O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

ESCOLHAS E DECISÕES




Em todos os dias, deveis tomar decisões e fazer escolhas.
Assim, a vida vos exige. E cada uma dessas decisões e dessas escolhas vos conduzirá por um caminho diferente daquele que teríeis seguido, se outra houvesse sido a vossa atitude.

Tende presente esta verdade, pois muitas serão as vezes em que vos arrependereis de decisões tomadas e desejareis voltar ao passado, para mudar uma escolha que fizestes

Todavia, as decisões que tomastes vos levaram ao ponto em que vos encontrais; foram elas as responsáveis por tudo que vivestes e aprendestes ao longo do caminho.
Não vos deveis arrepender, portanto, das decisões que tomastes; nem desejar que outras tivessem sido as vossas escolhas, em ocasiões que já pertencem ao vosso passado.

Se assim houvesse sucedido, outros teriam sido os vossos caminhos e hoje não seríeis o que sois. O homem é fruto das suas atitudes, e delas depende o seu aprendizado.
Mesmo aquele que se vos afigura o menor dos passos, pode lançar-vos em um novo caminho; que, por sua vez, vos conduzirá a um destino diferente do que julgáveis traçado.

Não vos é dado saber se hoje seríeis mais felizes ou mais sofredores, se outras fossem as vossas decisões do passado; entretanto, é certo que não seríeis as mesmas pessoas.
Porque outros teriam sido os vossos caminhos; outras as vossas experiências e alegrias, outros os vossos sofrimentos. E não seria o mesmo o aprendizado que adquiristes.

Em verdade, cada um valoriza mais aquilo que lhe falta. Assim, aquele que hoje é abastado pode arrepender-se de não ter optado pelo amor, quando a ocasião surgiu em sua vida.
E, todavia, o mesmo homem que pelo amor desprezou a riqueza, pode hoje censurar-se amargamente por ter feito essa escolha, diante das privações que atravessa nos seus dias.

A insatisfação faz parte de vós e nunca estais satisfeitos com aquilo que tendes; só depois que os vossos bens vos escorreram por entre os dedos, é que percebeis o seu valor
.
E o homem que hoje, flagelado pela sede, amaldiçoa a sua decisão insensata, é aquele que ontem abandonou o seu cantil, atraído pela miragem intensa e sedutora do deserto.

Meditai, portanto, antes de vossas decisões. Delas não vos deveis arrepender; mesmo porque não podeis voltar no tempo. É em frente, que segue a estrada do aprendizado.
Que vos leva ao Conhecimento.

Música:

30 Comentários:

Blogger ✿ chica disse...

Mais uma mensagem recheada de sabedoria. É pra frente que vamos e por isso, escolhamos bem os caminhos e atalhos...

Um abração, tudo de bom, linda semana! chica

3 de janeiro de 2015 01:20  
Blogger Fá menor disse...

Boa meditação. Assim é, de facto.

Obrigada por mais esta partilha cheia de sabedoria.

Bom Ano!

:)

3 de janeiro de 2015 10:49  
Blogger Olhos de mel disse...

Querido Árabe; complicado vir aqui esses dias, por completa falta de tempo.
Muitas vezes as decisões não dependem das nossas escolhas, mas são decisões que precisaríamos tomar. Creio que cada um traz uma missão nessa vida, ainda que não se queira.
Belas reflexões!
Feliz Ano Novo!
Tenha uma semana de alegrias e saúde!
Beijos

4 de janeiro de 2015 16:56  
Blogger Rô... disse...

oi meu amigo,

costumo pensar muito antes de decidir qualquer coisa,
por isso mesmo me arrependo muito pouco,
escolho meus caminhos com cuidado,mas claro que muitas vezes erro,
e sigo assim,aprendendo...

beijinhos

5 de janeiro de 2015 02:45  
Blogger Olhos de mel disse...

A verdade, Árabe, é que ninguém nesse mundo, quando toma uma decisão, pode afirmar que sairá tudo 100%. Até porque o resultado não depende das nossas escolhas. Mas, de uma série de fatores, inclusive dos demais e das circunstâncias. Mas, pode-se dizer que foi a que fizemos, na tentativa de acertar. E na ocasião, por algum motivo, nos pareceu a melhor. Porém, estava escrito que seria assim. Apenas fizemos cumprir.
Nessas escolhas e em nosso caminhar, tudo é aprendizado. Os erros e os acertos, nos trazem lições que aprendemos, ou não. Evoluímos, ou involuímos espiritualmente.
Boa semana! Beijos

5 de janeiro de 2015 07:46  
Blogger Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

Grato pelas sempre sábias palavras, e entretanto, um bom dia de reis, e claro, um belíssimo 2015 :)

6 de janeiro de 2015 10:00  
Blogger São disse...

Decisões são sempre nossas e temos que ter em conta as consequ~encias que (nos) acarretam...

Amigo e Swami, bom Dia de Reis e feliz 2015 :)

6 de janeiro de 2015 11:34  
Blogger Marli Terezinha Andrucho Boldori disse...

Querido amigo,Árabe, parece que nasceu nas Arábias diria o meu avô. Seu texto recheado de sabedoria, mas uma sabedoria que necessita ser entendida, guardada, mas também repassada. Todos temos algo a realizar nesta vida, por isso, devemos nos sentir bem ao decidirmos nossos caminhos,pois com certeza dará no caminho do nosso irmão. Convido-o como escritor que é, para fazer uma visita ao meu blog,pois escrevi um texto em homenagem a um amigo escritor e sua presença será bem vinda. Obrigada! Abraço!

6 de janeiro de 2015 13:59  
Blogger Vera Lúcia disse...



Bem verdade, amigo Árabe.
Uma escolha anula outra e uma vez feita cabe aceitar as respectivas consequências, procurando extrair o melhor dos ensinamentos que trouxer. Não se pode voltar atrás, portanto, é perda de tempo lamentar ou ficar imaginando como seria se outra tivesse sido a decisão. Seguir em frente, com os novos aprendizados, ajudará em escolhas mais pensadas e sábias para o futuro.

Música perfeita para o tema.

Abraço.

6 de janeiro de 2015 17:01  
Blogger Ailime disse...

Olá meu amigo e bom Árabe, bem interessante este tema que aqui medita de forma superior!
Já tenho pensado muito sobre este assunto e o porquê das minhas escolhas, porque poderiam ter sido outras. E chego à conclusão que se foi este o caminho é porque Deus me quis mostrar que é Ele quem me dirige e não eu. Eu acredito nisso! Então só posso estar-lhe grata, porque com mais ou menos dificuldades vou continuando! Ele tem-me proporcionado um imenso aprendizado, o qual só terminará no final da viagem!
Desejo-lhe continuação de boa semana.
Beijinhos,
Ailime

7 de janeiro de 2015 09:46  
Anonymous Anônimo disse...

É Árabe, desde muito cedo tenho o hábito de pensar e repensar antes de decidir alguma coisa na minha vida, até porque uma má escolhas é chato, muito chato e muitas vezes perdemos tantas oportunidades boas na vida, por não seguir nossa intuição, o nosso coração.
Amei o texto, tudo muito lindo viu! Para você um ótimo resto de semana e fique com Deus! Obrigada!

Maria Luzia

7 de janeiro de 2015 16:20  
Blogger Luma Rosa disse...

Oi, Árabe!
Seria tão bom que soubéssemos desde cedo o peso das nossas decisões... Eu teria feito algumas coisas diferentes, apesar de que não me arrependo. Somos a soma de tudo o que vivemos com erros e acertos e diante disso, não há o que retroceder!
:)
Boa semana!!
Beijus,

7 de janeiro de 2015 19:14  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Chica! E, se há algo que aprendi com a idade, é que os atalhos costumam ser os caminhos mais perigosos. :) Bom resto de semana!

8 de janeiro de 2015 04:57  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado a você, Fa, pela amizade e gentileza constantes! Bom resto de semana, amiga.

8 de janeiro de 2015 04:58  
Blogger O Árabe disse...

Entendo, Olhos de Mel. Começos e fins de anos costumam ser mesmo muito corridos! E concordo com a ideia das missões: cada jornada traz um aprendizado. Bom resto de semana.

8 de janeiro de 2015 05:00  
Blogger O Árabe disse...

Verdade, Rô: sempre cometemos erros, por mais que meditemos nas escolhas. Mas faz parte! :) Bom resto de semana.

8 de janeiro de 2015 05:01  
Blogger O Árabe disse...

Mais uma vez concordamos, Olhos de Mel: sempre fazemos a escolha que na ocasião nos parece a melhor... e nem sempre o é. :) Bom resto de semana!

8 de janeiro de 2015 05:04  
Blogger O Árabe disse...

Grato, amigo Daniel; a você também, grande escritor! meu abraço, bom resto de semana.

8 de janeiro de 2015 05:05  
Blogger O Árabe disse...

Acho que esse, São, talvez seja o principal aprendizado: temos que aceitar as consequências de nossas escolhas. Obrigado, amiga; a você também, boa semana.

8 de janeiro de 2015 05:06  
Blogger O Árabe disse...

Já tive o prazer, Marli, de conferir a sua bela homenagem ao Odilon. Grato pelo convite, bom resto de semana.

8 de janeiro de 2015 05:07  
Blogger O Árabe disse...

Essa é a ideia, Vera: não adianta chorar sobre o leite derramado; o ideal é não deixá-lo ferver tanto, da próxima vez! :) Obrigado, amiga; bom resto de semana.

8 de janeiro de 2015 05:09  
Blogger O Árabe disse...

Inteiramente de acordo, Ailime: é preciso prosseguir no aprendizado, e para isso temos que aproveitar bem as escolhas que nos oferece a jornada! Obrigado, bom resto de semana.

8 de janeiro de 2015 05:12  
Blogger O Árabe disse...

Bem colocado, Maria Luzia: na maior parte das escolhas, o melhor guia é a nossa intuição. Obrigado pela gentileza, amiga; bom resto de semana!

8 de janeiro de 2015 05:13  
Blogger O Árabe disse...

Como você disse, Luma: entre erros e acertos, somos a soma do que vivemos; e não há como retroceder. Bom resto de semana!

8 de janeiro de 2015 05:15  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

mais um dos seus sábios conselhos, mas decisões são por vezes tão difíceis de tomar.

um abraço e um

beijo

:)

9 de janeiro de 2015 05:46  
Blogger Arco-Íris de Frida disse...

Nem sempre podemos escolher... as vezes... a vida escolhe por nos...

Beijos, Arabe...

9 de janeiro de 2015 09:53  
Blogger O Árabe disse...

São, Piedade. E mais difícil ainda, às vezes, é lidarmos com as suas consequências. Obrigado, bom fim de semana.

9 de janeiro de 2015 17:16  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Arco-Íris. Mas é mais fácil lidar com as decisões da vida, do que com as nossas próprias decisões. Bom fim de semana, amiga!

9 de janeiro de 2015 17:18  
Blogger Marina Fligueira disse...

Un precioso texto de aprendizaje sobre que camino tomar el cual juega un un papel importante la decisión en el momento oportuno.

Aunque por otra parte, también está el destino marcando su ruta.

Un abrazo.

13 de janeiro de 2015 12:37  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Marina! As decisões são importantes, embora o destino também interfira em nossa rota. Obrigado, amiga; bom fim de semana.

16 de janeiro de 2015 04:35  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky