O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 7 de maio de 2021

OBRIGADO, MAMÃE!

 


Existem pessoas que são inesquecíveis.

Que estão nas nossas vidas, para nunca mais sair; mesmo depois que se vão, continuam presentes em nós. Nas nossas lembranças, nos nossos gestos, em nosso sangue e nossa alma.

Porque são parte de nós; mais do que isso, são parte de tudo que somos. São a saudade que gostamos de sentir; a sensação de falta, misturada à certeza boa de que sempre estarão conosco.

São as primeiras recordações que temos; e as mais doces, também. A primeira vez em que fomos amados, as primeiras lições que recebemos. Em seus braços, encontrávamos paz e segurança.

São pessoas que nos deram tudo de si; que pensavam sempre em nós, antes de pensar em si mesmas. Que renunciavam a muitas coisas, se fosse preciso, para que nada nos viesse a faltar.

Pessoas a quem, muitas vezes, nem chegamos a dizer “obrigado”, por tudo que faziam por nós; a quem nem sempre lembrávamos de dizer “te amo”, porque parecia natural que nos amassem.

Pessoas iluminadas, como faróis em nossas vidas, indicando desde cedo o caminho certo a ser seguido; luzes que nunca se apagam, em nossa alma, ainda depois que já se foram do mundo.

Felizes daqueles que tiveram uma pessoa assim! Porque muito aprenderam sobre o amor e a vida; porque nunca se sentirão abandonados, nem perdidos, durante a jornada que prossegue.

Entretanto, só o tempo nos traz a sabedoria e a humildade necessárias para reconhecermos a sua importância em nossas vidas; a vontade de termos feito mais, por quem tanto fez por nós.

E muitas vezes, infelizmente, quando o tempo nos traz essa consciência, já não as temos a nosso lado, senão nas lembranças e na saudade; não podemos abraçá-las e falar do nosso amor.

O que resta é a certeza de todo o bem que nos fizeram. É a gratidão sem limites, o amor e a sensação de que, apesar de tudo, a sua presença ainda está em nossas vidas. E isto nos conforta.

Resta-nos fechar os olhos e, mais uma vez, buscar o aconchego de seus braços; deixar que uma lágrima, triste e feliz ao mesmo tempo, escorra de nossos olhos e conte da nossa saudade.

E da nossa alegria, pelo tempo em que a tivemos conosco; pelas canções que cantamos juntos, pelas histórias que dela ouvimos e pelo brilho que sempre encontrávamos em seus olhos.

Resta-nos agradecer pela vida; pelo carinho, pelo cuidado, por todas as vezes em que nos abençoou, pelo amor que nos deu. E esperar que, onde estiver, ela ouça a voz do nosso coração:

- Obrigado, mamãe! 

Música:

http://ohassan.dominiotemporario.com/midis/EmiliePandolfi_Memory.mid 

Link música

Link vídeo. Minha mãe adorava esta música!

FELIZ DIA DAS MÃES! 

32 Comentários:

Blogger J.P. Alexander disse...

Lindo homenaje a las madres. Te mando un beso

8 de maio de 2021 00:37  
Blogger Mariazita disse...

Meu caro Árabe
É muito linda esta homenagem que prestas à tua querida falecida Mãe.
A minha, infelizmente, também já partiu, e deixou uma saudade que jamais desaparecerá.
Dizem que "Mãe é até morrer". Pois eu penso que Mãe vai para além da morte. Fica para sempre viva no nosso coração.
O meu Pai gostava muito de cantar, e cantava muito bem com uma bela voz de tenor.
Lembro-me duma canção que ele cantava, que começava assim:
" Nunca trocar a mãe pela mulher
Que nos diz amar como ninguém
Porque ela só é nossa enquanto quer
E mãe é sempre mãe, até morrer"
E continuava...
Desejo que tenhas um feliz Dia das Mães, na companhia da mãe dos teus filhos e de todos que possas reunir à tua volta (sei que não podem ser todos...)

Tenho, no meu/teu álbum uma foto muito semelhante a esta (penso que será do ano passado...). Como não tenho esta... vou levar. Deixas? 😀

Bom Fim de Semana.
Beijinhos
MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

8 de maio de 2021 07:20  
Blogger chica disse...

Muito linda a foto e tua homenagem às mamães... Esseserá meu porimeiro ano sem a minha e no entanto, devo agradecer, pois foram 95 anos ... Pena a pandemia que nos afastou fisicamente,antes do desenlace... òttimo dia pra tpdas as mamães! abração ,tuuuuuuuuudo de bom,chica

8 de maio de 2021 08:17  
Blogger Fá menor disse...

Um texto maravilhoso!

"Entretanto, só o tempo nos traz a sabedoria e a humildade necessárias para reconhecermos a sua importância em nossas vidas"... é sim, isso mesmo, quantas vezes tarde demais.

Boa semana!
Abraços.

8 de maio de 2021 09:41  
Blogger Jairo Ferreira disse...

É irmão, você consegue captar como ninguém o sentimento que acompanha nossa saudade! Nosso segundo dia das mães sem ela! Ainda me lembro da busca pelo presente perfeito pra ela nesse dia! Como achávamos difícil por causa de suas limitações! E quão pouca importância isso tinha! O que ela queria mesmo era a nossa presença, o nosso carinho e o nosso amor! Que saudade de seu sorriso! De seu abraço! De sua voz doce nos falando de seu amor! Como eu queria de novo sentir seu cheiro, seu carinho, seu olhar de felicidade e ternura quando chegávamos! Até mesmo a reclamação de que a gente tinha sumido, mesmo tendo estado lá no dia anterior. E quando falávamos disso ela dizia que queria a gente o tempo todo perto dela! Desculpe mano, me empolguei nas lembranças e nas lágrimas! Lindo seu texto e linda a escolha da música! Te amo irmão!

8 de maio de 2021 11:54  
Blogger Majo Dutra disse...

Estimado amigo.
A sua homenagem à sua muito amada mãe é de uma beleza e ternura inexcedíveis.
É uma grande benção para qualquer ser, ter tido uma mãe assim...
Eu fiz uma segunda homenagem ao dia das mães -- como sempre faço -- que também é dedicada a si. Publiquei-a no 'Corujinhas' que está no meu perfil, basta clicar sobre o meu nome...

Pandolfi é realmente um exímio pianista e torna 'Memory' ainda mais brilhante.
Pela canção, percebe-se o quanto sua mãe era bondosa, dedicada e amorosa.

Desejo que passem um dia muito feliz, com a recordação da saudosa mãe e o carinho dos vossos jovens...
Dias bons e agradáveis. O meu abraço.
~~~~~~

8 de maio de 2021 15:49  
Blogger Reflexos Espelhando Espalhando Amig disse...

Árabe,
A saudade da gente está bem
impressa no texto
do Palhaço Poeta.
Ler você hoje
alimentou minha saudade.
Bjins
CatiahoAlc.

8 de maio de 2021 21:00  
Blogger Beatriz Pin disse...

Com isso, você ja diz tudo, meu querido amigo.
Agradecemos depois que se forom. Reconhecemos o amor que sempre estivo ahí e não soubemos expresar com palavras.
Pero nossas mães sabem ler nos seus filhos/as, sabem do nosso amor.
Sempre estarão com nos.
Gostei de ponherlhe cara ao Arabe, inda que não sei qual dos dois é. Uma bela imagem de filhos e mãe que se querem.
Abraço e feliz domingo

9 de maio de 2021 10:45  
Blogger Ailime disse...

Boa noite meu Amigo e bom Árabe,
Que texto tão belo de homenagem a sua querida e saudosa Mãe. Como era linda e com ar tão meigo.
Ser mãe é o ato mais maravilhoso com que Deus presenteou a Mulher e seus filhos são os seus mais preciosos tesouros.
Apesar de partiren, as mães não morrem. Ficam no coração dos seus filhos para além da eternidade.
Gostei muito da música e do vídeo. Sua mamãe tinha muito bom gosto.
Desejo-lhe um resto de bom domingo e ótima semana.
Beijinhos e saúde,
Ailime

9 de maio de 2021 19:12  
Blogger Lúcia Laborda disse...

Árabe, sua mensagem está muito linda e cheia de emoção. Desde que minha mãe se foi, não consigo me animar, nem gostar desse dia. Até por isso e como não estava bem, emocionalmente, estive aqui, li e não comentei nada. Esperei passar.
O vídeo traz uma musica que ouvia sempre, nas manhãs dos dias das mães, porque meu pai colocava para ela. São histórias que ficam eternizadas na memória, que após tanto tempo, não consegui superar. Também não vi, além do início do vídeo.
Que a semana seja abençoada e com muita saúde!
Beijos

10 de maio de 2021 14:52  
Blogger vieira calado disse...

Olá!

Parabéns à Mamãe!

As minhas saudações|

10 de maio de 2021 18:28  
Blogger Maria Luzia disse...

Homenagem linda Árabe! Um dia de um ano difícil, triste, muitas mães sem os filhos e vice-versa. Amei, tudo lindo! Tenha uma ótima semana, com saúde. Abração e obrigada!

10 de maio de 2021 22:04  
Blogger Gracita disse...

Uma linda e expressiva homenagem que nos recordar com saudades os tempos de convivência que com elas tivemos.
Um grande abraço e uma linda e abençoada semana 😍

11 de maio de 2021 08:08  
Blogger Luiz Gomes disse...

Bom dia meu querido amigo Árabe, parabéns pela linda homenagem, sua mãe recebeu e está alegre pelo amor que esse filho maravilhoso tem por ela.

11 de maio de 2021 11:24  
Blogger " R y k @ r d o " disse...

Mãe só há uma. Como essa mulher não existe mais nenhuma. Perdi a minha mãe em 25 de fevereiro último. Maldito covid. As saudades serão eternas.
Cumprimentos

12 de maio de 2021 04:18  
Blogger Megy Maia disse...

A coisa que mais linda que recordo com a minha mãe, é uma canção!
Canção: O porquinho foi à horta e comeu uma bolota, o cão também lá quis ir mas fecharam a casota.
É bem feita porque o cão tem a mania que é espertalhão!

E eu amava esta canção!
Adorava canta -la com ela!
Talvez amanhã peça para repeti - la comigo!
Recordar é viver!
Um grande beijinho Árabe!
Megy Maia🌼🐱🌼

12 de maio de 2021 18:55  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, J.P.; fico feliz, por teres gostado. Em verdade, elas merecem todas as homenagens! Meu abraço, bom fim de semana.

14 de maio de 2021 13:26  
Blogger O Árabe disse...

Com certeza, Mariazita! Graças a Deus, eu e meu irmão temos muitas fotos assim, com nossa mãezinha; consola um pouco, na saudade! E tens razão: é uma saudade que não desaparece; torna-se mais doce e contemplativa, com o passar do tempo! Meu abraço, amiga, obrigado; bom fim de semana.

14 de maio de 2021 13:29  
Blogger O Árabe disse...

Meu segundo ano assim, Chica... e, graças a Deus, tive a felicidade de passar com ela quase 99 anos. Quase um século de amor, proteção e carinho! A minha parece que adivinhou... foi-se um pouco antes da pandemia! Meu abraço, amiga, obrigado; bom fim de semana!

14 de maio de 2021 13:32  
Blogger O Árabe disse...

Verdade, Fa! Hoje em dia, penso que, por mais que as amemos, quando temos consciência plena da sua importância e de quanto lhes devemos, é sempre tarde demais! Obrigado, amiga; meu abraço, bom fim de semana!

14 de maio de 2021 13:34  
Blogger O Árabe disse...

Desculpar de que, maninho? Tudo que você disse é verdade... e me trouxe lembranças ainda mais vívidas de nossa querida velhinha. Ela se foi, mas a saudade é imortal... doce e amarga, ao mesmo tempo. Beijão, mano; bom fim de semana, obrigado por fazer ainda mais fortes as recordações!

14 de maio de 2021 13:38  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Majo! Obrigado pela gentileza e amizade, amiga! Meu abraço, bom fim de semana.

14 de maio de 2021 15:46  
Blogger O Árabe disse...

Assim, acontece, Catiaho: quando a saudade está em nós, amiga, tudo a faz despertar! Meu abraço, obrigado; bom fim de semana.

14 de maio de 2021 15:47  
Blogger O Árabe disse...

O Árabe é o mais velho, Beatriz; o de camisa vermelha. O outro é meu irmão caçula; éramos 4, agora somos dois. E sentimos muita falta dessa velhinha simpática e amorosa! Meu abraço, amiga, obrigado; bom fim de semana.

14 de maio de 2021 15:49  
Blogger O Árabe disse...

Bem assim, Ailime : "Apesar de partirem, as mães não morrem. Ficam no coração dos seus filhos para além da eternidade."; és, sempre, certeira em teus comentários, amiga. Obrigado, meu abraço; bom fim de semana.

14 de maio de 2021 15:51  
Blogger O Árabe disse...

São histórias parecidas, Lúcia: todo Dia das Mães, meu pai acordava os quatro filhos, nos entregava um presente a cada, colocava para tocar um LP com músicas para as mamães, e nos levava ao quarto dela, para acordá-la com presentes e abraços. Essa era uma das músicas que ficaram impressas em minha memória. Espero que você esteja bem; meu abraço, obrigado, bom fim de semana!

14 de maio de 2021 15:54  
Blogger O Árabe disse...

Grato, amigo e mestre Vieira Calado; já transmiti os seus parabéns, em meu coração! Meu abraço, bom fim de semana.

14 de maio de 2021 15:55  
Blogger O Árabe disse...

Bem como você disse, Maria Luzia: "Um dia de um ano difícil, triste, muitas mães sem os filhos e vice-versa". Apesar de toda a saudade, algo que me conforta um pouco é que ela não passou por esse transe! Meu abraço, amiga, obrigado; bom fim de semana.

14 de maio de 2021 15:57  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Gracita! Meu abraço, amiga; bom fim de semana.

14 de maio de 2021 15:57  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Luiz! Tenho minhas dúvidas quanto ao "maravilhoso". :) Mas muito amor, isso com certeza! :) Grande abraço, amigo; bom fim de semana.

14 de maio de 2021 15:59  
Blogger O Árabe disse...

A minha se foi, Ryk@ardo, pouco antes de começar essa maldita pandemia. Como você bem disse: saudades eternas! Meu abraço, amigo, obrigado; bom fim de semana!

14 de maio de 2021 16:01  
Blogger O Árabe disse...

Verdade, Megy: músicas, perfumes, cheiros e cores são as coisas que mais nos fazem recordar os bons momentos. E como é bom cantar junto com a mamãe! Muitas foram as vezes em que o fizemos, principalmente nos últimos tempos. Meu abraço, obrigado; bom fim de semana!

14 de maio de 2021 16:03  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky