O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 21 de setembro de 2007

VERDADES

Cada um de vós tem as suas próprias verdades.

E muitas vezes as defende como se outras não existissem. Como se cada estrela não tivesse o seu próprio brilho e, juntas, não iluminassem o céu.

Entretanto, aquele que se acredita maior do que é limita o próprio crescimento. E dia virá em que tão grande se julgará, que não mais será capaz de crescer.

Por isto, necessitais aprender a ouvir as verdades alheias.

E, ainda que não as aceiteis, ao menos meditai sobre elas. Como poucas nuvens não podem ocupar todo o céu, não podem as vossas verdades compor toda a Verdade maior.

Não busqueis impor os vossos pensamentos. Se o fizerdes, os vossos irmãos vos esconderão os seus próprios pensamentos; e vos será negado o que poderíeis aprender.

Não vocifereis as vossas verdades.

Dizei-as, serenamente; e deixai que cada um medite sobre elas. Pois, se o clamor de um brado dura apenas um momento, a voz calma da razão se eterniza em quem a ouve.

Não é gritando, que vos fareis ouvir; assim, apenas conseguireis que os outros se calem. E este não será o silêncio da aceitação, mas o prenúncio da revolta.

Deveis prezar as vossas verdades.

E lembrar-vos que cada um preza as suas próprias verdades, e não as trocará pelas vossas. Será, entretanto, capaz de ouví-las e pensar sobre elas, se as souberdes enunciar; se nas vossas palavras não houver o estrépito da paixão, mas a profundidade da razão.

Recordai, ainda, que a cada um assiste o mesmo direito.

E àquele que se recusa a ouvir, não cabe o direito de falar; como, a quem se recusa a aprender, não assiste o direito de ensinar.

Disponde-vos, portanto, a ouvir as verdades alheias; e a respeitá-las, sem temer que diminuam as vossas próprias verdades.

Porque é quando se juntam, que as cores formam a beleza do arco-íris; e as ondas a imensidão do oceano.

Assim como as vossas verdades são partes da Verdade maior...

Do livro "Hassan". Foto do site 1000 Imagens

51 Comentários:

Blogger somentebia disse...

Teus textos nos trazem verdadeira lições de vida. Sabes escolher bem as mensagens que possuem muito a nos ensinar.

São poucas as pessoas que sabem realmente 'ouvir' o outro, analisar suas palavras e conceitos, tirar o melhor proveito delas. Existem determinadas pessoas que estão sempre querendo se fazer ouvir, sem se importar se o interlocutor tem ou não algo a proferir. É como se apenas a 'verdade' delas tivesse importância. Muitas vezes não se processam diálogos, mas sim exaustivos monólogos onde ninguém entende ninguém. Se não houver o verdadeiro silêncio para escutar o outro, corre-se o risco de que as vozes se percam num redemoínho de incompreensões.

Um belo texto com uma importante mensagem, amigo, essa postagem de agora.

Deixo-te pétalas perfumadas, um beijo no coração e votos de que teu final de semana seja pleno de paz e alegria.

21 de setembro de 2007 21:12  
Blogger Carol disse...

Olá, Árabe! Gostei muito deste post e acho que tem um grande ensinamento. De facto, a verdade não é só uma. Não é a minha ou a tua a de outra pessoa qualquer. A verdade resulta da soma de todas essas meias-verdades. Que nunca nos esqueçamos disso!

22 de setembro de 2007 03:24  
Blogger Susana Jas disse...

Arabe,

Uma das cosias mais dificeis e' abrir a mente e ouvir, filtrando, retendo o que e' bom, o que os outros tem a dizer.
O ser humano e' egoista por natureza e a tendencia e' querer fazer valer o que cada um pensa.
Esse aprendizado e' uma das coisas mais importantes da vida.
texto lindo !

Susana

PS- Por problemas "tecnicos" o redirecionamento do meu blog nao funcionou . Estou na "antiga casa".

22 de setembro de 2007 03:39  
Blogger Renata disse...

"Existem tantas verdades quantos são os seres humanos". E isso é uma verdade!!!!! rs..rs.r.s.

bjos!

22 de setembro de 2007 20:58  
Blogger Sol da meia noite disse...

Grande ensinamento!
Muito obrigada por o partilhares.
Acredita que já o guardei em mim... e talvez me tenha chegado na altura certa.
Ás vezes é tão difícil aceitar um ponto de vista diferente do nosso, numa mesma situação. E tanta coisa se põe a perder...

Beijinho!

23 de setembro de 2007 08:50  
Anonymous ©õllyß®y disse...

A verdade é complicada de analizar, porque o que é para um não o é para o outro,ninguem diz a verdade na sua totalidade, mas devia...

Importante mensagem, neste belo texto...

Doce beijo

23 de setembro de 2007 12:06  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Bia, pela gentileza. E oxalá o mundo seja como em nosso oásis, onde sempre ouvimos o que o outro tem a dizer... :)

23 de setembro de 2007 14:24  
Blogger O Árabe disse...

A idéia é essa, Carol: da soma das nossas verdades, resulta uma verdade maior. Como de todos nós resulta o infinito do Universo... ;)

23 de setembro de 2007 14:26  
Blogger O Árabe disse...

Pois é, Renata... mais uma verdade. E ainda bem, não é mesmo? :)

23 de setembro de 2007 14:30  
Blogger O Árabe disse...

Susana, é por aí: aprender a ouvir é difícil... mas compensador!:) Qt ao endereço, não muda muita coisa... o importante é vc estar lá! Boa semana, amiga!

23 de setembro de 2007 14:31  
Blogger O Árabe disse...

Sol, este é ponto: quanto mais aprendermos a ouvir, mais seremos capazes de expor o que que pensamos... ;)

23 de setembro de 2007 14:33  
Blogger O Árabe disse...

É isso, Collybry: a verdade de cada um não é, necessariamente, a do outro... e é preciso que se juntem, para compor a verdade maior. ;)

23 de setembro de 2007 14:36  
Anonymous Olhos de Mel disse...

Mais um belo post! A verdade não é absoluta. Cada um tem a sua, mas cabe-nos escutar o que o outro tem a dizer. Nem sempre estmos certos. E muitas vezes, temos visões erradas. Principalmente, à primeira vista, quando algo nos aborrece. O erro está justamente, em não reconhecer quando erramos. Ou, insistimos em que apenas a nossa verdade é a única e verdadeira.
Que sua semana seja de realizações!
Fique com Deus!
Beijos

23 de setembro de 2007 19:32  
Anonymous Márcia(clarinha) disse...

Nada é absoluto, mas a vontade de escutar a verdade é o maior aprendizado.
semana de paz,
beijos

24 de setembro de 2007 08:37  
Blogger NINHO DE CUCO disse...

Este texto não só é de grande profundidade como tem dentro de si ensinamentos essenciais à vida. Se em todos nós houvesse a preocupação de assim proceder o mundo seria muito melhor e as pessoas mais felizes.
Obrigada por tão belo texto

24 de setembro de 2007 11:15  
Blogger Vieira Calado disse...

Sábias palavras, que eu, em geral
procuro seguir.
Um abraço

24 de setembro de 2007 13:23  
Blogger Whispers disse...

Ola lindo!

Bonitas palavras
Verdades, muitas vezes ate fechamos os olhos para nao as ver.
so que na realidade a verdade anda sempre a de cima.
Obrigado por dares a conhecer este texto valeu a pena chegar aqui e te vir visitar
beijinhos mil
Whispers

24 de setembro de 2007 13:58  
Blogger O Árabe disse...

Bem observado, Olhos de mel: muitas vezes, a pretensão de estarmos certos nos faz permanecer no erro. Boa semana para você, também! :)

24 de setembro de 2007 17:30  
Blogger O Árabe disse...

Com certeza, Clarinha: dispor-se a escutar é o início do aprendizado, sempre. Muita paz, amiga.

24 de setembro de 2007 17:31  
Blogger O Árabe disse...

Concordamos, Ninho de Cuco: se repartirmos e aceitarmos as nossas verdades, será mais fácil chegarmos à verdade maior. Grato a você, pela gentileza.

24 de setembro de 2007 17:37  
Blogger O Árabe disse...

Amigo Vieira, és um professor do viver... bem o demonstram os teus poemas! Grande abraço.

24 de setembro de 2007 17:38  
Blogger O Árabe disse...

Grato, amiga Whispers pela gentileza... costumeira, aliás! ;) Mas não estou conseguindo acessar o seu belo blog... o que houve com o link?

24 de setembro de 2007 17:40  
Anonymous DO disse...

palavras muito sabias e verdadeiras,sem duvida.

Abraço grande e uma otima semana!!

25 de setembro de 2007 07:59  
Blogger SILÊNCIO CULPADO disse...

Magnífico este espaço e propício a grandes reflexões filosóficas. Efectivamente cada pessoa tem, em si, a sua verdade construída pelas suas experiências e sensibilidade que lhe conferem uma determinada forma de ver o mundo. Cada pessoa representa pois um conjunto de experiências diferentes, uma forma de olhar diferente, uma diferente expectativa perante o mundo. Não há duas pessoas iguais nem duas verdades iguais. por isso devemos saber compreender e respeitar a diferença, aceitando os outros como fazendo parte de um património comum em que cada um é contributo.

25 de setembro de 2007 15:51  
Blogger SILÊNCIO CULPADO disse...

Acabo de nomear, no meu blogue, "O Árabe" para o prémio de visitante destinado a distinguir, pela assiduidade e qualidade, os comentaristas. Crente que os visitantes são parte fundamental do nosso trabalho, espero que os incentive continuando a corrente.
Um abraço

26 de setembro de 2007 16:55  
Blogger luma disse...

Este é o princípio da boa convivência! álias, sabendo ouvir, se aprende muito mais! :) Beijus

27 de setembro de 2007 05:52  
Anonymous Olhos de Mel disse...

Árabe, passei pra reler o belo texto e deixar um beijo...

27 de setembro de 2007 08:19  
Blogger Whispers in night disse...

Vim te deixar um beijo...aceita pq estas a ser beijado pelo vento da minha alma
whispers

27 de setembro de 2007 10:39  
Blogger Claudinha disse...

É muito importante aprender a ouvir, é importante saber que nossas verdades nem sempre são as dos outros. Gostei do poema. Beijo!

27 de setembro de 2007 11:45  
Blogger Palavras ao vento disse...

Venho retribuir a visita... E eis que me deparo com um texto recheado de grandes verdades!

Digamos... Que deveriam servir de lição para muita gente!

Vou reler... Nunca é demais aprecirar o que é bom!

Abraço da

Maria

27 de setembro de 2007 16:17  
Blogger O Árabe disse...

Sábias, DO, eu não sei; mas verdadeiras, com certeza. Aprendo isso a cada dia. :) Abraço grande

27 de setembro de 2007 19:48  
Blogger O Árabe disse...

Silêncio, cara amiga, só me resta agradecer a gentileza da opinião e da nomeação. Agradeço de todo o coração e desde já indico todos os amigos e amigas, como você, que me dão a honra e a alegria de colorir o nosso oásis com as suas presenças e as suas idéias!

27 de setembro de 2007 19:51  
Blogger O Árabe disse...

Luma, prazer em vê-la de volta e saiba que concordo com você... mais uma vez, aliás! :)

27 de setembro de 2007 19:52  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Olhos de Mel. E volte sempre, sim? O oásis é nosso, vocês sabem... :)

27 de setembro de 2007 19:54  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Whispers. O vento da nossa alma é o que nos transporta aos quatro cantos do Universo...

27 de setembro de 2007 19:57  
Blogger O Árabe disse...

Claudinha, obrigado. E vamos torcer para que todos aprendamos a unir as nossas verdades... ;)

27 de setembro de 2007 19:59  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Maria. Seja bem-vinda e volte sempre; é por vocês que este oásis existe... ele é de todos nós.

27 de setembro de 2007 20:01  
Blogger sofia disse...

as verdades nem sempre são fáceis de ouvir ou de se dizer, no entanto acredito que doi mais uma mentira.
bela esta reflexão.
:)

28 de setembro de 2007 07:59  
Blogger burro disse...

por vezes é difícil...

28 de setembro de 2007 18:48  
Blogger Carol disse...

Hum, andas desaparecido... Dá um salto ao meu cantinho. Tenho lá algo especialmente para ti. Beijinhos.

29 de setembro de 2007 15:55  
Blogger Mary disse...

Nossa que liçaõ você nos trouxe postando este texto meu lindo amigo.verdade...Ela as vezes nos coloca em situação maravilhosa mais as vezes tambem nos deixa em uma situação desconfortavel dependendo da verdade,hora e modo de dizer mais sempre prefiro a verdade em todos os momentos.
beijoss

29 de setembro de 2007 19:26  
Blogger FINA FLOR disse...

existe um conceito interessante na Índia em relação a verdade: uma verdade nunca exclui a outra.

adoro!

beijos e bom domingo, querido

MM.

29 de setembro de 2007 22:38  
Anonymous Barão Van Blogh disse...

"...Vem ver a Lua envergonhada
Tímida junto das estrelas surgir..."

Boa semana .

30 de setembro de 2007 13:42  
Blogger O Árabe disse...

Sofia, realmente a mentira sempre acaba doendo mais. Ainda que a longo prazo...

30 de setembro de 2007 15:56  
Blogger O Árabe disse...

Sempre é difícil, amigo Burro.Cada um de nós acha que a sua é a Verdade definitiva... mas faz parte! :)

30 de setembro de 2007 15:57  
Blogger O Árabe disse...

Carol, já vi o teu gentil afago; e agradeço de coração! Resta-me ofertar esta flor da amizade a todos vocês, que com as suas presenças aformoseiam o nosso oásis...

30 de setembro de 2007 16:00  
Blogger O Árabe disse...

Quem dera, Mary, sempre pudessemos dizer a verdade! Ela existe em nós, e nos incomoda quando não a expomos... :)

30 de setembro de 2007 16:03  
Blogger O Árabe disse...

Com certeza, Mônica. Juntas, as nossas verdades compõem a verdade maior! :)

30 de setembro de 2007 16:04  
Blogger O Árabe disse...

Boa semana, amigo Barão... e parabéns pela poética e linda figura! :)

30 de setembro de 2007 16:06  
Blogger Luz&Amor disse...

Fico relendo suas mensagens amigo e esperando as coisas que despertam sempre em mim. Hoje foram lágrimas de uma desconhecida. Alguém que grita por viver e não tem mais tempo. E nem mesmo conseguiu se enxergar e se encontrar. Alguém que ainda não pode se olhar no espelho e dizer: Esta sou eu. Não me conheci. Nem mesmo a verdade do meu coração. E muitos vivemos as escondidas. Somos mais o que os outros querem fazer de nós e levamos uma vida inteira para buscar fora o que está dentro. Linda mensagem como sempre. Muito bom estar por aqui e poder te chamar de amigo.
Beijos

2 de outubro de 2007 13:21  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Luz. E saiba que este amigo torce para que você consiga realmente se livrar das correntes que tolhem a sua felicidade. Força para isso, eu sei que você tem!

3 de outubro de 2007 05:55  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky