O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 18 de março de 2016

COMO AS AVES


 
Perguntais-me como deveis viver os vossos dias.
E eu respondo que não vos deveis preocupar com isso. Pois seguireis pela Eternidade, e não deve cuidar apenas do hoje aquele que viverá também na Mansão do Amanhã.

Tende presente a efemeridade de cada uma das vossas jornadas; esta certeza é que vos ensinará a melhor forma de utilizar os dias que tendes para percorrer o vosso caminho.
Pois o caminhante sensato não se angustia por deixar a manta que hoje o abriga, se acredita que o sol irá brilhar e aquecê-lo no novo caminho que amanhã percorrerá.  

Ao dia de labuta segue-se a noite, que deveis consagrar ao repouso. E à noite se seguirá um novo dia, em que vivereis melhor se algo vos houver ensinado o que ontem vivestes.
Esta é a essência do aprendizado. E acreditai no que vos digo: o que hoje chamais vida, não é senão a oportunidade de aprender o que necessitais, para viver plenamente a Vida.

Cuidai, portanto, de aprender sempre. E recordai que não é apenas com as alegrias, que aprendereis; ao contrário, são os sofrimentos que vos ensinam as lições mais duradouras.
Isto, porém, não significa que deveis buscar os sofrimentos; decerto os encontrareis em vossa estrada. Buscai as alegrias, que vos trarão forças para prosseguir a caminhada.

Guardai-vos de ser como os esquilos, que desperdiçam o calor do verão armazenando nozes para o inverno. Mas não sejais como as cigarras, que só cantam e nada constroem.
Em tudo, a virtude está no meio e nunca nos extremos. Sede, portanto, como as aves que, ao tempo em que voam e desfrutam o calor do sol, buscam o alimento e fazem o seu ninho.

A maior lição que deveis aprender é aproveitar o tempo. Este é o capital que não vos é dado repor, mas tereis para sempre; e o único com o qual podeis adquirir o Conhecimento.
Sede como as aves, que  não se entregam ao plantio, mas em suas asas carregam o pólen e as sementes que farão brotar as novas plantas. Que voam com o sol e se protegem sob a chuva.

Sede como as aves. Construí os vossos ninhos, buscai os vossos alimentos, amai e protegei os vossos filhos; sabei, todavia, que dia virá em que tudo deixareis para trás.
Sede como as aves; embora vossos pés precisem estar no chão, para que possais atender às necessidades do corpo, cuidai para que seja capaz de voar o vosso verdadeiro Eu.

Porque um dia fareis o grande voo, do qual não existe retorno. E descobrireis que, ao iniciar a nova jornada, não vos será possível levar os bens que agora julgais possuir.
Levareis apenas o que sois. 

Música:
  

39 Comentários:

Blogger Olhos de mel disse...

Lindo post Árabe! A verdade é nada de fato é nosso, porque na grande viagem tudo fica.
A música depois vou ouvir, mas a imagem é linda!
Bom fim de semana! Beijos

18 de março de 2016 20:21  
Blogger ✿ chica disse...

Que beleza,Árabe! Uma mensagem que nos mostra que o equilíbrio em tudo é necessário. Nem só esquilos, nem só cigarras. Aves ,sim...Linda! abração,chica

19 de março de 2016 02:04  
Blogger MEU DOCE AMOR disse...

Olá:

Pois...não levamos nada.A grande viagem e a sensação do não retorno é angustiante.Foi o que senti num sonho.Mas lá estava a luz ao fundo do túnel...acordei muito mal.

Quanto ás aves tens plena razão.Mas quantas não são abatidas no seu percursos, mesmo que fujam...assim também é connosco, não?

Beijinho doce e adorei.

19 de março de 2016 15:01  
Blogger ONG ALERTA disse...

Viver plenamente....lindo!!!
Abraço Lisette.

20 de março de 2016 08:42  
Blogger mixtu disse...

construir ninhos
de estar e de poder voltar a voar
num voo alado de asas cruzadas...

21 de março de 2016 04:39  
Anonymous Helena disse...

"Cuidai, portanto, de aprender sempre. E recordai que não é apenas com as alegrias, que aprendereis; ao contrário, são os sofrimentos que vos ensinam as lições mais duradouras".
Apesar de todo o texto trazer inestimáveis pérolas de sabedoria fiz a extração deste, meu querido amigo, por ter sentido na pele esta grande verdade.
Ainda hoje as feridas "cicatrizadas" sangram, mas as lições que a vida me ensinou permanecem como uma bandeira que me foi dada levar para além dos meus próprios horizontes...
Que tua semana tenha sorrisos e estrelas para enfeitar teus dias.
Com carinho,
Helena

21 de março de 2016 07:08  
Blogger Mariazita disse...

Antecipaste-te um pouquito, meu caro Árabe. O meu post está programado para as zero horas, ou seja, daqui menos de seis horas...
Espero que gostes. Trata-se de uma espécie de fábula que pretende chamar a atenção das pessoas para a época que se aproxima com "festarolas" ao ar livre... O resto tens que ir lá ver.

Presenteias-nos com mais um excelente texto, digno da maior reflexão.
Precisamos ter bem presente que "esta" vida que vivemos é efémera - quem perdeu alguém que muito amava compreendo-o bem demais.

Continuação de boa semana e uma Páscoa muito feliz.
Beijinhos
MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

21 de março de 2016 11:18  
Blogger CÉU disse...

viver é equilíbrio, ou deveria ser.
agradeço sua visita e interessante comentário, Flávio.
abraço e boa semana.

21 de março de 2016 11:25  
Blogger Ailime disse...

Boa noite meu Amigo e bom Árabe,
Que texto maravilhoso repleto de ensinamentos (as tais pérolas) que eu deveria ter sempre presentes em cada dia da minha vida.
A vida é efémera e cada momento deveria ser vivido como se fosse o último.
Às vezes é tão difícil!
Saber voar como os pássaros "Que voam com o sol e se protegem sob a chuva". Muito bela esta imagem.
A liberdade de ser!
Um dom saber equilibrar todos os momentos e emoções da vida!
Sempre um privilégio poder desfrutar dos seus preciosos ensinamentos.
Adorei recordar esta música. Intemporal como a anterior.
Beijinhos e uma boa semana.
Ailime
(Esqueço sempre de falar das imagem muito belas que estão em completa sintonia com os textos nos quais fico submersa,)). Sobre o meu “post” de momento estou apenas a tentar publicar de quinze em quinze dias. Obrigada pela sua atenção).

21 de março de 2016 15:23  
Blogger Maria Luzia Araujo disse...

"Sede como as aves. Construí os vossos ninhos, buscai os vossos alimentos, amai e protegei os vossos filhos; sabei, todavia, que dia virá em que tudo deixareis para trás."


Verdade Árabe, nada trouxemos como também nada levaremos deste mundo. Vivemos tão ocupados que, muitas vezes não lembramos que estamos aqui apenas de passagem. Penso ser muito bom, deixar boas lembranças, bons sentimentos guardados no coração, daqueles que ficam. Um texto lindíssimo que merece reflexão de minha parte. Árabe, obrigada pelo exemplo de sinceridade e dedicação para com todos nós. Tenha uma semana e uma Páscoa com muito amor, paz e saúde! Muito obrigada e um forte abraço!

21 de março de 2016 15:26  
Blogger MARILENE disse...

Cada dia nos traz nova oportunidade de aprendizado. Sua colocação sobre as aves ficou perfeita. Gostei muito do texto. Abraço.

22 de março de 2016 09:49  
Blogger Vera Lúcia disse...


Olá amigo Árabe,

Linda analogia com os esquilos, as cigarras e as aves. Perfeito!
Aproveitemos nosso tempo aqui na terra, desfrutando de suas belezas e fazendo o melhor que estiver ao nosso alcance. Aceitemos as dores impostas pela vida, pois o conhecimento, infelizmente, chega com mais força através da dor. Acumulemos apenas as bagagens que poderemos transportar para a nova vida e que são leves de carregar, pois são valores inerentes à alma.

Belo texto e imagem.

Não consegui abrir a música.

Abraço.

22 de março de 2016 12:06  
Blogger Marina Fligueira disse...

¡Hola Árabe!!!

Nos dejas toda una lección de vida. Tienes mucha razón, el ser humano debe tener los pies en la tierra y volar con la mente para amar al prójimo y hacer el bien.
Nada llevamos cuando partimos, no vamos tan desnudos como cuando nacimos. Mas podemos llevar las manos llenas de cosas buenas que agradarán a Dios.

Ha sido un inmenso placer pasar a leerte.
Te dejo un beso, mi gran estima y gratitud.
Ten una feliz semana.

22 de março de 2016 12:57  
Blogger Zilani Célia disse...

OI ÁRABE!
IMPORTANTE TERMOS EM MENTE ENSINAMENTOS TÃO IMPORTANTES, POIS REALMENTE NADA TEMOS APENAS SEREMOS, BONS OU RUINS, A ESCOLHA É NOSSA.
ABRÇS AMIGO

http://zilanicelia.blogspot.com.br/

22 de março de 2016 18:14  
Blogger Silenciosamente ouvindo... disse...

Aproveitar o tempo.
Qual o meu tempo?
Qual o seu tempo?
Ninguém tem esta resposta, por isso, temos sim,
que o aproveitar de uma forma muito global.
Amigo, desejo que se encontre bem.
Aproveito para lhe desejar
uma Feliz Páscoa.
Abraço
Irene Alves

23 de março de 2016 09:06  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

Arabe

um texto saboroso de ler e meditar em cada uma das suas palavras.

destaco estas que estão cheias de uma sabedoria sem fim.

"Sede como as aves, que não se entregam ao plantio, mas em suas asas carregam o pólen e as sementes que farão brotar as novas plantas. Que voam com o sol e se protegem sob a chuva."

uma boa Páscoa

beijinho amigo

:)

23 de março de 2016 11:47  
Blogger ॐ Shirley ॐ disse...

Sim, viver com equilíbrio, nem oito nem oitenta, trilhar o "caminho do meio", como ensinou Buda...
Mensagem linda, O Árabe...
Abraços!

24 de março de 2016 12:29  
Blogger Ailime disse...

Meu amigo e bom Árabe,
Hoje passo apenas para lhe desejar e a sua Família uma santa e Feliz Páscoa.
Beijinhos,
Ailime

25 de março de 2016 10:54  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Olhos de Mel. E espero que você tenha conseguido ouvir a música; também é linda! Bom fim de semana.

25 de março de 2016 15:48  
Blogger O Árabe disse...

Equilíbrio, Chica... sempre! :) Obrigado, amiga; bom fim de semana.

25 de março de 2016 15:49  
Blogger O Árabe disse...

Talvez, Doce Amor. Mas... abatidas é muito relativo, face à Eternidade! :) Obrigado, bom fim de semana.

25 de março de 2016 15:50  
Blogger O Árabe disse...

Plenamente, sim, Lisette... é isto que dá sentido à Vida! Obrigado, bom fim de semana.

25 de março de 2016 15:53  
Blogger O Árabe disse...

Isso, mixtu! Como as aves, num voo que nos leva ao Coração do Universo! Meu abraço, bom fim de semana.

25 de março de 2016 15:54  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Helena: as lições que aprendemos são as bandeiras que carregamos, na marcha incessante da Vida! Obrigado, amiga; bom fim de semana!

25 de março de 2016 15:55  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Mariazita. E irei lá ver, sim; gosto muito do que escreves! Bom fim de semana.

25 de março de 2016 15:56  
Blogger O Árabe disse...

Bem o disseste, Céu: é... ou deveria ser! :) E interessantes mesmo, amiga, são os teus textos intensos e vívidos! Bom fim de semana, obrigado.

25 de março de 2016 15:58  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Ailime, pela gentileza de suas palavras e pelo belo comentário! E concordamos: é "Um dom saber equilibrar todos os momentos e emoções da vida!"; algo que devemos procurar sempre. Bom fim de semana, amiga!

25 de março de 2016 16:00  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado a você, Maria Luzia, pelo exemplo de amizade e gentileza, sempre! Bom fim de semana, aminha amiga; Feliz Páscoa!

25 de março de 2016 16:02  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Marilene; bom saber que você gostou. E concordamos: cada dia nos traz uma nova oportunidade de aprendizado. Bom fim de semana!

25 de março de 2016 16:03  
Blogger O Árabe disse...

Mais uma vez, Vera, lamento que não você não tenha conseguido ouvir a música. :( Mas concordo inteiramente: "Acumulemos apenas as bagagens que poderemos transportar para a nova vida e que são leves de carregar, pois são valores inerentes à alma."; este é o caminho! Obrigado, bom fim de semana.

25 de março de 2016 16:06  
Blogger O Árabe disse...

O prazer é meu, Marina, em contar com tua presença e sensatos comentários, além de ler os teus belos textos. Obrigado, bom fim de semana!

25 de março de 2016 16:07  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Zilani: nada temos, apenas somos. E o que seremos depende das nossas escolhas. Obrigado, amiga; bom fim de semana!

25 de março de 2016 16:08  
Blogger O Árabe disse...

Concordo inteiramente, Irene! Precisamos aproveitar bem o tempo... até porque não sabemos quanto dele nos resta! Estou bem, amiga, obrigado; e te desejo uma Feliz Páscoa. Bom fim de semana!

25 de março de 2016 16:10  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Piedade, pela amizade e gentileza. Boa Páscoa, bom fim de semana!

25 de março de 2016 16:11  
Blogger O Árabe disse...

"O caminho do meio"... isso, Shirley; esta mensagem imortal atravessa os séculos! Obrigado, amiga; bom fim de semana.

25 de março de 2016 16:12  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Ailime, pelos votos, que retribuo de coração! Feliz Páscoa, amiga, a você e todos os seus!

25 de março de 2016 16:13  
Blogger CÉU disse...

estimado amigo... Flávio

tudo bem com voce e família...

eu, um tanto ansiosa, pke minha segunda cirurgia a mão dta era para ser amanhã, as 16h30m, hora de Lisboa, só k o cirurgião se sentiu mto mal, hoje, enqto operava. assim, minha cirurgia foi remarcada para o próximo dia 05 de Abril. enfim, mais uma semana de espera e ansiedade. todavia, quero k o médico fique completamente bem.

apenas um desabafo. obrigada por me ler.

abraços e dias de luz.

28 de março de 2016 16:03  
Blogger O Árabe disse...

Sei bem como é isso, Céu. Infelizmente, nada posso fazer além de te desejar serenidade e boa sorte. Mas tenho certeza de que a cirurgia será bem sucedida e a tua mão ficará melhor do que antes, amiga! Que o Coração do Universo assim o permita!

29 de março de 2016 17:51  
Blogger O Árabe disse...

Este comentário foi removido pelo autor.

29 de março de 2016 17:51  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky