O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 30 de abril de 2021

BALADA DO TEMPO

Quanto tempo desperdiçamos, ao longo da vida!

Esquecemos, talvez, que o tempo é finito, em cada uma das nossas jornadas. Que limitados são os nossos dias e as nossas noites; e melhor faríamos em aproveitar cada um dos nossos instantes.

Assim eu vos tenho dito. Entretanto, sei que agora não me podeis entender; em cada jornada, tendemos a julgar-nos eternos e esquecer que o tempo haverá de levar os nossos corpos.

Em cada jornada, acreditamos que o tempo nos pertença. E adiamos sempre, para o amanhã, coisas que podemos fazer hoje. Como se o amanhã fosse uma certeza, um direito nosso.

Um dia, descobriremos que não é bem assim: quando não vier o amanhã. Então, lamentaremos cada instante que desperdiçamos; cada abraço perdido e cada gesto que não fizemos. 

Lamentaremos cada momento de amor, que deixamos para o dia seguinte; todos os instantes de zanga e amuo, em que levantamos muros entre nós, quando poderíamos ter criado pontes.

Lamentaremos cada beijo desperdiçado, cada carícia não feita, cada frase de amor que deixamos de dizer. Lamentaremos cada grão de amor, que deixamos escorrer em vão entre nós.

Cada oportunidade perdida, cada momento de hesitação e dúvida; cada instante que desperdiçamos nos cobrará o seu preço, em arrependimento, e calará fundo em nosso verdadeiro Eu.

Ainda que lágrimas já não possam cair de nossos olhos, a nossa alma lamentará todo o tempo perdido com o nosso egoísmo, quando poderíamos ter vivido muito mais e mais intensamente.

Mas, eu vos repito: não é com o tempo que nos devemos preocupar. Porque, se seguirmos a nossa consciência, dele faremos bom uso. E não nos queixaremos, quando findar o nosso tempo.

Não nos preocupemos com o tempo que ainda teremos, mas com o que fazemos do tempo que passa. Não cuidemos de passar o tempo, mas de aproveitá-lo, em cada momento que temos.

Não desperdicemos o presente, ansiosos para que chegue o futuro. Vivamos o hoje, o mais intensamente que pudermos, para que o amanhã não nos encontre tristes, arrependidos e perdidos.

Cuidemos bem do nosso tempo. Porque a flor não desperdiça cada um dos segundos de que dispõe, até murchar e cair; e o oceano não perde tempo, para formar cada uma das suas ondas.

Recordemos, sempre, que o tempo não é apenas o nosso capital mais precioso; é o único que não podemos repor. Cabe-nos aproveitar cada uma de suas moedas, enquanto delas dispomos. 

Para construir um futuro melhor.

Música:
http://ohassan.dominiotemporario.com/midis/1_ernesto_cortazar_autumn_rose.mid


Link música

Link vídeo

47 Comentários:

Blogger Lúcia Laborda disse...

Poxa Árabe, li emocionada. Bem verdade; muito desperdiçamos do tempo nessa vida, quando não sabemos do amanhã. Será que Deus nos concederá mais um dia, mais um tempo, para vivermos um tanto quanto traçamos planos e sonhos? A vida e seus mistérios que não pensamos existir.
Belo post! Bela musica e belo vídeo, numa interpretação maravilhosa de Epitáfio.
Bom fim de semana! Beijos

30 de abril de 2021 22:22  
Blogger J.P. Alexander disse...

Es cierto el tiempo es un buen preciado y hay que vivir cada minuto con pasión y alegría. Te mando un beso

30 de abril de 2021 23:45  
Blogger chica disse...

Beleza,Árabe! Não é com ele, o tepo que vooooooooa que devemos preocupar e sim, em aproveitar cada momento ,cada dia do nosso melhoor jeito! E chegamos em MAIO! Que seja lindo ! abração, chica

1 de maio de 2021 06:57  
Blogger Maria Luzia disse...

Pois sim, aproveitar bem horas,minutos e segundos, o tempo não volta e passando com muita velocidade, até assusta, kkkk. Tudo lindo Árabe! Um esperançoso mês de maio para todos nós, ótimo fim de semana e um abração! Grata, muito grata!

1 de maio de 2021 15:12  
Blogger Luma Rosa disse...

Oi, Árabe!
Confesso que não penso no tempo. Só vivo um dia após o outro e da melhor forma possível. Dou o melhor de mim para as pessoas da minha convivência e faço limonada todo dia (rs*). Se eu partir amanhã, cumprirei as ordens do divino sem contestação, mas em vida contesto o pouco tempo de vida aqui na terra das pessoas queridas que partiram. O pior de viver muito, deve ser a saudade que cresce com o passar dos anos.
Beijus,

2 de maio de 2021 02:09  
Blogger Reflexos Espelhando Espalhando Amig disse...

Árabe,
Mais uma bela publicação
com ótimos pontos de
e para reflexão.
O tempo deve ser nosso aliado
e nunca nosso carrasco,
não é mesmo?
Saudade de você lá no Espelhando.
Bjins de bom domingo
CatiahoAlc.

2 de maio de 2021 06:36  
Blogger Ailime disse...

Boa tarde meu Amigo e bom Árabe,
Tão verdadeiras estas pérolas de conhecimento.
O tempo passa tão depressa que quando nos detemos a pensar no que temos feito com ele, chegamos à conclusão que não temos sabido desfrutar de cada momento da melhor possível.
É certo que quando somos jovens pensamos que temos toda uma vida pela frente e o tempo para nós parece não contar e assim o vamos desperdiçando tantas vezes, até que chega uma idade em que paramos para pensar. Será que temos feito bom uso do tempo? E chegamos à conclusão que muito se desvaneceu como o vento. Há que repensar e "cuidar bem do nosso tempo" como muito bem diz. Vamos procurar aproveitar e desfrutar cada instante do nosso precioso tempo que nos resta da melhor forma possível, porque o que passou já não volta.
Gostei imenso da música e do vídeo.
Beijinhos e os meus votos de uma boa semana.
Ailime

2 de maio de 2021 15:19  
Blogger Clarisa T. Livres disse...

Más importante que perder el tiempo será gastarlo en cosas útiles, que dejen nuestros lugares de paso algo mejor; algo bueno; algún fruto que alimente...
Muy interesante, como siempre esa reflexión para meditar de camino a casa...
Gracias.
Abrazo y feliz día, amigo Árabe. 🙋‍♀️

2 de maio de 2021 16:30  
Blogger " R y k @ r d o " disse...

Na minha modesta opinião penso que as pessoas não se deveriam preocupar se o tempo anda depressa de mais, mas sim, em aproveitar o tempo na sua essência e duração. Hoje somos miudos, amanhã adolescentes, depois adultos ativos, e logo logo velhos reformados. E o que aconteceu?
Deixámos passar o tempo esquecendo-nos de que deveríamos aproveitá-lo bem melhor. O tempo não para as pessoas. As pessoas é que param no tempo.
.
Votos de um dia da mãe muito feliz
( Poema sobre a mãe)
.
Pensamentos e Devaneios Poéticos
.

2 de maio de 2021 16:30  
Blogger Smareis disse...

Boa noite Árabe!
Um texto com grande ensinamento que me fez refletir.
A gente não dá muito valor ao tempo, e so percebe quando ele ja ficou pra trás.

Você finalizou muito bem seu texto:
"Recordemos, sempre, que o tempo não é apenas o nosso capital mais precioso; é o único que não podemos repor. Cabe-nos aproveitar cada uma de suas moedas, enquanto delas dispomos. Para construir um futuro melhor."

Com certeza não dá pra repor mesmo...

Boa semana de maio pra ti!
Abração!

3 de maio de 2021 16:38  
Blogger Mariazita disse...

Falas tão acertado, meu caro Árabe!
Quando se é novo nem sequer se pensa no amanhã. Mas quando os anos começam a pesar... aí sim, apercebemo-nos que foi demasiado o tempo que gastámos com querelas, zangas, ódios, discussões inúteis.
E... a ganância, o egoísmo, o não pensar no outro?
Muitas vezes me lembro e refiro aquela história do homem riquíssimo que morreu.
Alguém comentou: ele era riquíssimo! Ao certo, ao certo, o que é que ele deixou? Responderam-lhe: Deixou tudo! Não levou nada!
É isso aí. Já que não levamos nada...deixemos a recordação de que fomos alguém que soube amar o próximo e foi amado.
Isso me bastará!

Feliz Terça-feira e uma boa semana.
Beijinhos
MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS



4 de maio de 2021 06:50  
Blogger CÉU disse...

Oi, amigo!

Tudo bem?

Você ainda não comentou esse poema de nome "Sonho-te". Eu sei k meus poemas são todos parecidos, mas esse é outro.
Eu só posto uma vez por mês e o post anterior se chamava "O Poeta", que você comentou.

Abraços e saúde.

4 de maio de 2021 14:33  
Blogger Luiz Gomes disse...

Boa tarde meu amigo Árabe, infelizmente não usamos o tempo da forma que muitas vezes ele deve ser usado. Como dizia Cazuza "o tempo não para", nós é que infelizmente ficamos parado no Tempo. Grande abraço meu amigo.

4 de maio de 2021 17:03  
Blogger silvioafonso disse...

Eu acho por bem você comentar os
versos da moça ou ela te puxa as
orelhas, meu amigo Arabe. As minhas,
pelo menos, ela puxa.
Parabéns pela bela postagem e boa
noite.

4 de maio de 2021 21:06  
Blogger CÉU disse...

Oi, amigo Árabe!

Um texto mto reflexivo e bem verdadeiro. É preciso saber aproveitar cada bocadinho do tempo, pois ele não volta atrás. Se o fizermos bem, de nada nos arrependeremos.

Abraço e boa semana.

5 de maio de 2021 07:01  
Blogger CÉU disse...

Qto à música, amigo, finalmente já tive acesso a ela. As músicas de Ernesto Cortazar são todas uma maravilha.

Em relação ao vídeo, essa música eu não conhecia, mas gostei mto da letra e da interpretação de Adriana. Vamos viver o máximo e não deixar nada por viver.

Saúde e meu abraço.

5 de maio de 2021 07:07  
Blogger CÉU disse...

Amigo Árabe, quero te pedir desculpas, pke, de facto, você comentou meu poema "Sonho-te" a 26 de abril, mas olha que eu vi os comentários de alto a baixo mais que uma vez e nunca encontrei o seu. Abraços e minhas desculpas!

5 de maio de 2021 07:09  
Blogger CÉU disse...

Sr. Sílvio Afonso, bom dia!

O nosso amigo Árabe comentou meu poema, SIM, só que eu não vi, embora tenha percorrido a longa lista de comentários duas vezes, pelo menos.
Eu só puxo as orelhinhas aos meus alunos e com jeitinho, caso contrário fazem "queixa", mas eu tenho outra forma de "punir" que é escrever 50 vezes uma palavra que esteja errada. Vê, como sou uma professora com caráter?

Dia feliz e saúde.

5 de maio de 2021 07:16  
Blogger Fá menor disse...

Quanta verdade!
E o tempo passa num ápice.

Abraços.

6 de maio de 2021 16:56  
Blogger Megy Maia disse...

O tempo, passa tão rápido como um abrir e fechar de olhos!
As suas palavras sempre acrescentam algo ao meu viver.
Obrigada de coração!
Um beijinho!
Megy Maia🌺😊🌺

6 de maio de 2021 20:26  
Blogger Majo Dutra disse...

Todos sabemos, mas vamos perdendo a noção...
Um grande 'post de ajuda que agradeço -- é de grande importância lembrar...
Gostei muito do 'post', quer pela qualidade do texto, quer pela mensagem e propostas musicais.
Como sempre, é muito agradável passar por aqui.
Dias bons e agradáves, repletos de paz.
Um abraço, meu amigo.
~~~~~

6 de maio de 2021 20:57  
Blogger Majo Dutra disse...

Agora reparei que tem cinco entradas de ''uma menina'' que gosta brincar de professora...

Tadinha, podia dar-lhe para pior!!

Tudo bom, amigo.
~~~~~

6 de maio de 2021 21:04  
Blogger O Árabe disse...

Bem como você disse, Lúcia: a vida e seus mistérios. E, convenhamos, talvez ela não tivesse a mesma graça, sem eles! :) Meu abraço, obrigado; bom fim de semana!

7 de maio de 2021 14:16  
Blogger O Árabe disse...

De acordo, J.P.: temos que viver cada momento com paixão e alegria! Meu abraço, obrigado; bom fim de semana.

7 de maio de 2021 14:17  
Blogger O Árabe disse...

E não é, Chica? Enquanto nos preocupamos com tantas coisas, o tempo vai passando à nossa frente. E, de repente... acabou! Meu abraço, amiga, obrigado; bom fim de semana.

7 de maio de 2021 14:18  
Blogger O Árabe disse...

Concordo, Maria Luzia: às vezes, até me espanta a velocidade com que o tempo passa! Aproveitar bem, amiga, é tudo que podemos fazer! Obrigado, meu abraço; bom fim de semana!

7 de maio de 2021 14:27  
Blogger O Árabe disse...

Alegria em rever você, Luma! Concordo e acrescento: o pior de viver muito é que, a cada dia, aumenta o número de pessoas queridas que nos precederam na viagem! Sempre, uma nova saudade! :( Meu abraço, amiga; obrigado, bom fim de semana.

7 de maio de 2021 14:29  
Blogger O Árabe disse...

Belo pensamento, Catiaho! Eu acho que o tempo apenas passa; é de nós que depende torná-lo aliado ou carrasco. Como diz Roberto Carlos: é preciso saber viver! :) Meu abraço e obrigado, amiga; bom fim de semana.

7 de maio de 2021 14:31  
Blogger O Árabe disse...

Bem como você diz aqui, Ailime: "Vamos procurar aproveitar e desfrutar cada instante do nosso precioso tempo que nos resta da melhor forma possível, porque o que passou já não volta."; se tivermos isto sempre presente, com certeza viveremos melhor! Meu abraço, amiga, bom fim de semana. Obrigado!

7 de maio de 2021 14:33  
Blogger O Árabe disse...

Verdade, Clarisa: sábio é aproveitar o nosso tempo, para construir em nossa vida e nosso mundo, algo melhor! Meu abraço, obrigado; bom fim de semana.

7 de maio de 2021 14:35  
Blogger O Árabe disse...

Essa é a ideia, Ryk@rdo: não nos devemos preocupar com a velocidade em que o tempo passa, mas em aproveitá-lo sempre! Sensato conselho, amigo; meu abraço, obrigado. Bom fim de semana!

7 de maio de 2021 14:37  
Blogger O Árabe disse...

Bom rever você, Smareis! E concordo inteiramente: "A gente não dá muito valor ao tempo, e só percebe quando ele já ficou pra trás."; é bem o que nos acontece, amiga! Obrigado, meu abraço; bom fim de semana.

7 de maio de 2021 14:39  
Blogger O Árabe disse...

Esta é a verdade, Mariazita: ricos ou pobres, não levamos nada! O importante, portanto, não é o que levamos, mas o que deixamos; e a vida que tivemos! Meu abraço, amiga, obrigado; bom fim de semana!

7 de maio de 2021 14:41  
Blogger O Árabe disse...

Calculei que não tivesses visto, Céu; até porque o teu blog tem uma grande frequência, e seria fácil um comentário passar despercebido. Mas valeu a pena, porque me deu uma oportunidade de reler o teu belo texto! E saiba que estamos de acordo, amiga: se bem aproveitarmos o tempo, nada teremos de que nos arrepender! Meu abraço, obrigado; bom fim de semana.

7 de maio de 2021 14:45  
Blogger O Árabe disse...

Grande filósofo, o Cazuza! Pena que só muito tarde aprendemos essa importante lição: o tempo não para! Meu abraço, amigo Luiz, obrigado. Bom fim de semana!

7 de maio de 2021 14:46  
Blogger O Árabe disse...

Já comentei, mestre Sílvio; mas confesso que não me incomodo com a puxadinha de orelha, não. :) Tudo é um carinho, entre amigos! Meu abraço, amigo, obrigado; bom fim de semana!

7 de maio de 2021 14:49  
Blogger O Árabe disse...

Passa, Fa! Hoje posso afirmar isso, do alto de meus (muitos) anos! :) Obrigado, amiga; meu abraço, bom fim de semana!

7 de maio de 2021 14:50  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Megy, pelos comentários sempre gentis, cheios de poesia e amizade! Meu abraço, amiga; bom fim de semana!

7 de maio de 2021 14:52  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Majo; é muito agradável, também, ter a tua companhia! Conheces a Céu? Como tu, ela é professora e uma das excelentes poetisas (sim, sou das antigas!) que temos aí em Portugal! Bom saber que gostas das músicas, amiga; meu abraço, bom fim de semana!

7 de maio de 2021 14:55  
Blogger Gracita disse...

Olá amigo Árabe
O teu belíssimo texto toca-nos e nos faz refletir acerca dos mistérios e da efemeridade que é a vida. O tempo não conhece retrocesso e que deixamos de fazer neste ou naquele momento pode ser perdido para sempre pois o incerto amanhã pode não chegar
Um texto grandioso. Adorei te ler
Um abraço

7 de maio de 2021 19:42  
Blogger CÉU disse...

Pois cá estou eu pela 6ª vez, "tadinha" (coitadinha), que gosto de brincar de professora, como disse a "idosa" Majo Dutra. Não, Árabe, a criatura não me conhece de lugar algum, mas não é só a mim que ela tenta rebaixar e enxovalhar, pois já o tem feito com vários(as) comentaristas, mas para aqui vem de carrinho (talvez você, Árabe, não saiba o significado dessa expressão, mas quer dizer que não leva a melhor), como aqui se diz.

Pensei que a sua atuação, Árabe, fosse outra, completamente diferente, pois toda a gente entende que as palavras dela são para me menosprezar e achincalhar e como você sabe não se pode estar bem com Deus e com o diabo e é isso que a sua "ingénua" e branda resposta demonstrou. Não quis levantar poeira, mas aqui era inevitável fazê-lo.

Esta criatura (MD) que tenha juízo e respeito pelos outros, porque já tem idade para isso, caso não, e se me der para pior, expressão dela, resolveremos as coisas cara a cara e na presença do meu advogado.

Estarei muito atenta aos próximos comentários dela nos blogues em relação
à minha pessoa, se os houver, advirto.

Abraço para si e bom fim de semana.

7 de maio de 2021 20:20  
Blogger Majo Dutra disse...

Filipa (ou o que fores).
Toma tento na língua, porque desde que num comentário insultaste a minha mãe, eu guardei-o e tenho vindo a colecionar comentários teus que provam que nunca foste professora e dizem muito do que tu és, sendo que és uma idosa disfarçada que já está vacinada, como afirmaste.
Não me provoques, ou abro um ´post' no meu blogue sobre as 'mentiras da net' e coloco os 'links' necessários para desmascarar-te.

8 de maio de 2021 13:25  
Blogger Majo Dutra disse...

Meu amigo.
Peço imensa desculpa por esta intromissão, mas a criatura tira-me do sério sempre que se faz passar por professora...
Tudo nela é falso, incluindo o nome (que é uma anedota) mas só não vou admitir-lhe mais que se faça passar por professora.
Mais uma vez, o meu perdão.
~~~~~~

8 de maio de 2021 13:34  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Gracita! E concordo inteiramente: "O tempo não conhece retrocesso e que deixamos de fazer neste ou naquele momento pode ser perdido para sempre pois o incerto amanhã pode não chegar."; é bem assim, amiga! Meu abraço, bom fim de semana.

8 de maio de 2021 14:09  
Blogger O Árabe disse...

Amigas Céu e Majo, tenho-vos a ambas em alta conta, pela bela escrita e pelas pessoas elevadas que sempre mostrastes ser. Desconheço as razões da animosidade, mas peço-vos não continuar a discussão neste espaço, que foi criado há quase 14 anos, com o objetivo de ser um oásis, onde pudéssemos assentar-nos e conversar em paz, como amigos e companheiros de jornada. Obrigado, bom fim de semana!

8 de maio de 2021 14:22  
Blogger Majo Dutra disse...

Eu queria dizer o meu sentido 'pedido de perdão' que renovo.
Lamento muito, estimado amigo.
Votos de uma semana em paz e luz. O meu abraço.
~~~

10 de maio de 2021 14:59  
Blogger O Árabe disse...

Assunto encerrado e esquecido, por mim, Majo. Meu abraço, amiga; bom resto de semana!

11 de maio de 2021 18:36  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky