O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

DE VERDADES E MÁSCARAS

Despis os vossos corpos.

Conservais, porém, as máscaras sobre as vossas ideias e os vossos rostos. Como se neles residisse o vosso pudor e escondê-los vos fosse necessário.

Assim acontece, porque temeis que possam os olhos e as expressões trair os vossos pensamentos. E nada existe que mais assuste o homem, do que expor os segredos de sua alma.

E, entretanto, desejais ser compreendidos. Como se pudesse alguém adivinhar o que se passa em vós, sem conhecer os vossos pensamentos e os vossos sentimentos.

Este é um dos vossos contrastes. Esta é a razão da incompreensão entre vós. E da vossa insegurança, e da sensação de solidão que tantas vezes vos domina.

Renunciai aos disfarces com que vos ocultais, e mais fácil para quem vos ama será compreender-vos. E prover às vossas necessidades, e estar realmente ao vosso lado.

Como é preciso que o aluno conheça as letras, para que façam sentido as palavras escritas, aqueles que vos cercam necessitam saber como realmente sois, para que vos possam entender.

Abandonai, pois, os vossos temores e as vossas máscaras. Deixai que brilhem de emoção os vossos olhos, sorriam os vossos lábios e os sentimentos possam aflorar de vós.

Adotai a verdade, como filosofia de vida. Se assim fizerdes, jamais o medo encontrará guarida em vosso coração. Porque o medo nasce da dúvida, que se desfaz ante a luz da verdade.

Afastai de vós a mentira. Por mais tentadora que vos possa às vezes parecer, ela plantará em vós a semente do temor ao dia em que será descoberta.

Pois fatalmente o será. E nesse dia, ao lado da vergonha que causará ao mentiroso, a verdade trará ao seu coração o alivio de libertar-se do medo que o oprimia.

A verdade é una; e se basta a si própria. Mas a mentira é o elo inicial de uma cadeia; a ela outras se juntarão, na vã tentativa de acorrentar a verdade.

Cuidai para que a verdade esteja sempre em vossas palavras. Ainda que vacileis ao dizê-las, pior seria abrigar-vos sob o manto da mentira, que vos rouba a confiança de vossos irmãos.

E a paz do vosso verdadeiro Eu.

Texto sugerido pela bela imagem.






UPGRADE EM 14/12/2010:
Da amiga Vanessa
(http://ameninaqueroubavaasimesma.blogspot.com/), recebemos este belo selinho, que oferecemos a todos os nossos amigos. Grato, Vanessa, pelo presente e pela amizade!

49 Comentários:

Anonymous Olhos de Mel disse...

Querido Árabe; um texto belo e cheio de verdades. A mentira, a qualquer tempo será descoberta e quem a emprega vive inventando uma maior, para lhe dar sustentação. É como uma bola de neve.
Árabe; adorei Beijos

10 de dezembro de 2010 17:31  
Blogger Paula Barros disse...

E tenho me assustado com a quantidade de pessoas que mentem, que se escondem por detrás de máscaras, que não conseguem ter opinião própria porque querem sempre agradar.

Para amar e sermos amados é preciso querer se despir de muitos medos, é preciso se aproximar, olhar nos olhos, sentir a confiança crescendo, ter auto confiança...é preciso sim, nos despir de algumas máscaras, de algumas couraças.

Sabe que só a semana passada percebi que você só atualiza na sexta.

O texto me sugeriu muitas reflexões, e isto sempre é bom.

abraço, bom final de semana.

10 de dezembro de 2010 17:41  
Blogger Jaqueline Sales disse...

Considerei ter vindo aqui para pegar um presente, meu amigo. É o que sinto, após a leitura de mais um belíssimo e profundo texto.

Obrigada pelo presente. Retribuo com um beijo; mas é preciso que você vá busca-lo lá nos Uivos da Loba.

BeijUivooooooooossssssss da Loba

10 de dezembro de 2010 18:01  
Blogger ISA disse...

Meu caro Árabe o texto enquadra-se na perfeição aos dias de hoje, quando existe muitas pessoas que têm duas caras e pela frente dizem uma coisa e por trás dizem outra, mas no final "a máscara" nem sempre encobre tudo, pois a mentira como já diz o ditado "tem perna curta" é preciso confiar e ter esperança até o dia de se ser desmascarado.

Um Abraço

Óptimo Fim-de-Semana

11 de dezembro de 2010 04:58  
Blogger Multiolhares disse...

Quantas mascaras são postas para cobrir a verdade e no final para quê se não nos enganamos a nós
beijinhos

11 de dezembro de 2010 11:04  
Blogger Claudinha ੴ disse...

Máscaras... Disfarce de solidão. Tem razão , é melhor se mostrar mesmo!
Beijo, ótimo texto como sempre!

12 de dezembro de 2010 10:18  
Blogger angel disse...

Simplesmente: Lindo!

Boa semana

12 de dezembro de 2010 17:19  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

Arabe

ao ler o seu texto de hoje lembrei desta frase:

"podes enganar muita gente dutrante muito tempo, mas nao enganas toda a gente durante todo o tempo"

e é assim que vivem certas pessoas, mas um dia a máscara essa acaba por cair.

a imagem que escolheu é belissima.

uma boa semana e

um beij

13 de dezembro de 2010 08:45  
Blogger São disse...

Se cada pessoa deixasse transparecer a sua verdade sem a tenta impor a ninguém como seria mais fácil a convivência, Swami querido!

Bem hajas!

Agradeço que na próxima quarta-feira passes pelo "são", sim?

13 de dezembro de 2010 09:57  
Blogger Olhos de mel disse...

Querido Árabe; muitas vezes as pessoas, usam máscaras, porque precisam se encaixar no perfil que os outros a vêem, (rótulo). Outras porque não gostam, ou não querem ser conhecidas como verdadeiramente são. E nesse caso, muitas são as razões. E no fundo elas não conseguem estar plenas, exatamente por isso. Pra uns, as máscaras ajudam a convivência com o mundo, outros, não conseguem ser verdadeiros consigo mesmo e isso acaba se transformando numa frustração.
Belo Post! Boa semana!
Beijos

13 de dezembro de 2010 11:03  
Blogger Mariz disse...

Querido Amigo

Tenho vindo aos poucos a visitar os amigos.
Como sabes fechei os comentários..quem quiser passar por lá, lê e pronto!
Se queres saber, nem 3 posts foram publicados, as "sombras em fúria" disfarsaram-se e destilaram o seu fel.
Já me conheces um pouco, e por isso sabes que não sou de meias palavras e digo tudo o que penso. Não me importo se isso agrada aos "egos" ou se os belisca...
Vou ao fundo daquilo que leio e escrevo o que sinto...

Este teu post não podia ir mais ao encontro dos comentários incisivos que deixei a algumas pessoas que se mascararam para não darem a cara!
O ressabiamento fere de morte a alma...rancor, despeito sobretudo. As pessoas não aguentam quando não se deixam comentários que alimentam os "egos".

Eu não tenho medos, como os que aqui referes. Tenho outros...da trovoada e de certos cataclismos por exemplo. Das pessoas não tenho. Quem já teve "tudo" e aogra não em nada nem ninguém porque optou pel entrega e renuncia, o que é que tem a perder aqui...neste plano?
"Afirmo-me pois, NAQUELE que me sustenta...a quem temerei" - não é assim o ensinamento?
Não aguento máscaras...sou transparente para as pessoas e estou no direito de exigir o mesmo, quando isso não acontece salto fora.
E isso é péssimo para certa gente.

E pronto. Meu amigo de tantas horas, deixo-te um ramo de azeviche e um abraço sincero de um Feliz e Santo Natal no coração. Que continues a fazer nascer aí o teu menino.

Sempre...
(E)ternamente...
Mariz

13 de dezembro de 2010 13:02  
Blogger MEU DOCE AMOR disse...

Pois é!!!A mentira é como uma teia.Vai aumentando, aumentando e acabamos por ser engolidos por ela, não é?

Beijinho doce:)

Vou ver se tenho um cadito para postar.Muito trabalho e papelada.Estou cansada.Vou ver o que posso fazer, ok?

13 de dezembro de 2010 15:16  
Blogger Eärwen Tulcakelumë disse...

Sempre verdadeiras as palavras que do teu coração brota e felizes somos nós que podemos com elas aprender. Tinha saudades desse espaço.

Natal é o maior dos dons
Nas celestes alegrias,
Que nos ensina a ser bons
Com Jesus todos os dias”.
(Casimiro Cunha)

Que as pérolas incandescentes de luz que aqui deixo neste meu retorno, possam iluminar esta noite tão mágica do Natal.
Que possamos nós estarmos com o coração repleto de boas vibrações e que sejam elas distribuídas a todos.
Feliz Natal e um Ano Novo de muita luz e paz.

Eärwen Tulcakelumë

13 de dezembro de 2010 18:57  
Blogger Vanessa disse...

"Adotai a verdade, como filosofia de vida."

Perfeito, meu amigo.

Tem um selinho pra vc no meu blog faz um tempo...

Um bjo!

14 de dezembro de 2010 04:28  
Blogger helia disse...

Um texto muito interessante e com muita verdade!
Na realidade quantos e quantos são os que escondem os seus sentimentos atrás de uma máscara!

15 de dezembro de 2010 01:10  
Blogger Chica disse...

Máscaras mais cedo o u mais tarde, caem e a verdade aparece.Então...a coisa fica muito feia,né? Lindo texto!

abraços, tudo de bom,chica

15 de dezembro de 2010 06:05  
Blogger Fa menor disse...

Só a verdade nos liberta.

Obrigada por mais este belo conselho.

Beijinhos

15 de dezembro de 2010 07:43  
Blogger Eurico Rocco disse...

Ninguem quer a verdade, o mundo implora pelo uso de mascaras uma para cada ocasião

Vc é obrigado ficar triste quando a situação é triste

Ou ficar alegre qdo todos estao alegres.

Todos usam mascaras, querendo ou nao querendo é um fato

http://delitosperdidos.blogspot.com/

15 de dezembro de 2010 08:35  
Blogger São disse...

Ai, Swami, me perdoa: enganei-me na data: é na sexta-feira! SExta-feira, depois de amanhã, meu Amigo!

O meu abraço com pedido de desculpas, sim?

15 de dezembro de 2010 10:10  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Olhos de Mel: a primeira mentira é como a pedra que rola pela encosta nevada. :) Grato, bom resto de semana!

15 de dezembro de 2010 11:25  
Blogger O Árabe disse...

Certíssimo, Paula: para amar, é preciso vencer o medo. Ou, ao menos, esquecê-lo. :) Bom resto de semana!

15 de dezembro de 2010 11:26  
Blogger O Árabe disse...

Já fui, Keila; já fui. Obrigado, amiga; bom resto de semana! :)

15 de dezembro de 2010 11:27  
Blogger O Árabe disse...

Bem dito, Isa: tem a perna curta... e, às vezes, consequências demasiado longas! :) Grato, bom resto de semana.

15 de dezembro de 2010 11:33  
Blogger O Árabe disse...

Verdade, Luna: é impossível enganar a si mesmo. :) Bom resto de semana!

15 de dezembro de 2010 11:34  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Claudinha. E sabe que nunca pensei nisto? Talvez a mentira venha do medo da solidão... :) Bom resto de semana!

15 de dezembro de 2010 11:34  
Blogger O Árabe disse...

Simplesmente grato, Angel. :) Bom resto de semana!

15 de dezembro de 2010 11:35  
Blogger O Árabe disse...

Linda, mesmo, a imagem, não, Piedade? Grato, pela amizade e costumeira gentileza. :) Bom resto de semana!

15 de dezembro de 2010 11:36  
Blogger O Árabe disse...

Seria, São. E, como viste, por lá passei. Teus pedidos são ordens, amiga! :) Bom resto de semana.

15 de dezembro de 2010 11:37  
Blogger O Árabe disse...

E bela reflexão, Olhos de Mel! Obrigado. :)

15 de dezembro de 2010 11:37  
Blogger O Árabe disse...

Sempre uma grande alegria a tua presença, amiga Mariz! E não permitas que a pequenez alheia te roube a paz. Acredita: não vale a pena! Bom resto de semana, fica bem.

15 de dezembro de 2010 11:40  
Blogger O Árabe disse...

OK, Doce Amor... afinal, esta é uma época de férias, por excelência. :) Bom resto de semana!

15 de dezembro de 2010 11:41  
Blogger O Árabe disse...

Grande alegria em rever-te, Eärwen! :) Grato, amiga; bom resto de semana, fica bem.

15 de dezembro de 2010 11:43  
Blogger O Árabe disse...

Já o peguei, Vanessa. Viu como ficou bonito no oásis? :) Grato, bom resto de semana.

15 de dezembro de 2010 11:44  
Blogger O Árabe disse...

Alegre com a sua presença, Helia; obrigado, amiga, e bom resto de semana! :)

15 de dezembro de 2010 11:45  
Blogger O Árabe disse...

Fica, Chica; mentir nunca é o melhor caminho! :) Bom resto de semana.

15 de dezembro de 2010 11:46  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado a você, Fa menor, pela gentileza e amizade. :) Bom resto de semana!

15 de dezembro de 2010 11:47  
Blogger O Árabe disse...

Bem colocado, Eurico... isto é o que realmente acontece, em nosso mundo. :) Bom resto de semana, amigo!

15 de dezembro de 2010 11:48  
Blogger O Árabe disse...

Desculpar de que, São? É sempre bom visitar os teus sítios... e foi uma alegria associar-me à homenagem prestada à Mariz! :) Voltarei, sim.

15 de dezembro de 2010 11:49  
Blogger São disse...

Querido amigo, aqui me tens agrdecendo a tua compreensão e dizendo-te que desde agora tens o convite aberto.

Um apertado e grato abraço, Swami!

16 de dezembro de 2010 16:24  
Anonymous De... disse...

Caro Árabe...

A Verdade é... simplesmente.
E vibra... e se mostra no olhar, mesmo por trás das máscaras.

E como é difícil deixá-las cair quando nos foram impostas por aprendizado ou por proteção ao sofrimento.
É um exercício consciente nos expormos, vencendo o medo da rejeição.

Mas sem nos mostrarmos em plenitude, com virtudes e defeitos, não poderemos ser verdadeiramente amados.

Beijosss....

16 de dezembro de 2010 18:50  
Blogger São disse...

Muito te agradeço teres apreciado o gesto, que foi de coração aberto.

Um abraço apertado, meu querido Amigo e Mestre.

17 de dezembro de 2010 03:31  
Blogger O Árabe disse...

Grato, São, por mais esta bela prova de amizade e gentileza. :) Bom fim de semana, querida amiga; fica bem!

17 de dezembro de 2010 09:37  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, De: é preciso mostrar-nos como realmente somos, para que possamos ser verdadeiramente amados. :) Bom fim de semana!

17 de dezembro de 2010 09:38  
Blogger moonlight song disse...

A verdade é preciosa!

19 de dezembro de 2010 02:03  
Blogger Sol e Mar disse...

belíssimo como sempre querido amigo!
Boa semana!
Bjs

21 de dezembro de 2010 10:04  
Blogger O Árabe disse...

Preciosa, sim, Moonlight... dela depende a nossa paz de espírito! :) Boa semana.

21 de dezembro de 2010 10:23  
Blogger O Árabe disse...

Grato, amiga Sol e Mar... sempre uma alegria a tua presença. :) Boa semana!

21 de dezembro de 2010 10:24  
Blogger Folhetim Cultural disse...

Parabéns pelo blog e pelos textos... Tenho um blog chamado Folhetim Cultural gostaria que visita-se este é o endereço: informativofolhetimcultural.blogspot.com
Vamos trocar conhecimentos...
Ass: Magno Oliveira
Folhetim Cultural

22 de dezembro de 2010 06:26  
Blogger O Árabe disse...

Vamos, sim, Magno. Já conheci o seu blog... e gostei! :) Feliz Natal.

23 de dezembro de 2010 17:43  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky