O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 29 de junho de 2018

O MOMENTO EM QUE ALGO SE QUEBRA



Há um momento em que algo se quebra.

E, na verdade, não é um momento; mas o resultado de inúmeros momentos. Não é uma página, nem um livro, mas o conjunto da obra. É o pequenino furo, que aumenta e faz ruir a represa.

É o grito, por muito tempo sufocado, que se faz ouvir; é a fruta que cai ao chão, por demasiado madura. É a canção que termina e cujas últimas notas já não viajam no vento do crepúsculo.

É a rachadura quase invisível, que se espalha e faz ruir a casa que parecia firme sobre os alicerces; é a lágrima sentida que, enfim, consegue rolar pelo rosto que dantes exibia um sorriso.
 
Em um momento, algo se quebra. Algo ou alguém; um sentimento ou uma ideia. Acontece durante mais um dia de rotina, ou mais uma noite insone; é o momento em que a realidade se impõe.

Há um momento em que algo muda. Já não se vê as coisas como antes se via, já não se acredita no que antes se acreditava. É como um despertar, um abrir de olhos, uma nova forma de pensar.

É apenas um momento; e, entretanto pode mudar todo o futuro. Ou não; porque há aqueles que escolhem o remendo, e outros que procuram um novo caminho, buscando uma vida melhor.

Nada, porém, será como antes. Porque a verdade se tornou evidente, por um momento. E mesmo o homem mais cego pode perceber, entre as sombras que o envolvem, o brilho intenso da luz.

Não podemos iludir-nos todo o tempo. Tentamos ver o mundo pelo prisma colorido de nossas ilusões; mas há um momento em que ele se quebra e precisamos enxergar por nossos olhos.

Há um momento em que algo se quebra, dentro de nós. E, ao quebrar-se, muda a nossa forma de ver o mundo. Ainda que prossigamos no mesmo rumo, atentaremos mais aos nossos passos.

Embora seja lindo o cristal, frágil é a sua essência. E de que adianta encantar-nos com a beleza das cores que nele se refletem, se nada podemos fazer, além de admirar os seus reflexos?

Assim também acontece em nossa alma; as ilusões nos acalentam e aquecem, enquanto a realidade é áspera e fria. Contudo, não podemos viver em um sonho; o arco-íris não dura para sempre.

Existe um momento em que algo se quebra. Mas não podemos deixar que isso nos faça esmorecer, ou duvidar de nós; é preciso recordar que todo fim, na verdade, pode ser um novo começo.

Existe um momento em que algo se quebra. E, nesse momento, necessitamos respirar fundo e pensar bem. É a hora de decidir entre juntar os cacos, ou abandoná-los sem olhar para trás.

Porque é preciso prosseguir em nossa jornada.

Música:
http://ohassan.dominiotemporario.com/midis/jaimevillalba-nocturne.mid

28 Comentários:

Blogger Rejane Tazza disse...

Esse momento chega na realidade! A magia parece se quebrar.Vemos melhor as coisas! Uma tristeza...E a hora de decisão é importante...Juntar cacos ou abandonar a cena...Linda reflexão a tua! abração, chica, ótimo JULHO!

30 de junho de 2018 03:13  
Blogger Fá menor disse...

Sempre pertinentes palavras que ecoam bem dentro. Muito grata.

Beijos.

30 de junho de 2018 06:41  
Blogger Maria Luzia Araujo disse...

"Existe um momento em que algo se quebra. E, nesse momento, necessitamos respirar fundo e pensar bem. É a hora de decidir entre juntar os cacos, ou abandoná-los sem olhar para trás."

Pois é árabe, o bom é que, tenhamos todo aquele cuidado para que não se quebre, porque quebrou, mesmo juntando os cacos, com todo aquele cuidado, não será como antes, não mesmo! No quebrar, quebra também o encanto. Quebrou eu enterro os cacos, kkkk, verdade! Amei o texto, amei tudo! Ótimo final de semana para todos nós e um abraço do tamanho do mundo.

30 de junho de 2018 10:05  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

Assim é meu amigo.
texto que me tocou profundamente e que embora esteja repleto de ensinamentos e conselhos preciosos.
por vezes é tão dificil, olhar os cacos e saber que nunca mais nada os colocará como eram.
comovida e melancolica me sinto.
mas,o texto está excelente e muito bem escrito.
abraço
beijinhos
:)

1 de julho de 2018 10:30  
Blogger Marli Terezinha Andrucho Boldori disse...

Boa noite, Árabe,
penso que seu texto reflete a realidade de todos nós, mesmo que em situações diferentes,
mas existem. Algo se quebra um dia, e aí, é que precisamos ter fé, confiança e superar
todas as dificuldades para saber resolver se juntamos os cacos e seguimos em frente ou os deixamos jogados no chão da vida.
Belo texto para reflexão. Boa noite!

2 de julho de 2018 17:57  
Blogger Arco-Íris de Frida disse...

Quando a nevoa se dissipa, a luz invade, e nao se quer mais voltar para a escuridao... é preciso ir em frente, mesmo pq nao se tem mais para onde voltar, quando a mente se abre a realidade é impossivel viver de mentiras...

Arabe, meu amigo, te desejo uma semana de paz...

Beijos...

2 de julho de 2018 19:11  
Blogger Smareis disse...

Bom dia Árabe!
Um texto de grande ensinamento, assim como todos os outros que você nós presenteou.
Tomar uma decisão sempre é muito difícil e importante. Mas se preciso for é necessário seguir em frente.
Tenho uma citação que diz: “Nem todos os finais são felizes. Mas todos os finais são novos começos, com novas oportunidades para ser feliz”.
Que o mês de julho seja de muitas bênçãos em sua vida.
Abraços!
Uma ótima semana!

3 de julho de 2018 07:06  
Blogger Ailime disse...

Boa tarde meu amigo e bom Árabe,
Uma reflexão magnífica!
Há, sim, momentos em nossa vida em que algo se quebra.
Algo que falha, algo que nos entristece, uma desilusão, mas também algo de diferente e que nos leva a novos recomeços, a momentos que tanto acrescentam à nossa vida. São estes que quero reter e com os quais muito tenho aprendido e têm contribuído para o meu crescimento.
A música e a imagem são lindas!
Beijinhos e continuação de boa semana.
Ailime

3 de julho de 2018 08:54  
Blogger Marina Fligueira disse...

¡Hola Árabe!

Es un exquisito testo colmado de bellas metáforas, como siempre una lección de vida. Tienes toda la razón, la fruta se cae del árbol cuando está demasiado madura, envejecemos claro que envejecemos y nos acercamos al crepúsculo de la vida, mas lo mejor es llevar la mochila liviana con esa última nota de la canción para hacer más llevadero el viaje. Gracias y felicidades.

Ha sido muy placentero pasear por tus letras, mas me despido de los blogs, hasta septiembre si Dios quiere, no vemos de nuevo para entonces.

Te dejo mi gratitud y mi estima.

Un abrazo y se muy, muy feliz.

3 de julho de 2018 09:41  
Anonymous Anônimo disse...

Concordo: quando algo se quebra , a ruína vem detrás.

Beijinhos, Swami


SÂO

3 de julho de 2018 09:57  
Blogger Mariazita disse...

Excepcionalmente bom este teu texto, amigo Árabe.
Pelo menos a mim fez-me reflectir.
Normalmente achamos que "de repente" aconteceu isto ou aquilo. A realidade é bem diferente, e o teu excelente texto chama-nos a atenção para isso mesmo.
As "coisas" começam a acontecer sem que de tal nos apercebamos, e vão continuando dia após dia, até que se dá a ruptura.
Precisamos estar atentos aos sinais para a evitar, se possível, ou, pelo menos, estarmos prevenidos.
MUITO BOM!

Continuação de boa semana.
Beijinhos
MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

4 de julho de 2018 03:15  
Blogger Ontem é só Memória disse...

Simplesmente soberbo! Adorei o texto e identifiquei-me muito com as tuas palavras!

Bjxxx
Ontem é só Memória | Facebook | Instagram

4 de julho de 2018 12:52  
Blogger CÉU disse...

É difícil e assustador, mas há que seguir em frente, pois o passado é passado.

Minhas mãos estão um pouquinho melhores, mas nada k dê pra fazer "floreados" -rs.

Abraço e bfds.

6 de julho de 2018 11:06  
Blogger CÉU disse...

Amigo Árabe, não precisa vir a meu blog. Só postarei daqui a alg. dias.

Tudo de bom!

6 de julho de 2018 11:06  
Blogger O Árabe disse...

Verdade, Chica: a hora da decisão é importante; sempre! Obrigado, amiga; boa semana.

6 de julho de 2018 17:34  
Blogger O Árabe disse...

Grato a você, Fa, pela amizade e gentileza! Bom fim de semana.

6 de julho de 2018 17:35  
Blogger O Árabe disse...

Concordo, Maria Luzia: quebrou, melhor enterrar os cacos! :) Bom fim de semana, amiga; obrigado!

6 de julho de 2018 17:36  
Blogger O Árabe disse...

Acho que é normal que a gente se sinta assim Piedade; afinal, os cacos fazem parte de um sonho! Obrigado, bom fim de semana.

6 de julho de 2018 17:37  
Blogger O Árabe disse...

Esta, muitas vezes, é a grande questão Marli: "resolver se juntamos os cacos e seguimos em frente ou os deixamos jogados no chão da vida." Obrigado, amiga; bom fim de semana!

6 de julho de 2018 17:39  
Blogger O Árabe disse...

Verdade, Arco-Íris: quando a mente se abre para a realidade, é impossível viver de mentiras... por mais lindas que sejam! Bom fim de semana, minha amiga; fica bem!

6 de julho de 2018 17:40  
Blogger O Árabe disse...

Concordo inteiramente, Smareis: "“Nem todos os finais são felizes. Mas todos os finais são novos começos, com novas oportunidades para ser feliz”. Só depende de nós! Obrigado, bom fim de semana.

6 de julho de 2018 17:42  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Ailime: esses momentos muito acrescentam à vida, e sempre nos trazem crescimento! Obrigado, minha amiga; bom fim de semana.

6 de julho de 2018 17:43  
Blogger O Árabe disse...

Verdade, Marina: muitas vezes, a última nota da canção faz valer a viagem! Bom fim de semana, amiga; obrigado!

6 de julho de 2018 17:44  
Blogger O Árabe disse...

Vem, São... e, às vezes, até antes: a gente é que não percebia! :) Meu abraço, bom fim de semana.

6 de julho de 2018 17:45  
Blogger O Árabe disse...

Este é o ponto, Mariazita: "As "coisas" começam a acontecer sem que de tal nos apercebamos, e vão continuando dia após dia, até que se dá a ruptura. Precisamos estar atentos aos sinais para a evitar, se possível, ou, pelo menos, estarmos prevenidos.". Pena, que quase nunca estamos! Obrigado, amiga; bom fim de semana.

6 de julho de 2018 17:47  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Isy; acho que isto nos acontece a todos. Bom fim de semana!

6 de julho de 2018 17:48  
Blogger O Árabe disse...

Verdade, Céu: há que seguir em frente, pois o passado é passado. Fico feliz em saber que estás melhorando, e continuarei a it a teu blog: gosto de esperar os novos posts! :) Bom fim de semana, amiga!

6 de julho de 2018 17:50  
Blogger Ateliê Tribo de Judá disse...

Aprendi fazer lindos mosaicos de caquinhos kkkkk
demoooooooorou... mas aprendi rssss
beijos

Joelma

11 de julho de 2018 17:28  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky