O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 15 de abril de 2016

O CAMINHO DE CADA UM


 
A cada um, cabe levar a sua própria carga.
Compreendei esta verdade. Quanto mais cedo a aceitardes, mais cedo aprendereis a respeitar as vontades dos vossos irmãos; e mais fácil se tornará o vosso próprio caminho.

Pois não sabeis amar, sem que vos domine o desejo de posse exclusiva do ser amado. E nesse desejo, quereis impor-lhe as vossas ideias; e decidir por ele os rumos que irá tomar.
Mas, porque é sobre ele que cairão as consequências dos seus atos, não vos assiste este direito. Só a ele caberão as tristezas e as alegrias que encontrar durante cada jornada.

Por assim ser, não é o Amor que busca limitar a liberdade do amado; mas o egoísmo. Pois o Amor, longe de tolher o crescimento, faz nascer as asas que vos impulsionam para o alto.   

Certo é que refletirão em vós as emoções daqueles que amais. Porém, é igualmente certo que não as podereis sentir por eles; evitar que se molhem na chuva e se aqueçam ao sol.
A redoma que acaso colocásseis, para proteger a vossa rosa, por certo lhe roubaria o ar, o sol e a chuva de que necessita; e findaria por fazê-la definhar, até tomar-lhe a vida.

Nada podeis fazer, pelas pessoas a quem amais, senão enlaçá-las em vossos braços, para confortá-las na tristeza; e oferecer-lhes o vosso riso feliz, ao festejar as suas alegrias.      

Acostumai-vos a esta ideia. O pássaro que se orgulha, ao acompanhar o voo elegante do filho, é o mesmo que chora, por saber que cada vez mais longe o levarão as suas asas.
Sensato é o homem que não nega aos seus filhos o contato com a terra e a água. Insensatos sereis, se negardes a quem amais o direito às suas próprias experiências.

Pois a planta não cresce, senão através das suas próprias raízes; nem pode ofertar outros frutos que não sejam os alimentados por sua própria seiva e nascidos em seus ramos.
O Conhecimento não brota, senão de vossas lágrimas e vossos sorrisos. Sois os frutos das vossas vivências; sem elas, serieis como um livro em branco e nada poderíeis ensinar.

E assim acontece àqueles que vos cercam. A cada um assiste o direito de lamentar os próprios erros e festejar os próprios acertos, pois assim transcorre o aprendizado.

Eu vos tenho dito que cada um tem o seu próprio caminho. Amar é a capacidade de caminhar de mãos dadas, por estradas paralelas, e chegar juntos ao final da jornada.
Que vos conduz ao Coração do Universo.  

Música: 

41 Comentários:

Blogger Olhos de mel disse...

Creio, Árabe, que cada um de nós tem o seu próprio tempo de aprendizagem. Eu já passei por isso, tempos atrás. Sonhei até que seria possível atravessar esse caminho acompanhada, porém, percebi que esse, era apenas um sonho meu. Aprendi que cada um vive seu próprio sonho. Até chegar a isso, foram muitos desgastes, muitos dias de tristeza. Hoje não mais. Aprendi a caminhar sozinha, ser dona do meu nariz.
Belo post! Bela imagem e musica!
Bom fim de semana! Beijos

15 de abril de 2016 19:05  
Anonymous GLUOSNIS disse...

Ola Arabe,
parabens pelo post !
Linda mensagen.

Uma linda semana.
Grande beijo.

GLUOSNIS - LITUANIA

15 de abril de 2016 23:34  
Blogger ✿ chica disse...

Que beleza tuas palavras e é bem assim mesmo a vida. Caminhamos junto aos nossos amados, mas cada um tem sua caminhada a fazer...Podemos abraçar, acompanhar, confortar... abração, tudo de bom, linda semana,chica

16 de abril de 2016 01:51  
Blogger Arco-Íris de Frida disse...

É verdade o texto...porem...gostaria de poder ajudar dividindo a carga de algumas pessoas que amo...como nao é possivel... so posso amar...

Arabe, meu amigo...lhe desejo um domingo de muita paz e amor junto aos seus e que assim tbm seja a sua semana...

Beijos...

16 de abril de 2016 16:31  
Blogger CÉU disse...

olá, querido amigo...

penso k todos nós devemos saber levar, conduzir e aguentar com nossa carga, o k, por vezes, não é nada fácil. há pessoas, k mais facilmente k outras, aguentam esse peso.
de qualquer forma, penso k os pais, p exemplo, e se puderem, retirarão toda a carga ou parte dela a seus filhos.

minha mão continua com sua carga, entre aspas, e sei que o percurso vai ser longo.

bom domingo e melhor semana.

abraço.

16 de abril de 2016 16:44  
Blogger rosa-branca disse...

Há cargas grandes demais e a minha me deitou por terra. Um abraço com carinho

16 de abril de 2016 17:38  
Blogger ONG ALERTA disse...

Muito verdadeiro cada um faz suas escolhas!!'
Abraço Lisette

16 de abril de 2016 18:13  
Blogger Mariazita disse...

Absolutamente de acordo, querido amigo.
Quantas vezes queremos viver os problemas, as dificuldades, os desgostos... das pessoas que amamos, especialmente dos nossos filhos, por não suportarmos vê-los sofrer!
Mas a vida de cada um só cada um a pode viver, com a sua carga própria, as suas alegrias e as suas tristezas, a sua vida, no fim!

Excelente texto, como sempre.

Domingo feliz
Beijinhos
MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

17 de abril de 2016 01:10  
Blogger São disse...

Por mais que se lamente o facto , o ser humano é uma ilha rodeada de solidão : pode ter apoio ( e isso é muito bom), mas é ele que tem que caminhar na sua senda.

Beijinhos, querido amigo e graças pelo teu cuidado.

18 de abril de 2016 12:16  
Blogger Vera Lúcia disse...


Olá amigo Árabe,

Um belo texto, com o qual concordo integralmente.
Entre outras, adorei esta colocação: "A redoma que acaso colocásseis, para proteger a vossa rosa, por certo lhe roubaria o ar, o sol e a chuva de que necessita; e findaria por fazê-la definhar, até tomar-lhe a vida".
Cada um tem um caminho próprio a seguir e é inteiramente responsável por suas escolhas. Por mais que amemos nossos entes queridos, não há como impedi-los de viver as próprias experiências, que lhes servirão de ensinamento na estrada da vida. Resta-nos orientá-los, amparando-os e confortando-os quando necessário.
Certa feita, uma amiga me disse que sua irmã estava passando por uma fase difícil, mas que ela não poderia interferir no carma dela. Disse-lhe eu, naquele momento, que, pelo menos, cabia a ela ajudar a irmã na travessia desta fase. Penso que se não podemos poupar as pessoas que amamos de suas dores, cabe-nos, no entanto, procurar fazer o que podemos para atenuar-lhes o sofrimento.

Adorei ouvir a música.

Feliz semana.

Abraço.

18 de abril de 2016 20:11  
Blogger ॐ Shirley ॐ disse...

Amigo, cada um de nós, precisa saber que é o construtor do seu destino e, realmente, não devemos interferir nas escolhas dos nossos filhos... Aconselhar sim, impor nunca.
Todas as suas postagens são belíssimas.
Saúde, Paz e Luz!

19 de abril de 2016 03:38  
Blogger Marina Fligueira disse...

¡Hola Árabe!

Nos dejas como siempre una sabia lección de vida. Cada cual tiene el deber de cargar con su cruz. Y me quedo con estas últimas frases que son bien reflexivas.

Eu vos tenho dito que cada um tem o seu próprio caminho. Amar é a capacidade de caminhar de mãos dadas, por estradas paralelas, e chegar juntos ao final da jornada.

Enhorabuena, me ha encantando, y ha sido placentero leerte.
Te dejo mi gratitud y mi estima.
Un abrazo y se muy feliz.

19 de abril de 2016 11:22  
Blogger Ailime disse...

Boa tarde meu amigo e bom Árabe,
Um texto repleto de pérolas de sabedoria. Quem me dera ter lido estes sábios conselhos há uns bons anos atrás!
Todos diferentes, todos iguais e há que respeitar o caminho de cada outro, a personalidade de cada um, as suas escolhas.
Entendê-los como são, respeitá-los.
Só que com o decorrer da vida nos vamos apercebendo, falo por mim, de que nem sempre se agiu da melhor forma.
Nunca é tarde para retificar, para retomar caminhos nesse sentido. Por vezes tem-se a noção de que já se deixou muito para trás, mas nunca é tarde para enlaçar as mãos e percorrer o caminho lado a lado até ao final da viagem.
Muito bem aplicada aqui a música do tema do filme Love Story. Adoro esta musica.
Esqueço sempre de referir a imagem. Muita linda e em sintonia.
Beijinhos e continuação de boa semana.
Ailime

19 de abril de 2016 12:01  
Blogger MARILENE disse...

Se pudesse, colocaria todos que amo em redomas, para que não sofressem rsssss. Mas sei que esse não é o caminho. Da mesma forma que faço minhas escolhas, tenho que permitir que também façam as suas. O mais importante é demonstrar que, sejam elas quais forem, estaremos de braços abertos para o apoio, em eventuais adversidades. Abraço.

19 de abril de 2016 12:03  
Blogger Maria Luzia Araujo disse...

Se o amor fosse bastante em cada coração, todos os males do mundo acabariam. Cada um olharia o outro como se estivesse se olhando no espelho e teria tanta compreensão e compaixão como se estivesse agindo por si mesmo.

Letícia Thompson

Texto maravilhoso Árabe! Ótima semana e muito obrigada!
BOA NOITE!

19 de abril de 2016 19:01  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

um texto que podemos ter várias ilações.
e, sim temos de levar a nossa carga, que por vezes é muito pesada.
por isso temos de a "saber" levar.
um beijo

:)

20 de abril de 2016 09:41  
Blogger Silenciosamente ouvindo... disse...

Ler os seus textos é sempre muito bom.
Tentar compreendê-los...
Depois seguir as suas orientações.
Desejo que se sinta bem.
Abraço, amigo.
Irene Alves

21 de abril de 2016 11:59  
Blogger MEU DOCE AMOR disse...

Olá:

Então que assim seja.Logo que a estrada paralela traga juízo na cabecinhas das pessoas e paz,serenidade e tranquilidade...então que voem!
Também quero voar, livre como um pássaro e quero voltar a sorrir com brilho nos meus olhos.

Beijinho doce:)

21 de abril de 2016 13:23  
Blogger O Árabe disse...

É isso, sim, Olhos de Mel: cada um vive o seu próprio sonho; e isso nos leva a sermos donos de nossos próprios narizes. O que, no final das contas, é o objetivo de cada uma das nossas jornadas. :) Linda música, mesmo, não? Obrigado, bom fim de semana.

22 de abril de 2016 10:38  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Gluosnis. Bom saber que, a uma distância tão grande, alguém nos acompanha... e gosta dos nossos posts. Bom fim de semana!

22 de abril de 2016 10:39  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Chica... e, em verdade, essa é uma ajuda incalculável! Obrigado, amiga; bom fim de semana!

22 de abril de 2016 10:41  
Blogger O Árabe disse...

E é exatamente amando, Arco-íris, que podemos dividir a carga e ajudar a carregá-la. Obrigado pelos votos, minha amiga; retribuo, de todo coração. Bom fim de semana!

22 de abril de 2016 10:43  
Blogger O Árabe disse...

Verdade, Céu: os pais, se pudessem, retirariam toda a carga dos ombros de seus filhos. Bem o sei! :) Estamos torcendo para que tua mão logo esteja livre dessa carga, amiga; boa semana, fica bem!

22 de abril de 2016 10:46  
Blogger O Árabe disse...

Assim às vezes acontece, rosa-branca. Mas precisamos ser como as crianças, que levantam depois de cada queda, até que aprendem a caminhar! Grato, bom fim de semana.

22 de abril de 2016 10:48  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Lisette! E recebe de acordo com elas. Bom fim de semana, amiga!

22 de abril de 2016 10:49  
Blogger O Árabe disse...

E como sempre, Mariazita, bem o resumiste em teu belo comentário! Afinal, tristezas e alegrias formam a vida de cada um. Obrigado, amiga; bom fim de semana!

22 de abril de 2016 10:52  
Blogger O Árabe disse...

Não tens de que agradecer, São; bem o mereces. Lembra-te apenas, amiga, que "és eternamente responsável por tudo aquilo que cativas". Dá-me notícias, sempre, sim? Bom fim de semana, querida amiga!

22 de abril de 2016 10:56  
Blogger O Árabe disse...

Concordo com você, Vera: "se não podemos poupar as pessoas que amamos de suas dores, cabe-nos, no entanto, procurar fazer o que podemos para atenuar-lhes o sofrimento". É assim que as podemos ajudar! Obrigado, amiga; bom que você ouviu a música! :) Bom fim de semana.

22 de abril de 2016 10:58  
Blogger O Árabe disse...

É assim que procuro fazer, Shirley... embora às vezes seja bem difícil. Agora mesmo, enfrento um desses momentos. Obrigado, bom fim de semana!

22 de abril de 2016 11:00  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Marina, por sua gentileza e amizade. É realmente um prazer contar com a tua presença, amiga! Obrigado, bom fim de semana.

22 de abril de 2016 11:01  
Blogger O Árabe disse...

Belo comentário, Ailime! Também acredito que "Por vezes tem-se a noção de que já se deixou muito para trás, mas nunca é tarde para enlaçar as mãos e percorrer o caminho lado a lado até ao final da viagem". Enquanto acreditarmos, a vida terá um sentido! Obrigado, amiga; bom fim de semana!

22 de abril de 2016 11:05  
Blogger O Árabe disse...

Acho que todos gostaríamos de utilizar essas redomas, Marilene! :) Mas é como você disse: o melhor que podemos fazer é apoiar, mostrar que estaremos sempre de braços abertos. Obrigado, bom fim de semana!

22 de abril de 2016 11:11  
Blogger O Árabe disse...

Belo conceito, não, Maria Luzia? Obrigado a você, pela gentileza e amizade constantes! Bom fim de semana, amiga.

22 de abril de 2016 11:12  
Blogger O Árabe disse...

Bem dito, Piedade: "saber" levar é essencial! Aí é que entram a humildade e a resignação. Obrigado, bom fim de semana!

22 de abril de 2016 11:14  
Blogger O Árabe disse...

Estou bem, sim, Irene; e você? Obrigado, minha amiga; bom fim de semana!

22 de abril de 2016 11:15  
Blogger O Árabe disse...

Voltará, Doce Amor, acredita! É de cada um de nós, que depende esse brilho! Bom fim de semana, fica bem.

22 de abril de 2016 11:16  
Blogger MEU DOCE AMOR disse...

Árabe:

Sim tens razão.Mas não me contento só com esse brilho.Sou muito exigente não é?Mas acho que a exigência impulsiona a evolução para um mundo melhor.

Bom fim de semana

Beijinho doce

22 de abril de 2016 14:12  
Blogger MEU DOCE AMOR disse...

Ahhhh!

Aguardo novo post:)))

22 de abril de 2016 14:13  
Blogger O Árabe disse...

E estás certa, Doce Amor; é a insatisfação que nos faz evoluir, sim. Quanto ao novo post... bem, não terás que esperar muito! :) Bom fim de semana!

22 de abril de 2016 15:09  
Blogger Fá menor disse...

Muito bom! Sempre vindo ao encontro do que penso e sinto. Grata. Bj

23 de abril de 2016 13:38  
Blogger O Árabe disse...

Grato a você, Fa, por essa gentileza e amizade! Bom fim de semana.

23 de abril de 2016 18:06  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky