrisos é sinal de felicidade."
Adorei a imagem. A música gosto muito.
Boa semana!

16 de novembro de 2016 18:31  
Blogger O Árabe disse...

Verdade, Chica: ficaremos surpresos, ao olharmos com sinceridade e independência para o nosso verdadeiro Eu! Obrigado, amiga; bom resto de semana.

17 de novembro de 2016 06:08  
Blogger O Árabe disse...

Lúcida análise, Olhos de Mel! Pessoalmente, acho que o maior perigo em viver por aparências é perder a noção de realidade. Obrigado, bom resto de semana.

17 de novembro de 2016 06:13  
Blogger O Árabe disse...

Tentamos, Fa. Embora, devo admitir, nem sempre o consiga. :) Obrigado, bom resto de semana.

17 de novembro de 2016 06:14  
Blogger O Árabe disse...

Concordo inteiramente, Céu: a vida continua... e será sempre como é! :) Obrigado, bom resto de semana.

17 de novembro de 2016 06:15  
Blogger O Árabe disse...

Pura verdade, Maria Luzia: nunca agradaremos a todos, por mais que nos esforcemos! Obrigado, minha amiga; bom resto de semana.

17 de novembro de 2016 06:17  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Helena, pela gentileza e amizade de sempre. Fica bem, amiga; que em breve o sorriso volte aos teus lábios e a alegria a teu coração. Bom resto de semana!

17 de novembro de 2016 06:19  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Marina, e concordamos: nada pode ser mais belo, que o comportamento natural e espontâneo! Bom resto de semana.

17 de novembro de 2016 06:20  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Irene. Estou bem, sim, e você, como está? Bom resto de semana!

17 de novembro de 2016 06:21  
Blogger O Árabe disse...

Acho que você resumiu muito bem, Ailime: devemos ser fiéis ao nosso verdadeiro Eu. Sempre! Obrigado, amiga; bom resto de semana.

17 de novembro de 2016 06:22  
Blogger O Árabe disse...

Certo, Zilani! Esta é a melhor oferta que podemos fazer: a nossa verdade! Obrigado, bom resto de semana.

17 de novembro de 2016 06:23  
Blogger O Árabe disse...

Concordo, Mariazita, que a aparência conta, sim, e sempre devemos parecer bem. O erro, acredito, está em viver em função dela, esquecendo as verdades de si mesmo! Obrigado, amiga; bom resto de semana.

17 de novembro de 2016 06:26  
Blogger O Árabe disse...

Assim mesmo, Smareis: nunca vale a pena ser desleal consigo mesmo, para tentar agradar alguém! Obrigado, bom resto de semana.

17 de novembro de 2016 13:16  
Blogger Lia Noronha disse...

Árabe: sempre com belas e edificantes mensagens por aqui.
Abraços carinhosos meus.

17 de novembro de 2016 17:43  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Lia, pela gentileza e amizade. Boa semana!

21 de novembro de 2016 05:35  
Blogger rosa-branca disse...

Querido amigo, tenho andado afastada destas andanças e até deixei de escrever. Este teu texto vem mesmo bater no meu sentir. Viver de aparências...detesto e infelizmente tenho que viver com isso, dentro de casa. Não interessa o que seja verdade o que interessa é a aparência e mostrar aos outros o que não existe...o bom senso, o carinho o amor. Só os bens monetários têm valor. Para certas pessoas tudo tem preço, mas há coisas tão valiosas e que não se compram. Gostei muito. Não sei quando ou se voltarei a escrever. O ânimo anda pelas ruas da amargura. Beijos com carinho

21 de novembro de 2016 07:56  
Blogger O Árabe disse...

Alegria em rever-te, rosa-branca, e tristeza por saber que não tens escrito, pois sempre gostei muito de ler-te. Espero que essas nuvens cinzentas logo se desfaçam e com o sol e a alegria retorne o teu ânimo para a escrita. Bom saber que o texto te foi útil, amiga; fica bem, boa semana!

21 de novembro de 2016 18:37  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

Amigo Árabe

um texto que de adapta aos tempos que estamos a viver, tão verdadeiro que até dói ler (no bom sentido).
muito interessante e com uma mensagem poderosa.
obrigada
:)

24 de novembro de 2016 10:04  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Piedade, pela amizade e gentileza. Bom resto de semana!

30 de novembro de 2016 11:24  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky