O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 1 de abril de 2016

A PAZ


Buscais, realmente, a paz?
Porque, se assim for, ela está sempre ao vosso alcance. E não necessitareis de longas viagens, nem de roupas luxuosas, nem de alimentos sofisticados, nem de grandes estudos, para alcançá-la.

Ao contrário; se a quereis conhecer, devereis abandonar os vossos desejos e renunciar a ver satisfeitas as vossas vontades. A paz está em vós e não é em posses ou honras que a encontrareis.
Buscai a humildade e escapareis à presunção, que vos levaria o sossego; cultivai a tolerância e sereis poupados da irritação, que apenas vos dificultaria a convivência com os vossos irmãos.

Praticai o perdão e não guardareis o rancor, que vos envenenaria a alma; afastai de vós a inveja, que vos mergulharia na inquietude; entregai-vos ao amor e não conhecereis o tormento da solidão.
Não necessitais manter os olhos abertos, para encontrar a paz. Mas cerrá-los para os brilhos deste mundo, que ofuscam a vossa visão interior e não vos permitem ver a centelha divina em vós.

Porque a paz faz parte do Universo. Se O souberdes encontrar em vós, a vossa luz interior vos guiará por todo o caminho; a paz andará ao vosso lado e o seu calor aquecerá sempre o vosso coração.
A paz não é uma dádiva, mas uma conquista diária. Não a encontrareis na primeira esquina, nem a podereis guardar em vossos cofres, nem a levareis convosco, se não a souberdes preservar.

A paz não é um dom, mas o fruto de um aprendizado. E um aprendizado que não conseguireis em vossos livros, nem em vossas escolas, nem em vossas igrejas, mas apenas em vós mesmos.    
É em vossa alma, e não ao vosso redor, que a deveis procurar. E sabei que, para encontrá-la, precisais ser capazes de escalar as vossas montanhas e descer ao fundo de vossos abismos.

Nessa busca, não devereis ouvir os que se dizem magos, nem os falsos profetas, nem aqueles que alardeiam sabedoria. Porque outro guia não vos pode levar à paz, senão o vosso verdadeiro Eu.
É a sua voz que deveis ouvir e os seus olhos que deveis seguir. Por ele vos fala o Coração do Universo e a sua visão não está restrita ao presente, pois a sua morada é na Mansão do Amanhã.

Encontrai, portanto, o vosso verdadeiro Eu e encontrareis a paz. Mas não o encontrareis sem andar pelos vossos caminhos; sem reconhecer as vossas falhas e aceitar as de vossos irmãos.
Esta é a estrada que vos levará à paz. E, quando a houverdes encontrado, descobrireis que vos cabe levá-la a todos os homens, elevando a sua luz, para que cada um a encontre à sua própria maneira.

Em seu verdadeiro Eu. 

33 Comentários:

Blogger Olhos de mel disse...

Muito lindo Árabe! A paz começa dentro de nós.
Bom fim de semana! Beijos

1 de abril de 2016 20:35  
Blogger ✿ chica disse...

Sabedoria pura,Árabe! Pode ser difícil, mas é esse o caminho certo... abração,chica, linda semana!

2 de abril de 2016 02:04  
Blogger CÉU disse...

olá, querido amigo...
um texto maravilhoso e cheio de verdade.
não será, de todo, fácil, mas dentro de nós, encontraremos a paz para nós e para os outros.
abraço e bom final de semana.

2 de abril de 2016 12:42  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

sábios conselhos.
e todos precisamos de paz.
paz em nossos corações e paz em todo o mundo.
um bom domingo
beijo
:)

3 de abril de 2016 06:43  
Blogger Fá menor disse...

Muito bem! Gostei muito. Humildade e tolerância... é isso! Obrigada.
Boa semana, amigo!

3 de abril de 2016 14:48  
Blogger CÉU disse...

olá, meu querido amigo...

agradeço sua visita e carinhosas palavras.

DEUS É AMOR.

tudo de bom.

beijos para todos vocês.

4 de abril de 2016 10:32  
Blogger ॐ Shirley ॐ disse...

A estrada que leva à Paz, é estreita e sinuosa, mas,
vale a pena trilhá-la com amor e confiança...
O Árabe, mensagem linda.
Saúde, Paz e Luz!!!

4 de abril de 2016 12:17  
Blogger Vera Lúcia disse...


Olá amigo Árabe,

De fato, o caminho para se encontrar a paz está no exercício da humildade, da tolerância, do perdão e do amor. Nada do mundo exterior terá o condão de trazê-la para nós, pois ela brota, fundamentalmente, do nosso interior. É neste que encontraremos os lixos que a perturbam em nós. Quando nos conhecemos bem, sabemos os caminhos a trilhar para tê-la como companheira. Fácil não é, principalmente porque vivemos num mundo conturbado e cheio de chamamentos inúteis. Todavia, através de lutas diárias, teremos como preparar o campo para que ela se instale em nós e em nossa vida, assim como de semeá-la ao nosso redor.

O texto é muito lindo e foi ótimo lê-lo ao som da bela música.

Feliz semana.

Abraço.

4 de abril de 2016 14:38  
Blogger Bernardete Baronti disse...

Sempre sábias as suas palavras!
Saudações.

4 de abril de 2016 16:26  
Blogger MARILENE disse...

Você foi primoroso em sua postagem. A paz é conquista e mora dentro de nós. Havemos que alimentar os bons sentimentos e, frequentemente, dar-nos um tempo para meditar sobre nossos atos, sem nos esquecermos do perdão. Abraço.

4 de abril de 2016 19:12  
Blogger Maria Luzia Araujo disse...

A paz não é uma dádiva, mas uma conquista diária. Não a encontrareis na primeira esquina, nem a podereis guardar em vossos cofres, nem a levareis convosco, se não a souberdes preservar.

É Árabe, penso que a paz só depende de nós, de nossas atitudes, aceitando e colhendo as pessoas como elas são.Lindo o texto, lindo tudo. Tenha uma ótima semana! Obrigada e fique com Deus, sempre!!!

5 de abril de 2016 07:27  
Blogger Ailime disse...

Boa tarde meu amigo e bom Árabe,
A paz o que mais anseio, o que mais procuro, o que mais necessito.
Ela conquista-se e por vezes nem é assim tão difícil encontrá-la em nós como de forma sublime nos transmite neste seu precioso e sábio texto: humildade, perdão, reconhecer erros, aceitar cada outro como é, procurar dentro de nós esse estado de espírito que tanto bem nos faz e aos outros. Deus deixou-nos a sua paz para vivermos de forma harmoniosa e essa paz devemos sempre tentar encontrar para em nosso redor sermos um pouco como uma semente a espalhá-la, sem vaidades mas com a consciência de que ela é necessária para o bem-estar de todo o Universo.
Um beijinho e continuação de boa semana.
Ailime
(Escrevi ao som da lindíssima musica que me transmitiu muita paz. Obrigada).

5 de abril de 2016 11:37  
Blogger Maria Luzia Araujo disse...

Aceitando e acolhendo digo.

5 de abril de 2016 17:08  
Blogger Zilani Célia disse...

OI ÁRABE!
A PAZ ESTÁ DENTRO DE CADA UM DE NÓS E COMO BEM O DIZES PARA ENCONTRÁ-LA, DEVEMOS PERCORRER O CAMINHO QUE DEUS NOS TRAÇOU E DE FORMA QUE A CADA PASSO NOS APROXIMEMOS MAIS "DELE".
LINDO DEMAIS.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

5 de abril de 2016 17:49  
Blogger Marina Fligueira disse...

¡Hola Árabe!!!

Nos dejas toda una lección que no lleva a una reflexión: el mundo está llena de maldad de envidias egoísmo corrupción. Es muy bueno y saludable parase y meditar sobre nuestro comportamiento. Perdonar es imprescindible para conseguir ser felices y recobrar la paz interior de cada uno de nosotros, para tener paz y entendimiento con los demás.

Ha sido un place pasar a leerte, eres un maestro de las útiles letras. Gracias por ser como eres.
Te dejo un beso, mi estima y gratitud.
Se muy muy feliz.

6 de abril de 2016 13:05  
Blogger O Árabe disse...

Começa, Olhos de Mel! Em nenhum outro local a encontraremos. Obrigado, bom resto de semana!

7 de abril de 2016 08:14  
Blogger O Árabe disse...

Não sei se é sabedoria pura, Chica... mas esse, com certeza, é o caminho, sim! :) Obrigado, amiga; bom resto de semana.

7 de abril de 2016 08:15  
Blogger O Árabe disse...

Encontraremos, Céu... e a distribuiremos ao nosso redor! Espero que a tua cirurgia tenha sido ótima, amiga, e logo estejas de volta, completamente recuperada! Bom resto de semana.

7 de abril de 2016 08:17  
Blogger O Árabe disse...

Precisamos, sim, Piedade... mas ainda acredito que, um dia, a paz se derramará sobre o mundo. Obrigado, bom resto de semana.

7 de abril de 2016 08:18  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Fa. Sua presença é sempre uma alegria, amiga! Bom resto de semana.

7 de abril de 2016 08:20  
Blogger O Árabe disse...

Não agradeça, Céu. Quem me dera, pudesse retribuir todo o carinho que recebo de vocês, amiga!

7 de abril de 2016 08:21  
Blogger O Árabe disse...

Vale, Shirley! São as estradas mais difíceis, que nos levam as melhores lugares; quase sempre. :) Obrigado, bom resto de semana.

7 de abril de 2016 08:27  
Blogger O Árabe disse...

Belo comentário, Vera... como sempre, aliás; obrigado! E você está certa também sobre a música: é linda! Grato, amiga; bom resto de semana.

7 de abril de 2016 08:35  
Blogger O Árabe disse...

Muito bom saber que você está bem, Bernardete! Obrigado, amiga; bom resto de semana.

7 de abril de 2016 08:38  
Blogger O Árabe disse...

Essa é a receita, Marilene! Obrigado, bom resto de semana!

7 de abril de 2016 08:41  
Blogger O Árabe disse...

Penso igual a você, Maria Luzia: a paz só depende de nós! Grato, minha amiga; bom resto de semana.

7 de abril de 2016 08:46  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Ailime! Devemos espalhar a paz, com a consciência da sua importância para o Universo. Obrigado, amiga; bom resto de semana.

7 de abril de 2016 08:48  
Blogger O Árabe disse...

Bem dito, Zilani! Cada passo na direção da paz, é um passo que damos para o Coração do Universo. Obrigado, bom resto de semana.

7 de abril de 2016 08:56  
Blogger O Árabe disse...

Com certeza, Marina: perdoar é imprescindível, para que possamos encontrar a paz! Obrigado, amiga; bom resto de semana.

7 de abril de 2016 08:58  
Blogger Arco-Íris de Frida disse...

A paz é um estado de espirito,podemos estar em meio a guerra e estarmos em paz,acredito que ela so é alcançada quando nos aceitamos tal qual somos...quando cessa a nossa luta interior,encontramos a nossa paz...

Beijos,arabe...

10 de abril de 2016 05:35  
Blogger O Árabe disse...

Uma grande alegria rever Vc, Arco-íris. Como está, minha amiga, nesta divisão entre dois países? E concordamos: a paz é um estado de espírito,sim; depende de nós. Obrigado, bom fim de semana!

10 de abril de 2016 16:01  
Blogger MEU DOCE AMOR disse...

Pois...sabes?Costumo ter ressentimentos, porque vejo muitas injustiças ao meu redor.Até para comigo.Isso faz-me mal e fico doente.
Mas ando a fazer os possíveis para melhorar...o caminho é tortuoso e cheio de obstáculos.

Beijinho doce

11 de abril de 2016 08:16  
Blogger O Árabe disse...

É, Doce Amor... mas vale a pena insistir nele. Afinal, é o caminho da paz! :) Boa semana, amiga.

11 de abril de 2016 13:17  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky