O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

CONFISSÕES DE NATAL




Desde a minha infância, o Natal é para mim a maior de todas as festas.
A árvore enfeitada e iluminada, a casa decorada com motivos natalinos, as canções de natal rodando na vitrola. O presépio, os panetones e bolos caseiros, queijo de cuia, nozes, avelãs, tâmaras, figos e, principalmente, as castanhas portuguesas, uma das tradições que meu pai guardava de sua terra natal.

As reuniões em casa de meu avô, na noite da véspera. Os adultos conversando e bebendo; nós, os pequeninos, encantados, brincando com as lembrancinhas que recebíamos de nossos tios. Quão pouco sabíamos da vida e como éramos felizes!
Meia-noite, a emoção da Missa do Galo; a família indo para a Igreja. Meu pai sempre se lembrava de ter esquecido algo e voltava para casa, enquanto nós continuávamos; ele nos alcançava na igreja e assistíamos à missa juntos. Na volta para casa, os nossos presentes ao pé da árvore.

Crescemos, mas a tradição se manteve. Já rapazes e namorando, eu e meu irmão tínhamos que voltar para casa, pouco antes da meia-noite, para passar o Natal com a família; lembro-me de como me aborrecia, então, por ter que deixar a namorada sozinha, nas festinhas da nossa turma.
Crescemos mais, e a vida nos afastou. Meu irmão mais velho já casado, meus pais separados; minha mãe indo morar no Rio, com meus outros dois irmãos, e eu indo trabalhar num Banco, no interior da Bahia. No meu primeiro Natal depois dessa separação, recordo que voltei à casa de meu avô, buscando reviver aquele tempo... e como chorei de saudade!

Hoje, olho em volta e ainda me parece ver aqueles natais. Meu pai e dois irmãos se foram, mas nesta época do ano é como se eu viajasse no tempo e revivesse aqueles dias; as nossas esperanças e brincadeiras, os sonhos que sonhamos juntos e não conseguimos realizar.
Apesar dos meus cabelos brancos, ainda me sinto como aquela criança. Minha mãe, hoje com 93 anos, continua a ser a minha referência de Natal e de vida. Neste final de ano, estou ainda convalescendo de uma cirurgia ótica recente; mas é com ela, meu irmão e nossa família, que mais uma vez passarei o Natal. Afinal, quem sabe até quando o poderemos fazer?

Meus filhos cresceram, por sua vez. Já têm as suas famílias, as suas turmas e os seus próprios natais. Resta-me desejar que possam ser tão felizes como foram os nossos; que encontrem nas bolas e nas lâmpadas os mesmos sonhos que tivemos, o mesmo encanto que encontrávamos a cada Natal.
A vocês, amigas e amigos, quero desejar um Feliz Natal. E, como sei que não posso recebê-los a todos em nossa casa, faço questão de trazer um pedacinho dela até vocês. Esta é a nossa árvore, a árvore que enfeita a nossa casa, e espero que gostem dela tanto quanto eu.

Assim, podemos estar juntos. E juntos vamos viver o nosso encanto de Natal!
Música:
Vejam que lindo vídeo:

58 Comentários:

Blogger Olhos de mel disse...

Infelizmente, o natal pra mim, perdeu o sentido. Se tornou uma festa apenas de comércio. Ninguém lembra mais qual o verdadeiro sentido do natal. Enquanto uns, comemoram com as casas enfeitadas, mesas fartas e presentes, outros amargam a fome, a escuridão da noite e um amanhecer com crianças frustradas, por não terem recebido a visita do Papai Noel!
Mas seu post ficou bonito! A árvore e a demonstração de amor, cumplicidade e felicidade da família, transparecem em cada parágrafo.
Que essa plenitude seja cada dia mais forte e que se renove em cada natal.
Feliz Natal pra você e sua família! Felicidade sempre!
Bom fim de semana! Bjs

19 de dezembro de 2014 18:55  
Anonymous Helena disse...

Querido Árabe: fizeste-me marejar os olhos com as tuas lembranças...
São elas, meu amigo, que faz com que teu Natal não seja triste, apenas saudoso, pois quem viveu momentos tão felizes e tão doces junto aos pais e demais familiares há de sempre trazer os Natais vividos para dentro de um amoroso olhar... Assim como tu fazes!
Adquiri dos meus pais (que já partiram) esse gosto por comemorar o Natal, organizar a ceia, o encontro dos familiares e amigos, as brincadeiras, e por isso faço questão de homenagear dessa forma o aniversariante da noite, o Menino Jesus. Nos dias que antecedem, apesar da correria com todos os preparativos, ainda encontro tempo para preparar o Natal das minhas crianças e dos meus idosos, habitantes das casas as quais dou assistência. Reunir estas duas pontas da vida (a infância e a maior idade) é o ponto alto da minha comemoração de Natal, pois são seres que não possuem o carinho e a atenção de familiares.
Enfim, meu querido, quando tiver filhos quero passar para eles todo esse espírito festivo de Natal, do Papai Noel, do Menino Jesus, presépio, pois mesmo sabendo que nessa época existe uma enorme exploração por parte do comércio, também sei que o pouco que pudermos fazer para minorar a solidão e tristeza de alguns, já terá valido o nosso Natal. Agradeço o pedacinho da tua árvore que me chegou enfeitando o olhar e enternecendo o coração pela partilha.
Que as estrelas possam colocar sorrisos no teu olhar, e que teu Natal possa te trazer nas doces lembranças do passado a certeza do amor e carinho daqueles que um dia contigo participaram de tão expressiva festa.
Meu carinho, minha admiração, minha amizade, num beijo no teu coração,
Helena

20 de dezembro de 2014 00:21  
Blogger ✿ chica disse...

Recordações tão lindas e que fazem parte da tua história!Adorei! Desejo pra ti e teus um Feliz Natal e tudo de bom em 2015 ,que possamos estar sempre ,com alegria, saúde, por aqui nos encontrando! abraços, chica

20 de dezembro de 2014 01:05  
Blogger Fá menor disse...

Pois que o seu Natal seja de vivências muito felizes!

Gostei tanto de ler as suas confissões de Natal :)

Grata!

20 de dezembro de 2014 09:28  
Blogger GarçaReal disse...


Belíssimo texto como é hábito

Um Feliz Natal e que o 2015 venha repleto de paz , saúde e muitos sonhos realizados.

Boas Festas

Bjgrande do Lago

20 de dezembro de 2014 11:23  
Blogger MEU DOCE AMOR disse...

Olá:

Sim, gosto muito dessa árvore.
O natal já não é o que era.Não "cheira" a natal.talvez resultado das mudanças no mundo, não?
Mesmo com a família...

Já postei, não uma árvore, mas uma Flor de Luz.

Beijinho doce:)

20 de dezembro de 2014 11:56  
Blogger Magia da Inês disse...

⋯ ✰ ⋯
⋰ ⋮ ⋱

O Natal está chegando... o amor, chamado Jesus, nos pede permissão para entregar toda a paz e felicidade que nos são destinadas.


FELIZ NATAL!
BOAS FESTAS!
°。✿⊱。。

21 de dezembro de 2014 02:29  
Blogger Mariazita disse...

Época de recordações! De boas recordações...
Tens razão, meu amigo, éramos muito felizes!
As coisas mudaram muito. Afinal, tudo muda...
É nosso dever dar continuidade a essa tradições, junto dos filhos e netos, para que não se perca o melhor do Natal.

Desejo
UM NATAL MUITO FELIZ, COM PAZ E ALEGRIA, E MUITO AMOR NO CORAÇÃO.

Beijinhos
Mariazita

21 de dezembro de 2014 03:03  
Blogger Claudinha ੴ disse...

Seu Natal foi e é lindo, porque você guarda consigo o que ficou de melhor. Linda árvore! Espero que seu Natal seja de muita luz. Eu também me recordo da casa de meu avô, mas é uma saudade que as vezes dói, pelos que não estão mais aqui!
Boas Festas"

21 de dezembro de 2014 04:58  
Blogger Cidinha disse...

Olá, amigo. Saudades de seu belo espaço... muita emoção!! Uma bela história amigo. Obrigada por partilhar conosco este momento nos mostrando sua árvore,sua cumplicidade e também felicidade da familia. Que seja sempre renovada nesta data!! Muito amor, saúde e paz á todos. Agradeço todo carinho e partilha! Feliz Natal! Um forte abraço... bjossssss e até mais!!

21 de dezembro de 2014 15:30  
Blogger Arco-Íris de Frida disse...

Natal é isso... recordaçoes em nossos coraçoes... o tempo passa e os que se foram, na verdade permanecem em nos a cada Natal...

Arabe, meu bom e querido amigo... desejo que este Natal seja de muita paz,alegria e bençaos para vc e os seus... e que o ano novo lhe traga saude, paz e prosperidade...

Beijos...

21 de dezembro de 2014 17:10  
Blogger Rô... disse...

oi meu amigo,

a sua árvore está linda,
e o mais lindo é que ela conta a história dos seus Natais,
também tenho muitas lembranças e a cada ano um novo presente em nossa árvore,agora é a vez da Valentina o maior e melhor presente que podia ganhar do papai do céu,
um Natal abençoado e repleto de amor a você e a todos que ama...

beijinhos

22 de dezembro de 2014 02:42  
Anonymous Anônimo disse...

Árabe, não posso discordar do comentário de olhos de mel, o verdadeiro sentido do Natal, realmente não mais existe, as famílias cada vez mais distantes uns dos outros, crianças com suas barriguinhas vazias, tantos com suas mesas fartas, e outros sem nada, absolutamente nada. Data que um pouco me entristece, por não poder mudar as injustiças do mundo. Desculpe o meu desabafo! Meu querido amigo, desejo para você e família, um Natal feliz, com muita paz e muitas alegrias.

Maria Luzia

Para todos que aqui passam, boas Festas, FELIZ NATAL!

22 de dezembro de 2014 05:12  
Blogger Marina Fligueira disse...

Efectivamente, así era mi infancia también; felices muy felices dentro de la poca abundancia.
Ahora, tenemos de todo pero no somos felices, o no lo somos tanto.
Por una razón o por otra, falta aquella unión aquella alegría de entonces.

Pero hoy quiero dejarte mi cálido abrazo, mi gratitud y mi estima siempre.
Felices fiestas desde mi corazón. Que el nuevo año te colme de salud, paz, amor, e inmensa felicidad para ti y toda tu familia..

Besos azules en vuelo.

22 de dezembro de 2014 08:11  
Blogger Ailime disse...

Boa noite meu amigo e bom Árabe, fiquei emocionadíssima ao ler o seu testemunho dos natais felizes da sua infância.
São momentos que nesta época mexem com todos nós desta geração! Os primeiros natais em família, os doces, as comidas, as prendas singelas, as filhoses (no meu caso) feitas à lareira pela avó, a missa do galo, tudo isso nos vem à lembrança!
Depois a vida modifica-se e pelas mais variadas razões há um dia em que como eu também neste momento tenho saudades do natais simples da minha infância.
Apesar da emoção muito obrigada por ter partilhado um pouco de si.
Gostei de saber que seu pai era português:))! E castanhas, então seria do Norte;))!
A sua árvore de Natal está lindíssima e bem decorada!
A música me ajudou a emocionar mais ainda. Boas emoções estas!
Desejo-lhe e a sua Família santo e Feliz Natal com saúde, amor e muita paz!
Beijinhos,
Ailime

22 de dezembro de 2014 13:01  
Blogger Phoenix disse...

Querido Árabe,

Uma boa recuperação da cirurgia antes de mais :)

Tal como tu, para mim o Natal é a época mais importante do ano...(também porque faço anos a 26 de dezembro :)). O Natal é o estar com a família como dizes...o lembrar o outro, uma palavra de carinho...

Um Santo Natal para ti também :)

Phoenix

22 de dezembro de 2014 15:15  
Blogger Smareis disse...

Árabe, muito bonita suas memórias. A árvore de Natal é maravilhosa. Esses Natais quando criança na casa dos avós, na noite da véspera eu também guardo muitas lembranças bonita. Hoje o Natal já não é tão feliz como alguns anos atrás, mesmo assim, a minha família ainda se reuni, na véspera pra chegada do Natal.
Hoje o sentido do Natal está desaparecendo, as famílias não se reuni mais... Natal significa amor, esperança, acho que isso anda um pouco em baixa. O comércio é que esta em alta... As coisas trocaram de posições.
Desejo um Natal Feliz cheio de esperança, e um Novo Ano coroado de realizações.
Abraço!

22 de dezembro de 2014 16:53  
Blogger Nidja Andrade disse...

O texto está muito real. Para mim também é a festa mais bonita. Não poderia deixar de passar aqui para te desejar um Natal de muita saúde, paz, amor e união!...
AbraçO

22 de dezembro de 2014 18:20  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

Amigo Arabe
gostei do seu texto pois era esse o Natal que eu também gostava.
Confesso que não gosto deste Natal de alguns anos, e que perdeu para mim todo o sentido.
Aproveito para agradecer as suas visitas e seus comentários durante o ano de 2014, e desejar um Santo Natal junto de todos os seus.
Muito obrigada!
Beijo
:)

23 de dezembro de 2014 00:33  
Blogger Vanuza Pantaleão disse...

Gostei muito da tua árvore, amigo, e mais ainda, da tua história de vida. Quem tem uma mãezinha de 93 aninhos é um felizardo.
Abençoado seja o teu Natal, amigo Árabe!!!

23 de dezembro de 2014 07:50  
Blogger Isy disse...

Adorei a arvore! Engraçado temos algumas recordações e ideias sobre o natal muito parecidas!

Bjxxx e boas festas

23 de dezembro de 2014 09:47  
Blogger Vera Lúcia disse...


Olá Árabe,

Gostei muito de ler as suas confissões de Natal, pois através delas pude conhecer um pouco mais do seu perfil. Tudo muda. É a roda da vida. Ainda bem que temos felizes lembranças dos natais de outrora, onde havia mais magia.
Linda a árvore, assim como o vídeo e a música.

Renovo a você os meus votos para um delicioso e amoroso Natal, com as bençãos de Jesus-Menino. Que 2015 lhe traga muitas surpresas felizes, saúde e novas esperanças, além de sucesso em seus propósitos.

Alegres festas!

Abraço.

23 de dezembro de 2014 12:36  
Blogger Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

Agradecendo a sua amizade durante o ano, e antecipando já 2015, desejo.lhe Boas Festas e um Santo Natal!

Aquele abraço amigo

23 de dezembro de 2014 12:53  
Blogger Sissym Mascarenhas disse...



Estimado amigo Arabe,

Desejo a voce um Feliz Natal e um ano novo de 2015 muito abençoado.

Bjus

23 de dezembro de 2014 18:37  
Blogger O Árabe disse...

Concordamos, Olhos de Mel, em que a festa tem sido muito mercantilizada. Mas... isso seria motivo para não mantermos vivo o espírito de Natal em nossos corações? :) Feliz Natal, bom resto de semana!

24 de dezembro de 2014 04:29  
Blogger O Árabe disse...

Agradeço a você, Helena, pela presença constante e carinhosa durante este ano. Feliz Natal e que a nossa amizade continue por muitos outros anos! Bom resto de semana.

24 de dezembro de 2014 04:31  
Blogger O Árabe disse...

Como você disse, Chica: recordações tão lindas, que até hoje mantêm vivo em todos nó so amor ao Natal! Feliz Natal, bom resto de semana.

24 de dezembro de 2014 04:33  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Fa. Feliz Natal, minha amiga; bom resto de semana!

24 de dezembro de 2014 04:34  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Garça amiga, e de coração retribuo os teus votos. Feliz Natal, bom resto de semana!

24 de dezembro de 2014 04:35  
Blogger O Árabe disse...

E uma bela flor de luz, Doce Amor! Sou testemunha. :) Feliz Natal, bom resto de semana.

24 de dezembro de 2014 04:36  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Inês! Vamos, sim, abrir o nosso coração para a voz do Universo! Feliz Natal, bom resto de semana.

24 de dezembro de 2014 04:37  
Blogger O Árabe disse...

Também penso assim, Mariazita: por nossos filhos e netos, pela sobrevivência do amor entre a humanidade, precisamos manter vivas essas tradições do Natal. Feliz Natal, bom resto de semana.

24 de dezembro de 2014 04:39  
Blogger O Árabe disse...

Acho que é isso, sim, Claudinha. E creio que você bem sabe: embora a saudade doa, as recordações são tão gostosas! :) Feliz Natal, bom resto de semana.

24 de dezembro de 2014 04:41  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado a você, Cidinha, pela amizade e gentileza constantes. Feliz Natal, bom resto de semana!

24 de dezembro de 2014 04:43  
Blogger O Árabe disse...

Creio que você definiu muito bem, Arco-Íris: os que se foram continuam em nós, a cada Natal. Obrigado por tudo, amiga, e continuemos juntos no ano que vem. Feliz Natal, bom resto de semana!

24 de dezembro de 2014 04:46  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Rô, e parabéns pela Valentina! Que neste e por muitos natais, ela traga muita alegria para todos os seus. Feliz Natal, bom resto de semana.

24 de dezembro de 2014 04:47  
Blogger O Árabe disse...

Concordo com vocês, Maria Luzia. Mas acho que isto faz parte da mescla de emoções que torna o Natal uma festa de alegria, com um matiz de melancolia. Obrigado, amiga! Feliz Natal, bom resto de semana.

24 de dezembro de 2014 04:49  
Blogger O Árabe disse...

Muito bem dito, Marina: agora, que temos muito mais, somos talvez menos felizes. Grato pela amizade constante e gentil; Feliz Natal, bom resto de semana.

24 de dezembro de 2014 04:51  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Ailime! Acho que, no fundo, todos temos saudades dos natais simples e lúdicos da nossa infância. Meu pai nasceu em Aveiro... é norte? Confesso que nem sei; mas, assim que a minha cidadania portuguesa for concedida, irei visitar nosso belo País! :) Feliz Natal, bom resto de semana.

24 de dezembro de 2014 04:54  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Phoenix. E, como você disse, o Natal é, antes de tudo, carinho! Feliz natal, bom resto de semana.

24 de dezembro de 2014 04:55  
Blogger O Árabe disse...

Concordo, Smareis: hoje, talvez o comércio esteja mais em alta que as emoções. Mas isto, acredito, é mais um motivo para que mantenhamos vivo o Natal! Feliz Natal, bom resto de semana.

24 de dezembro de 2014 04:57  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Nidja, e de coração retribuo os seus votos. Feliz Natal, bom resto de semana!

24 de dezembro de 2014 04:58  
Blogger O Árabe disse...

Talvez assim seja, Piedade; mas juntos, podemos recuperar o verdadeiro sentido do Natal! Obrigado pela companhia constante e gentil; Feliz Natal, bom resto de semana.

24 de dezembro de 2014 05:00  
Blogger O Árabe disse...

Sou mesmo, Vanuza; bem o sei. E agradeço a Deus, todos os dias, por ainda a termos conosco! Feliz Natal, minha amiga; bom resto de semana.

24 de dezembro de 2014 05:03  
Blogger O Árabe disse...

Bom saber, Isy. Sinal de que ambos tivemos (e ainda temos!) belos natais. Feliz Natal, bom resto de semana!

24 de dezembro de 2014 05:10  
Blogger O Árabe disse...

Como você disse, Vera: tudo muda. Ainda bem que as lembranças conservam em nós um pouco da felicidade de outrora. Feliz Natal, amiga; grato pela amizade e gentileza de sempre, bom resto de semana!

24 de dezembro de 2014 05:12  
Blogger O Árabe disse...

Grato pelos votos, Daniel: de coração os retribuo, amigo. Feliz Natal! Meu abraço, bom resto de semana.

24 de dezembro de 2014 05:13  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Sissym. Pena que não estou conseguindo comentar no seu blog, amiga; mas aproveito este espaço para lhe desejar, de coração, um Feliz Natal. Bom resto de semana!

24 de dezembro de 2014 05:14  
Blogger São disse...

A árvore é muito original , nunca vira nenhuma assim e acho linda!

O Natal ...Se pudesse , hibernaria durante Dezembro ou iria para um país sem essa tradição.

O seu testemunho é muito tocante e me levou à infância.

Meu querido Amigo, que o seu Natal seja rico do que deseja e que recupere depressa e bem desse problema de saúde é o que lhe desejo de coração.

Fraterno abraço :)

24 de dezembro de 2014 05:52  
Blogger Marli Terezinha Andrucho Boldori disse...

Querido amigo, passei para deseja a você e sua família um feliz e santo Natal.Seu texto me emocionou muito, penso ser a época repleta de muitas emoções. Sabe, eu não consigo há alguns anos preparar minha casa para o Natal, coisas do meu coração.Que Jesus esteja presente em seu coração e que Ele seja realmente o aniversariante. Beijos!

24 de dezembro de 2014 13:24  
Blogger O Árabe disse...

Eu também acho linda, São; remete-me às árvores da minha infância. Obrigado, querida amiga, e o que este Natal lhe traga muita paz e alegria! Feliz Natal, bom resto de semana.

24 de dezembro de 2014 13:51  
Blogger O Árabe disse...

Entendo, Marli; até porque a preparação para o Natal começa pelo coração. Obrigado, amiga; desejo a você e aos seus um Feliz Natal e um bom resto de semana!

24 de dezembro de 2014 13:53  
Blogger Magia da Inês disse...



FELIZ NATAL!!!
✿╯BOAS FESTAS!!!
╰✿╮

25 de dezembro de 2014 08:05  
Blogger Ailime disse...

Boa tarde meu amigo e bom Árabe,
Desejo que o seu Natal tenha sido muito feliz!
Sobre Aveiro nem imagina como é linda a cidade natal de seu Pai. Conheci-a há meia dúzia de anos e foi uma agradável surpresa para mim!
Fica situada no Litoral já na direcção norte, mas considerada região centro do Pais e mais para o interior lá existe a produção de castanheiros que também encontramos mais a norte ainda em regiões frias e de maior altitude.
Portugal é pequenino, mas tem muitas belezas! Logo que possa não deixe de visitar.
Beijinhos,
Ailime

28 de dezembro de 2014 10:12  
Blogger O Árabe disse...

Feliz Ano Novo, Inês; que 2015 traga tudo de bom para você e os seus. Obrigado, boa semana!

30 de dezembro de 2014 16:02  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Ailime, pelas agradáveis informações sobre Aveiro; e grato, principalmente, pela companhia generosa e amável, durante todo o ano que termina. Feliz Ano Novo, amiga!

30 de dezembro de 2014 16:03  
Blogger Bernardete Baronti disse...

Amigo Árabe,
Espero que o seu Natal de 2014 tenha sido um Santo e Feliz Natal.
Seus Natais de infancia em muito se assemelhavam aos meus. Sinto saudades. Meus pais se foram mas ainda me restam uns familiares próximos e ao lado deles passei esse Natal.

2 de janeiro de 2015 15:38  
Blogger O Árabe disse...

Tive um ótimo Natal, sim, Bernardete; melhor com a tua visita, minha amiga. Fico feliz em saber que também o teu Natal transcorreu em paz e em família. Feliz 2015, boa semana!

6 de janeiro de 2015 03:00  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky