O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 24 de julho de 2009

A JORNADA E OS PRECONCEITOS

Afastai de vós os preconceitos.

Pois a ninguém é dado julgar os seus irmãos. E o sábio não emite opiniões sobre as coisas que desconhece.

Abençoai as diferenças entre vós, que formam o mundo tal como o conheceis; como o colorido das plantas cria a beleza do jardim.

Sobre todas elas, o Universo derrama o calor do sol e o refrigério da chuva; não há distinções entre os filhos de Sua essência. E, se assim é, nenhum direito vos assiste de julgar-vos superiores àqueles que o Infinito colocou em vossa estrada.

Juntos, formais a caravana. E ao viajante cabe o dever de estender a mão, para aquele que ao seu lado caminha; é repartindo o pão e a água, que juntos chegareis ao fim da jornada.

Pois, enquanto o pranto de um único homem correr sobre a terra, nem o riso de todos os outros será suficiente para alegrar o coração do Universo. E, como não repousa o pai diligente até que o último filho à casa retorne, não descansará o Infinito, até que reunidos estejam todos os Seus filhos.

Buscai, portanto a união. E, para que possais atingi-la, sabei que, como as terras da vossa propriedade, os vossos direitos terminam onde começam os do vizinho.

Respeitai os direitos dos outros; como respeitais as vossas fronteiras. Pois o homem que não respeita os direitos alheios, não pode esperar que sejam os seus respeitados.

E não vos limiteis a defender os vossos próprios direitos; o abuso que hoje vitima o vosso irmão, amanhã poderá bater à vossa porta. Se juntos estiverdes, com mais forças resistireis.

É no conhecimento, que encontrareis a Paz.

Porque com ele viaja a aceitação. E necessitais aceitar as pessoas como verdadeiramente são; só assim vencereis os vossos preconceitos e afastareis a inquietude, que a todos os momentos ronda o vosso verdadeiro Eu.

Juntos, caminhais. E de vós dependerá o tempo da jornada. Buscai, pois, o calor do entendimento; para que em vossos corações não mais exista o gelo da desconfiança.

E possa florir a primavera da compreensão.


UPGRADE, EM 29/07/2009: Da Keila, recebemos este belo selinho que orna o nosso oásis e peço licença para oferecer a cada um de vocês, que nos alegram com as suas presenças. Obrigado, amiga, de coração. Pelo presente e pela amizade!

62 Comentários:

Anonymous  disse...

Brilhante texto Árabe! A diferença entre os seres, não está na cor, nem na cultura, nem religião, etc... porque no fundo todos se tocam. Mas advém do crescimento espiritual e quem realmente evolui nesse lado, jamais verá diferença. Porque aos olhos do Pai, somos todos irmãos. Não há convivência sem compreensão, tolerância e respeito. E o mundo a cada dia, esquece mais isso.
Bom fim de semana! Beijos

24 de julho de 2009 20:56  
Blogger Whispers disse...

Querido Árabe!

Não se julga o livro pela capa.
Não se deve julgar ninguém pela cor e raça.
Todos temos a mesma cor de sangue e somos feitos da mesma fibra.

Como sempre,teus posts São MARAVILHOSO.
Desejo que tenhas um bom fim de semana
Mil beijos
Rachel

24 de julho de 2009 22:07  
Blogger mundo azul disse...

____________________________________


...união essencial para a feliz convivência entre nós, mortais!


Como sempre, bebo dessa fonte de belas mensagens!

Beijos de luz e o meu carinho, querido amigo...

________________________________

25 de julho de 2009 04:38  
Blogger @philipsouza disse...

Isso é um tema polemico ne....pre con ceito....eu um conteito nao certo da pessoa sem antes conhece la....isso nao pode julgar...como nao so com pessoas mas com objetos sem antes nem o conhece e o para que serve...

Sobre seu comentario no entrando....muita coisa ainda vai acontecer nesse mundo que so complica as coisas...nada é igual como ja sempre foi...esperar para ver ne...???ou agora agir??bom, melhoras acontecem...mas sera que estão pegando todos???
esperar ne...

Vlw mesmo por sempre está Entrando Numa Fria...

25 de julho de 2009 07:05  
Blogger Barbara disse...

Você é mensageiro, com certeza.
No final, fala de compreensão - a capacidade de se colocar no lugar do outro.
Correto sim.
Sem tal capacidade, os outros também conferem pré conceitos sobre qualquer um de nós.
És grande mensageiro e como tal, que o Arcanjo Gabriel-mensageiro divino- te inspire sempre.

25 de julho de 2009 15:59  
Blogger GarçaReal disse...

É verdade o que tão bem expressas.

No entanto o ser humana tem uma tendência para a negatividade.Jamais se busca o positivo de uma pessoa ou de uma situação ,mas sim o falso e o negativo.
Quando a união acontece e é verdadeira, então sim poderá haver um caminhar claro e aconchegante.

Belo texto

Bjgrande do lago e um bom domingo

25 de julho de 2009 17:46  
Blogger FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDO ÁRABE, COMO SEMPRE BELÍSSIMO TEXTO... TEMA MUITO BEM ESCOLHIDO... SIMPLESMENTE ADOREI!!!
ABRAÇOS DE AMIADE,
FERNANDINHA

26 de julho de 2009 02:58  
Blogger SILÊNCIO CULPADO disse...

Árabe

Nada é mais retrógrado nem desumano que o preconceito. O preconceito pune e discrimina baseado no pressuposto que alguém é dono da verdade e que o caminho para a elevação é linear e universal.
Quantas vezes o ser humano despreza outros seres humanos que revelam qualidades de altruísmo e dedicação que quem julga não possui!...
E quem nos confere o direito de formular juízos de valor?

Abraço

26 de julho de 2009 14:09  
Blogger Jaqueline Sales disse...

Pelo seu trabalho blogueiro em benefício de uma net de amigos, tem selinho pra você lá nos Uivos da Loba, amigo Árabe. http://osuivosdaloba.blogs.sapo.pt . Ficarei feliz se passar nos Uivos e pegar o seu, amigo.

BeijUuvooooooooooossssssssss da Loba

26 de julho de 2009 18:29  
Anonymous DO disse...

Uma das coisas que mais me chocam atualmente é o preconceito,Arabe.Pleno século XXI e somos obrigados a presenciar isto.

Abraços e uma linda semana!

27 de julho de 2009 07:39  
Anonymous De... disse...

Como seres humanos, todos somos semelhantes internamente: órgãos, sangue, doenças.
O que nos cura ou mata, é exatamente igual.
E o fim nos iguala, não importa a cor, o credo ou as posses.
E em nossa alma também possuímos sentimentos semelhantes: tristeza, alegria, amor, ódio...

Somente quando respeitarmos todas as diferenças e lembrarmos que o sofrimento nos irmana, poderemos nos abrir com amor, e compreender, que perante o Universo, somos todos iguais.

Árabe...
Brilhante o seu texto, em cada frase, em cada exemplo.
Sempre uma lição sobre o Caminho!

Abraços...

27 de julho de 2009 08:49  
Blogger Tina disse...

Oi Árabe!

A união é essencial. Seus textos sempre impecáveis e tocantes.

Grande beijo meu amigo, boa semana!

27 de julho de 2009 10:14  
Blogger . fina flor . disse...

todas as pessoas deviam ler esse texto, querido.

detesto quem julga e nunca emito opinião sobre o que desconheço.

beijos e boa semana,

MM.

>>> tô com novo brinquedinho, se quiser, desce pro play e vem: www.twitter.com/monicamontone

27 de julho de 2009 11:18  
Anonymous Luisa Paula disse...

Essa "compreensão" posta em prática é tão dificil Árabe...
Não gosto de julgar ninguém mas também não "engulo" injustiças.
Enfrentar o perigo parece fazer parte de mim. Ir ao fundo do abstractismo humano permite-me descobrir a realidade que existe na nossa sociedade.
Entendo e amo essa mensagem mas não é facil um "amor" assim
Beijinho

28 de julho de 2009 14:47  
Blogger Mau Feitio disse...

como se encaixam bem estas palavras no dia de hoje! :D
obrigado!
muito obrigado!

28 de julho de 2009 15:24  
Blogger Claudinha ੴ disse...

Olá Árabe, que bela lição sobre a necessidade da confiança! Infelizmente, no mundo de hoje, todos somos desconfiados. E isto por culpa dos próprios atos. Conviver não é tarefa fácil, há que existir o amor, seja de amigo, de amante, de filho.
Um beijo!

28 de julho de 2009 17:44  
Blogger Barbara disse...

Voltei para sorver um pouco mais, para serenizar.
Obrigada.

28 de julho de 2009 21:45  
Blogger moonlight song disse...

Oi Amigo Árabe:)
Que Texto Lindo...
as palavras ecoam na minha essência.

Obrigada pelas tuas palavras que sempre me fazem bem e espero que para ti também seja saborosa esta partilha.

Fica na Paz.

Bjs.

29 de julho de 2009 05:48  
Anonymous Perla disse...

Obrigada por estas palavras!

Nunca é demais lembrar...
ou é sempre bom não esquecer...

Bom resto de semana
Bjs

29 de julho de 2009 09:54  
Anonymous tibeu disse...

OLÁ
Fiquei com pena de não conseguir ver o meu blog, não o motivo, pois que ninguem se queixou. Vim deixar o meu bj de amizade e dizer que adoro todos os posts- bj

29 de julho de 2009 09:56  
Blogger Márcia(clarinha) disse...

Caminhemos juntos de mãos dadas à esperança de dias melhores.

lindo dia poeta
beijos

29 de julho de 2009 14:02  
Blogger Sol do Deserto disse...

Caríssimo,

Infelizmente, o preconceito existe nos Quatro Cantos deste Mundo e esse tem causado grande dor e sofrimento entre os povos de todas as Nações, especialmente vitimando os povos do Oriente Médio.
O "querer ser" mais que o seu próximo, "o querer" o que não lhes pertence...
Deus criou o Mundo para que todos os Seus filhos pudessem caminhar juntos, usufruindo de todo esplendor, com respeito e consideração.
Realmente, a PAZ somente virá a todos quando houver o conhecimento,o entendimento que tem que haver compreensão e aceitação, eliminadas as diferenças que causam as inquietudes que levam às guerras.

29 de julho de 2009 20:02  
Blogger Eu sei que vou te amar disse...

Um tema profundo, porque nos envolve de uma luz que nos deixa mais leve para aceitar o proximo, sem julgamentos! O importante é viver com uniao, a estrada da vida torna-se mais bela!
Um beijo doce

30 de julho de 2009 04:11  
Blogger Pensador disse...

Quisera pudesse ver um mundo sem preconceitos e sem julgamentos, onde cada um pudesse ser livre para simplesmente ser feliz.

30 de julho de 2009 06:35  
Blogger VANUZA PANTALEÃO disse...

Um ensinamento que muitos ainda relutam em aprender, meu caro amigo. As pessoas se entricheiram nas barricadas dos seus vis preconceitos e de lá nos atiram dardos venenosos. É doloroso constatar essa realidade.
Admirável post!
Minhas tarefas na vida real me consomem, peço-lhe um pouco de paciência quanto ao novo post.
Obrigada pela visita e um belo final de semana!!!Bjsss

30 de julho de 2009 09:37  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Lu. E vc tem razão: a cada dia, mais o mundo necessita abandonar os preconceitos. Bom fim de semana!

30 de julho de 2009 11:42  
Blogger O Árabe disse...

Assim é Rachel. E grato pela gentil opinião sobre os nossos posts. :) Bom fim de semana.

30 de julho de 2009 11:43  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Zélia, pela gentileza e amizade. Boa semana!

30 de julho de 2009 11:43  
Blogger O Árabe disse...

É isto, Philip: pecisamos esperar, sim... e fazer algo, para mudar as coisas. :) Abraço, bom fim de semana.

30 de julho de 2009 11:44  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Barbara. Que o Infinito nos inspire, sim, para que possamos construir um mundo melhor. :) Bom fim de semana.

30 de julho de 2009 11:45  
Blogger O Árabe disse...

Verdade, Garça. E o mundo será diferente, quando aprendermos a buscar o positivo. :) Bom fim de semana!

30 de julho de 2009 11:46  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Fernanda. Bom fim de semana, amiga.

30 de julho de 2009 11:47  
Blogger O Árabe disse...

Bela pergunta, Lídia! Quem nos concede o direito de prejulgar os nossos irmãos? Bom fim de semana, fica bem!

30 de julho de 2009 11:48  
Blogger O Árabe disse...

Keila, amiga, obrigado. Viu como ficou bonito o selinho, em nosso oásis? :) Bom fim de semana!

30 de julho de 2009 11:49  
Blogger O Árabe disse...

Choca, DO... e pior ainda, para quem por ele é atingido. :( Meu abraço, bom fim de semana.

30 de julho de 2009 11:50  
Blogger O Árabe disse...

Brilhante o comentário, De. Obrigado, bom fim de semana!

30 de julho de 2009 11:51  
Blogger O Árabe disse...

Tina, amiga, obrigado. Bom fim de semana! :)

30 de julho de 2009 11:51  
Blogger O Árabe disse...

Sábio comportamento, Mônica. :) Um sucesso cada vez maior, boa semana!

30 de julho de 2009 11:52  
Blogger O Árabe disse...

É difícil, sim, Luísa... mas compensadora, pela paz que nos traz. :) Bom fim de semana!

30 de julho de 2009 11:53  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado a você, amiga, pelo gentil feitio das suas palavras. :) Bom fim de semana!

30 de julho de 2009 11:54  
Blogger O Árabe disse...

Certíssimo, Claudinha: só o amor pode tornar mais fácil a convivência. :) Bom fim de semana!

30 de julho de 2009 11:55  
Blogger O Árabe disse...

Sirva-se, Bárbara. A sua presença é sempre bem-vinda! :)

30 de julho de 2009 11:56  
Blogger O Árabe disse...

Com certeza, Moonlight Song; nada existe de mais saboroso, que a companhia dos amigos! :) Bom fim de semana.

30 de julho de 2009 11:57  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Perla: certas coisas, precisamos lembrar sempre. :) Bom fim de semana!

30 de julho de 2009 11:58  
Blogger O Árabe disse...

Mas vou continuar tentando, Tibeu. Gosto dos seus posts! :) Bom fim de semana.

30 de julho de 2009 11:58  
Blogger O Árabe disse...

Só assim os atingiremos, Clarinha; mas atingiremos, com certeza! :) Bom fim de semana, amiga.

30 de julho de 2009 11:59  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Sol do Deserto: a compreensão é necessária, para que aceitemos as diferenças. Bom fim de semana!

30 de julho de 2009 12:00  
Blogger O Árabe disse...

Correto, minha romântica amiga: com união, mais bela (e serena) se torna a estrada da vida. :) Bom fim de semana!

30 de julho de 2009 12:01  
Blogger O Árabe disse...

Um dia, Pensador, o veremos. Ainda que outras sejam as nossas vestes... :) Bom fim de semana!

30 de julho de 2009 12:02  
Blogger O Árabe disse...

Bom comentário, Vanuza: esta é a realidade. Bom fim de semana!

30 de julho de 2009 12:03  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

achei o texto muito bem elaborado.

os temas deixam-me sempre a pensar.

obrigada pela partilha.

um beij

30 de julho de 2009 12:27  
Blogger Phaty disse...

Meu querido amigo,
Infelizmente o preconceito existe.
Hoje podemos ensinar aos nossos filhos que todos os seres humanos merecem o mesmo respeito e que todos somos iguais.
Mas o preconceito existe e ainda está muito forte.
Quem sabe um dia poderemos conviver uns com os outros sem notar a diferença da cor, ou a doutrina religiosa ou raça.
"Liberté, Egalité, Fraternité"
Palavras importantíssimas, mas esquecidas.
Beijos

30 de julho de 2009 14:52  
Blogger Arabica disse...

Amigo Árabe,

não é meu hábito, comentar os amigos que visito, deixando pensamentos de outros, mas porque ao ler-te, foi ímpossivel não relembrar o que hoje à tarde, li, aqui deixo:

"Nos proximos anos, saberemos construir entre os homens, para além de todas as fronteiras, uma solidariedade de um novo tipo -universal, complexa, subtil, reflectida, adulta?Independentemente das religiões sem ser de modo nenhum anti religiosa ou insensível as necessiadades metafisicas do homem, que são tão reais como as necessidades fisicas?Uma solidariedade que possa transcender as nasções, as comunidades e as etnias sem abolir a profusão das culturas?Que possa unir os homens face aos perigos que os espreitam sem se comprazer num discurso de apocalipse? (Amin Maalouf)

Julgo que o teu texto, magnifico em toda a sua tradução, pode ser considerado como uma resposta afirmativa, e mais que isso, uma inspiração à mudança.

Um grande abraço.

30 de julho de 2009 15:04  
Blogger @philipsouza disse...

passando aqui para conferir as novas....

abraçao

30 de julho de 2009 16:03  
Blogger Luma disse...

Tenho por mim que ao preconceituoso falta clareza de idéias, afinal, do avesso, todos somos iguais. Não é cor ou ideologia que faz o homem inferior ou superior porque ao final, todos morrem iguais! Ao menos não sendo preconceituoso, morre com mais dignidade! Bom fim de semana! Beijus

30 de julho de 2009 17:16  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Piedade. Continuemos a pensar, então. :) Bom fim de semana!

31 de julho de 2009 06:50  
Blogger O Árabe disse...

Infelizmente esquecidas, sim, Phaty. Mas continuaremos a lembrá-las! :) Bom fim de semana.

31 de julho de 2009 06:51  
Blogger O Árabe disse...

Belo comentário, Arábica; obrigado! :) Bom fim de semana.

31 de julho de 2009 06:51  
Blogger O Árabe disse...

Sempre uma alegria a sua visita, Philip; apareça quando quiser, amigo!

31 de julho de 2009 06:52  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Luma; bem comentado e obrigado pela visita, amiga. BOm fim de semana!

31 de julho de 2009 06:53  
Blogger Vieira Calado disse...

Sempre refrescantes, os seus textos.
Obrigado pelo selo.

Bom fim de semana.

Um abraço.

31 de julho de 2009 18:18  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, amigo Vieira. Meu abraço, boa semana!

5 de agosto de 2009 19:22  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky