O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sábado, 1 de dezembro de 2007

DA VIDA

Eu gostaria de ver os vossos corações.

Desnudas as vossas almas, expostos os vossos medos e a vossa coragem, as alegrias e as tristezas, as certezas e as dúvidas. Para que eu vos pudesse mostrar que a maior parte das coisas que vos fazem sofrer não têm maior importância.

Importa que existe a Vida. E é como um mar, em meio ao qual sois os peixes que desconhecem a existência da água, dedicados à caça das iscas que vos lançam os pescadores.
Por isto, sofreis.E vos angustiais, por coisas que amanhã já nem sequer lembrareis.
Pois sempre haverá novas iscas, e na ilusão de seu brilho passageiro encontrareis novas esperanças. Como, nos anzóis que encobrem, estarão novas angústias.

Necessitais descobrir a água.

Para que nela melhor vos possais mover, e desfrutar do seu tépido conforto. Para que melhor entendais o que sois, e a dádiva que é a própria Vida.

Ela, em si, é tudo de que necessitais. E, em seu transcorrer, encontrareis sonhos e desilusões; que vos farão sorrir e chorar, cada qual a seu turno.
E estareis vivos, em vossos sorrisos e em vossos prantos. E eu vos digo: atentai para ambos. Porque é neles que está a chave da vossa compreensão.
Alguns vos dizem que o homem se conhece por seus atos, como as árvores por seus frutos. Eu, entretanto, vos digo que os frutos não existiriam, sem as raízes; e, mais do que os atos do homem, importa saber as causas que os determinaram.

Pois não é herói aquele que pratica a proeza sob o desespero do medo; como não é vilão aquele que erra por não lhe restar outro caminho. Eis que ambos, um e outro, apenas fizeram o que lhes foi possível.

Atentai, portanto, para as vossas idéias e os vossos sentimentos: são eles as portas que vos podem levar ao vosso verdadeiro Eu.
E aprendei a gozar a dádiva da Vida.

Assim, a entendereis. E, quando o conseguirdes, tereis aprendido que nela nada existe para ser entendido.

Deixai que eu vos repita: a Vida é o mar, e sois os peixes. A vida é o céu, e sois as estrelas.

É assim que é; e não vos cabe mais do que aprender a nadar, para que melhor vos possais mover por ela.
Ou aumentar o vosso brilho, para que as trevas não se formem à vossa volta

68 Comentários:

Blogger Claudinha disse...

A vida... Dom, dádiva, presente. Há que saber aproveitar!
Lindo texto!
Beijo!

1 de dezembro de 2007 13:31  
Blogger Benó disse...

Aproveitai a dádiva da vida! Belo pensamento pelo qual, lhe peço, aceite os meus parabéns. Gostei de ler tudo mas esta frase tocou-me pois é isso que eu tento fazer todos os dias em todos os minutos e segundos.Se todos soubéssemos aproveitá-la todos os peixes seriam felizes nas águas em que se encontram.
Tenha uma bos semana.

1 de dezembro de 2007 15:02  
Blogger Olhos de mel disse...

Poxa Árabe, esse é mais um, que me emociona! Quanta verdade em cada verso, quanto sentimento num texto tão poético! É em nosso indeciso caminhar, que aprendemos com as lições de passos mais precisos. É na luz das almas mais evoluídas, que conseguimos alcançar o brilho, que necessitamos, para trilhar novos caminhos.
A vida se renova a cada dia e precisamos estar atentos para não perdermos o passo. Para não ofuscarmos esse brilho, que pode nos conduzir a uma plenitude. O medo, muitas vezes escurece os caminhos e nos prende às amarras do que julgamos ser essencial. Precisamos encarar a caminhada e assim, darmos passos cada vez maiores. O que deve importar não é o material que possamos levar, mas aquilo que temos de maior valor; o sentimento. A materia se perde, deteriora, mas o amor, não!
Lindo demais!
Bom fim de semana!
Fique com Deus!
Beijos

1 de dezembro de 2007 15:48  
Blogger São disse...

Um texto profundamente Zen!!
Admiro a tua profundidade, a sério!!
O meu abraço.

1 de dezembro de 2007 17:00  
Blogger Olhos de mel disse...

Árabe, agora passei para apreciar a musica... Perfeita!
Beijos

1 de dezembro de 2007 17:12  
Blogger Som do Silêncio disse...

Gostei bastante de te ler...
(gosto sempre, verdade seja dita, embora nem sempre deixe comentário)

Bjs

1 de dezembro de 2007 17:41  
Blogger Palavras ao vento disse...

Os ensinamentos que transmites... bebo-os avidamente.

A dádiva da vida... É a melhor Graça que pudemos ter!!

Sempre.. e sempre grata meu àrabe!

Bom Domingo.

Beijo

1 de dezembro de 2007 18:54  
Blogger Nana Lopes disse...

Ola Habib!!inspirado como sempre!!Bjin e aproveite o domingo!

1 de dezembro de 2007 19:34  
Blogger Nanamada disse...

Desembrulhar a cada dia como um presente dos céus.Surpreeender-se como quem recebe uma joia rara!Salam!!

1 de dezembro de 2007 19:37  
Blogger http://paixoeseencantos.blogs.sapo.pt disse...

ás vezes damos por nós a pensar k temos uma vida triste etc,etc,ms o k importa é estar vivo,amar e ser feliz :)
gostei do teu texto
bjo e bom domingo
carla granja

2 de dezembro de 2007 05:20  
Blogger su disse...

Somos parte do lemento sendo o próprio elemento,e a tudo está inerente todas essas condições. Fazem parte das mesmas águas que ora se apresentam constantes ora inquietas...acompanhemos esse ritmo e saibamos aceitá-lo, adaptando-nos. Vencendo as adversidades e transformando-as como mais uma etapa de aprendizagem; alimento de força e não de sensação de derrota.

Parabéns pelo blog, pelas palavras, pela força anímica que deixas transbordar!

:)

2 de dezembro de 2007 05:31  
Anonymous drikflor disse...

Lindo, maravilhoso...muito sensível. Passeando encontrei aqui.
Grand beijo
www.drikaflor.zip.net

2 de dezembro de 2007 05:55  
Blogger Sol da meia noite disse...

E é tanto o tempo de vida que se perde...

Guardarei os ensinamentos deste texto.

Beijinho

2 de dezembro de 2007 07:42  
Blogger Menina do Rio disse...

A vida é para ser vivida e não compreendida. Então vivamos!

Um beijo pra ti

2 de dezembro de 2007 13:43  
Blogger keila, a Loba disse...

Me faz bem pensar que tenho aqui um amigo doce e sensível, alguém que diz as palavras que anunciam a paz e a amor que tantos buscam.

Obrigada por estar tão presente na net e nos Uivos, meu amigo.

AbraçUivooooooooooosssssss da Loba

2 de dezembro de 2007 15:12  
Blogger Renata disse...

ah, tô quase topando o desafio: abro meu coração e vc me mostra que não há motios para sofrer..topas?! rs...
Mas vc tem razão qdo diz que o importante é viver e aprender a ver que viver é sempre um milagre!!!

bjos e ótima semana!

2 de dezembro de 2007 15:14  
Blogger GarçaReal disse...

Tenho estado a qui a ler o texto e a meditar...

Realmente acho que não damos o verdadeiro valor a esta dádiva e nos deixamos abalar por coisas que por vezes nem fazem sentido.

Tentarei ser peixe nesse mar...


bjgrande

2 de dezembro de 2007 15:20  
Blogger C Valente disse...

A vida é uma dadiva da natureza muito valiosa que deve ser conservada e vivida
Bom inicio de semana
Saudações amigas

2 de dezembro de 2007 15:57  
Blogger M@ri@ disse...

Nok Nok...

Desculpa ,mas já entrei...

Como nós gostariamos que tudo fosse diferente...

Parabens por tao belo blog.
Deixo te um Bejo doce
M@ri@

3 de dezembro de 2007 07:55  
Blogger Márcia(clarinha) disse...

E cada dia é dia de ser.
carinho poeta, semana de luz
beijos

3 de dezembro de 2007 08:51  
Blogger Whispers in night disse...

ola lindo Amigo!

Aproveitar a vida, fazer da nossa passagem por ela o mais agradável possível
perdemos tempo com coisas tão estúpidas e deixamos de dar valor a coisas tão importantes
Bonito post, obrigado.....
que a tua semana seja maravilhosa
beijos mil

3 de dezembro de 2007 11:04  
Blogger Tina disse...

Oi Arabe!

Viver o "presente" que nos foi dado sem pedir, isso é viver, sentir. Lindo texto, obrigada.

beijos querido e boa semana,

3 de dezembro de 2007 17:10  
Blogger Yvonne disse...

Árabe, seu blog é uma das preciosidades da Internet. É impossível não se sensibilizar com os seus escritos. Beijocas

4 de dezembro de 2007 04:14  
Blogger Isabel-F. disse...

"...
É assim que é; e não vos cabe mais do que aprender a nadar, para que melhor vos possais mover por ela.
Ou aumentar o vosso brilho, para que as trevas não se formem à vossa volta
"

um belissimo texto ...
adorei...

bjs

4 de dezembro de 2007 04:18  
Blogger luma disse...

Tem gente que cria um buraco escuro e vive lá dentro. Acho que falta alguma química no cérebro, só pode!
Por mais que existam coisas tristes ou ruins, existe também o outro lado e se um lado tem que ser maior que o outro, que seja o lado bom.
Boa semana! Beijus

5 de dezembro de 2007 08:41  
Blogger SILÊNCIO CULPADO disse...

Um texto de grande beleza e profundidade que levam a todo um conjunto de reflexões que se impõem mas das quais o ser humano anda arredado. Estas novas sociedades consumistas, caracterizadas pelo desenraízamento cultural, pela padronização de hábitos e estilos de vida, arrancam às pessoas a sua alma, aquela capacidade de sentir as coisas simples e amar genuinamente os prazeres do momento. A insatisfação tornou o ser humano um alienado qual caminhante perdido no meio de uma multidão que o arrasta e abafa o seu grito. Como podemos esperar que este proscrito solitário, formatado, encarneirado e descaracterizado não seja infeliz? A felicidade é, acima de tudo, uma filosofia que nos permite amar o momento tal como ele é, de forma inteira e não de acordo com uma representação que não passa de mera hipótese para o tornar incompleto e menos belo.Um excesso de expectativas funciona como um veneno que mata antes da morte.

Hoje no Notas Soltas temos debate sobre a legalização da prostituição. Não queres dar a tua opinião sobre este tema?http://notassoltasideiastontas.blogspot.com

5 de dezembro de 2007 10:49  
Blogger hashmalim disse...

---"""Desnudas as vossas almas, expostos os vossos medos e a vossa coragem, as alegrias e as tristezas, as certezas e as dúvidas. Para que eu vos pudesse mostrar que a maior parte das coisas que vos fazem sofrer não têm maior importância."""
------------------------------

"O mais importante é viver."

Não levamos nada pra sepultura e mesmo o corpo sem vida, volta a ser poeira que aduba a terra, dando inicio de novas vidas em plantas, que matam a fome dos animais que serve infalivel, para os outros seres, que estão a espera do momento de virar poeira pra manter o movimento de reinicialisação, que mantem a VIDA que é feita unicamente pra ser vivida!

Prospero ano de 2008!

Beijo infinito de carinho pra você!

http://zayinguimel.blogspot.com

5 de dezembro de 2007 12:40  
Blogger Olhos de mel disse...

Oie Árabe! Passei pra lhe ver. Fique com Deus! Beijos

5 de dezembro de 2007 16:33  
Blogger http://paixoeseencantos.blogs.sapo.pt disse...

passei para ver se tinhas novidades e para te convidar para um passeio no meu jardim :)
, . - . - , _ , .
.) ` - . .> ' `(
/ . . . .`\ . . \
|. . . . . |. . .|
. \ . . . ./ . ./
.. `=(\ /.=`
.... `-;`.-'
......`)( ... ,
....... || _.-'|
........|| \_,/
........|| .*´¨)
¸.•´¸.•*... ¸.•*¨)
(¸.•´ (¸.•` *
*´¨) мιℓ вєιנoѕ♥*♥
¸.•´¸.•*... ¸.•*¨)
(¸.•´ (¸.•` **♥*♥
e um resto de uma boa semana
carla granja

6 de dezembro de 2007 03:51  
Blogger Eärwen Tulcakelumë disse...

Árabe,

Minha rota pela primeira vez cruza as tuas terras, que muito me encantaram. Tuas palavras são sábias, pois temos que aprender a aceitar e aproveitar a dádiva da vida, devemos aprender a nos equilibrar, a evoluir, nos colocarmos firmes no caminho para que nossas energias não fiquem estagnadas, dessa forma, aumentaremos o nosso brilho e em conseqüência afastaremos a luz.
Tenha certeza que voltarei.

Deixo-te a primeira pérola incandescente de luz, banhada no rio de lava que em meu mundo corre e o convite para que me visites.

Eärwen

6 de dezembro de 2007 09:53  
Blogger pentelho real disse...

...não é herói aquele que pratica a proeza sob o desespero do medo; como não é vilão aquele que erra por não lhe restar outro caminho. Eis que ambos, um e outro, apenas fizeram o que lhes foi possível.

amigo nada mais verdadeiro. mas continuo a achar que a vida é uma coisa difícil.

6 de dezembro de 2007 16:35  
Blogger Cöllyßry disse...

A vida essa dádiva Divina...coração se vê sim nos actos diarios...vou saboreando este momento....

Bjca doce

7 de dezembro de 2007 09:31  
Blogger O Árabe disse...

Cm certeza, Claudinha... é no aproveitar que está o segredo da vida! :)

7 de dezembro de 2007 11:35  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Benó... e eu realmente acredito nisto. Todos os dias nos preocupamos com os imprevistos do mergulho, sem sentir a tepidez da água...
boa semana para você, também!

7 de dezembro de 2007 11:38  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Olhos de Mel... pelo elogio e peo comentário, que enriquece o nosso texto! Bom fim de semanal

7 de dezembro de 2007 11:39  
Blogger O Árabe disse...

Grato, amiga São. E bem sabes que e admiração é mútua!

7 de dezembro de 2007 11:40  
Blogger O Árabe disse...

Não é Olhos de Mel? Essa música é realmente linda! :)

7 de dezembro de 2007 11:41  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Som... mas quebra o teu silêncio e vem participar. O oásis é nosso! :)

7 de dezembro de 2007 11:42  
Blogger O Árabe disse...

Eu agradeço, Maria... os teus versos e a tua gentileza! Bom fim de semana

7 de dezembro de 2007 11:44  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Nana... e retribuo os teus votos, embora já seja outro o domingo! ;)

7 de dezembro de 2007 11:45  
Blogger O Árabe disse...

Essa é a idéia, Nana... só assim, aproveitaremos realmente essa dádiva! ;)

7 de dezembro de 2007 11:46  
Blogger O Árabe disse...

É isso, Carla... o que importa é estar aberto ao amor e à felicidade! Bom fds

7 de dezembro de 2007 11:47  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Su... pelo comentário e pelos ensinamentos que nos deixaste!

7 de dezembro de 2007 11:48  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Drika, e espero vê-la de volta. O oásis é nosso!

7 de dezembro de 2007 11:49  
Blogger O Árabe disse...

Realmente, Sol... perdemos muito tempo, que poderíamos aproveitar em viver! ;)

7 de dezembro de 2007 11:50  
Blogger O Árabe disse...

Bom conselho, Verônica! Acredite: tento seguí-lo sempre. :) Bom fds

7 de dezembro de 2007 11:51  
Blogger O Árabe disse...

Tens aqui, sim, Keila, um amigo! Não duvides e grato pela tua amizade. :)

7 de dezembro de 2007 11:54  
Blogger O Árabe disse...

Motivos para sofrer sempre há, Renata... mas ser feliz é mais agradável e importante! :) Bom fds

7 de dezembro de 2007 11:55  
Blogger O Árabe disse...

Devemos todos tentar, amiga Garça... até porque nele precisamos nadar! :)

7 de dezembro de 2007 11:56  
Blogger O Árabe disse...

Esta é a idéia, amigo Valente! A idade nos ensina... :) Saudações amigas e bom fds

7 de dezembro de 2007 11:57  
Blogger O Árabe disse...

É um prazer receber-te entre nós, Maria, e espero que voltes sempre. O oásis é nosso! :)

7 de dezembro de 2007 11:58  
Blogger O Árabe disse...

Dia de ser, sim, Clarinha... e de tentar ser cada dia mais feliz! :) Bom fim de semana, amiga.

7 de dezembro de 2007 11:59  
Blogger O Árabe disse...

Essa é a idéia, Rachel... muitas vezes, desperdiçamos o tempo em que poderíamos ser felizes! :)

7 de dezembro de 2007 12:00  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado a você, amiga Tina, pelo carinho e pela gentileza de sempre. Bom fim de semana! E dê notícias do (lindo) netinho. :)

7 de dezembro de 2007 12:03  
Blogger O Árabe disse...

Sabe, Yvonne? Acho que as verdadeiras preciosidades da net são pessoas como vocês, que me dão a honra de visitar o nosso oásis! :)

7 de dezembro de 2007 12:07  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Isabel. E parabéns pelo belo atelier! :)

7 de dezembro de 2007 12:08  
Blogger O Árabe disse...

É isto, sim, Luma: não podemos olhar para a vida com os óculos escuros do desânimo, ou perderemos todo o seu brilho... :)Bom fim de semana

7 de dezembro de 2007 12:10  
Blogger O Árabe disse...

Silêncio, amiga, perdi o debate; não porque quisesse, mas por estar em viagem. Só hoje vi a tua nota. Perdoa-me, sim? E grato pelo belo comentário.

7 de dezembro de 2007 12:11  
Blogger O Árabe disse...

Você também, Olhos de Mel... e obrigado! :)

7 de dezembro de 2007 12:13  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Hashmalim... e volte sempre. O oásis é nosso! Que 2008 te faça feliz.

7 de dezembro de 2007 12:14  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Earwen, pela gentileza e pelo sábio comentário e contamos com o teu retorno. O oásis é nosso!

7 de dezembro de 2007 12:16  
Blogger O Árabe disse...

E é mesmo, princesa... até para quem nasce num berço real! Imagina para quem nasceu no deserto. ;) Mas precisamos torná-la melhor, sempre. :)

7 de dezembro de 2007 12:17  
Blogger O Árabe disse...

Collybry, amiga, prazer em rever-te... e estás certa. Precisamos saborear cada momento! :)

7 de dezembro de 2007 12:19  
Blogger O Árabe disse...

carla, permita que te agradeça pela gentileza e aguarda-me. É sempre um prazer visitar o teu jardim! :)

7 de dezembro de 2007 12:20  
Blogger Whispers in night disse...

Ola lindo!
Vim te desejar bom fim de semana....Mesmo que já tenha lido o texto. que já tenha comentado gosto sempre de desejar votos de feliz semana aos amigos do coração e és um deles
beijinhos mil
Whispers

7 de dezembro de 2007 16:41  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Raquel. Por minha vez desejo-te uma bela semana, com muitas alegrias. :)

10 de dezembro de 2007 12:40  
Blogger LuzdeLua disse...

Como sempre, belíssimo texto.
Ah... essa música maravilhosa. Amigo, confesso que fico por aqui sempre que preciso estruturar meus pensamentos.
Teu blog é mesmo um oásis.
Um beijo com carinho.
Bjs

11 de dezembro de 2007 01:59  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Luz. Palavras como estas nos incentivam, tenho certeza que bem o sabes!...

11 de dezembro de 2007 11:38  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky