O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 6 de maio de 2016

O TEMPO E O INVERNO



Julgais, acaso, que o tempo não passará para vós?
Assim muitas vezes parece, diante das vossas ações. Deveis ter presente, entretanto, que o tempo não detém a sua marcha; e as situações se modificam, conforme o seu transcurso.

Não sois eternos; ninguém o é. Um dia, o vigor deixará os vossos corpos; e nada vos restará senão as lembranças do que éreis capazes de fazer, enquanto a idade não vos tolhia os gestos.
É assim que é. E, se esta verdade assimilardes, decerto vos tornareis mais pacientes com os idosos que encontrardes em vossos caminhos. Porque eles são hoje o que sereis amanhã.

Vede, em cada idoso, o vosso futuro. E buscai tratá-lo como gostareis que vos tratem, quando chegar a vossa vez e já não fordes capazes de prover às vossas próprias necessidades.
Porque está escrito que a cada um será dado conforme as suas obras. E aquele que não trata com respeito os idosos não pode esperar outra coisa, quando idoso algum dia estiver.

Lembrai-vos de que a colheita não é mais do que o fruto da semeadura; e semeai hoje, entre os jovens que vos cercam, o respeito aos idosos, se quereis que vos respeitem no amanhã.
Porque a cigarra, que não planta nem armazena, é a primeira é morrer de fome e frio, quando chega o inverno. E não podeis duvidar de que, para cada um de vós, o inverno chegará um dia.

E aquele que não ensinar aos seus filhos as artes de caçar e semear, por certo não irá sobreviver, quando lhe faltarem as forças para dobrar o arco, arar a terra ou manejar a enxada.
É pelo exemplo, que o homem aprende; muito mais do que através da palavra. E os filhos que não vos vejam acender a lareira, ou agasalhar os vossos pais, não lembrarão de o fazer por vós.

Assentai-vos, portanto, junto aos idosos. Ouvi as suas histórias e respeitai as suas lembranças. Porque chegará um tempo em que também vivereis entre o presente e as lembranças.
Tende presente que, enquanto sonhais com o futuro, eles encontram consolo no passado. Lembrai-vos de que acalentais esperanças, enquanto a eles restam memórias e desenganos.

Os jovens olham para o amanhã, e os idosos fitam no ontem os olhos cansados. Quanto mais se aproxima o fim da estrada, mais presentes se tornam as recordações da jornada.
Sábio é o homem que armazena o que lhe sobra, para vencer o inverno que virá.  Oferecei a jovens e idosos o vosso amor e a vossa assistência, e nada tereis a recear do amanhã.

Quando os idosos sereis vós.  

Música: 
Para minha querida mãezinha, do alto de seus 94 anos bem vividos. 
FELIZ DIA DAS MÃES! 

30 Comentários:

Blogger ✿ chica disse...

É mesmo um trabalho de formiguinhas...Trabalhar, semear, dar exemplos e quando o grande inverno cair, poder pelo menos ser bem lembrados... Lindo texto! abração,chica e ótima semana( Aqui ótimas notícias: acabaram as quimioterapias do Kiko e vamos que vamos!!!)

7 de maio de 2016 02:20  
Blogger Andre Mansim disse...

Mais um belo e inteligente texto meu amigo!!!
Os textos que leio aqui sempre tem algo que toca a gente, e que nos faz pensar e aprender um pouco.

Muito bom!!!

Tenha uma ótima semana!!!!

7 de maio de 2016 12:29  
Blogger ॐ Shirley ॐ disse...

Aqui encontramos sempre, sábias e proveitosas palavras.
Muita Paz e muita Luz!
O Árabe, beijos!

7 de maio de 2016 17:57  
Blogger CÉU disse...

É verdade, querido amigo... Flávio.

Há quem encare a velhice com naturalidade e sabedoria, mas há pessoas k não conseguem ainda perceber que é uma fase etária, como qualquer outra.

FELIZ DIA DA MÃE, QUER ELA ESTEJA NA TERRA OU NO PARAÍSO.

Um beijo para ambos e pra sua netinha, tb.

8 de maio de 2016 07:03  
Blogger Fá menor disse...

Sejamos, pois, exemplo.

Boa semana, amigo.

Abraços.

8 de maio de 2016 10:33  
Blogger Marina Fligueira disse...

¡Hola, Árabe!!!

Nos dejas una lección de vida en este precioso texto. Claro que envejecemos más pronto de lo pensamos. La vida se pasa en un suspiro.

Gracias por compartir reales pensamientos.
Te dejo mi inmensa estima y, un abrazo.

Feliz semana.

8 de maio de 2016 13:03  
Blogger mixtu disse...

o inverno chegará...
e a cigarra entrará na casa da formiga e a troco de cantar algo para os filhotes da formiga, receberá umas migalhas...

9 de maio de 2016 06:50  
Blogger Silenciosamente ouvindo... disse...

Pois é meu amigo, o meu rosto já diz bem que o Inverno chegou.

Como estou muito magra, nota-se mais as muitas rugas que a vida

me foi deixando...

Gostei muito do seu texto.

Abraço, amigo.

Irene Alves

9 de maio de 2016 08:16  
Blogger São disse...

Meu amigo, agradeço-te mais um belo texto.

Quanto à velhice como diz alguém que eu conheço, o melhor que tem é ter lá chegado...

Abraço carinhoso e feliz semana

9 de maio de 2016 12:52  
Blogger Olhos de mel disse...

Assim é Árabe! Se os jovens lembrassem, que amanhã estarão idosos, não fariam muita coisa.
Lindo post! Um abraço em sua mãe. Que Deus abençoe!
Bela musica e a imagem, diz tudo!
Excelente semana! Beijos

9 de maio de 2016 19:18  
Blogger rosa-branca disse...

Olá amigo, lindo o seu texto e se muita gente pensasse, que um dia também vai lá chegar, não fariam nem a quarta parte do que fazem aos pais. Embora atrasada um beijinho à sua mãe, que eu nunca soube o que foi tal. Beijos com carinho

10 de maio de 2016 14:02  
Blogger Maria Luzia Araujo disse...

É meu bom amigo, muito triste ver tantos idosos, muitas vezes tão sofridos, abandonados até mesmo pela própria família. Falo assim porque vejo idosos andando sozinhos na rua, atravessando pistas perigosas, quando vejo, ajudo com todo o carinho que me é possível. Confesso a você que, por mais que eu não queira, ando um pouco assustada com as coisas do mundo. Texto lindo! Tenha uma semana com paz e saúde. Obrigada e um grande abraço!

10 de maio de 2016 19:28  
Blogger Ailime disse...

Meu amigo e bom Árabe,
Adorei o seu texto repleto de ensinamentos que tanto me dizem sobre estes seres maravilhosos que são os idosos.
No meu caso pessoal desde criança que sempre tive muito respeito e carinho por eles e bastante convivência. Morando próxima de muitos me encantavam com as suas histórias e sabedoria. Tive também uns avós extraordinários com quem meus filhos ainda tiveram a graça de conviver durante muitos anos. Neles me revejo e a idade vai avançando e não tarda serei um deles.
Ainda hoje estou ligada a eles por voluntariado e muito tenho aprendido nomeadamente a aceitar a idade e as limitações que um dia destes me poderão atingir.
Muito obrigada por ter trazido este tema como sensibilização num tempo em que muitos dos nossos idosos são abandonados e desprezados.
Espero que tenha passado um Feliz Dia Das Mães junto de sua Mãezinha.
Beijinhos e continuação de boa semana.
Ailime
(A musica e a imagem lindas muito de acordo com o tema).

11 de maio de 2016 13:27  
Blogger Arco-Íris de Frida disse...

Estou atrasada com o dia das maes...mas para mim todos os dias sao das maes...pois para elas todos os dias sao dias dos filhos...mas o que vc escreveu para sua mae, eh de uma ternura imensa...e eh isso o que importa...amar todos os dias, se dedicar, ser presente na vida de quem amamos...

Arabe meu amigo... muita luz e paz...

Beijos...

11 de maio de 2016 17:06  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

Um belíssimo texto, que traz muitas reflexões e muita verdade em todo o seu teor.
nem sei bem porquê, mas este tema deixa-me um pouco angustiada.
beijo
:)

12 de maio de 2016 07:16  
Blogger O Árabe disse...

é, Chica... faz parte! :) Fiquei muito feliz, amiga, com as boas notícias sobre o Kiko. Agora, é como você disse: vamos que vamos! :) Obrigado, bom resto de semana.

12 de maio de 2016 09:41  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, André; penso a mesma coisa sobre os seus textos, amigo. Meu abraço, bom fim de semana!

12 de maio de 2016 09:42  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Shirley, pela gentileza e amizade. Bom resto de semana, fique bem!

12 de maio de 2016 09:43  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Céu. A mamãe tá por aqui, ainda, graças a Deus; passei o Dia das Mães todinho com ela... e foi muito bom! Melhoras, minha amiga; bom resto de semana.

12 de maio de 2016 09:44  
Blogger O Árabe disse...

Sejamos, Fa. De como tratarmos os nossos idosos, dependerá a forma como seremos tratados. Obrigado, amiga; bom resto de semana!

12 de maio de 2016 09:45  
Blogger O Árabe disse...

Verdade, Marina: envelhecemos mais rápido do que pensamos. Ainda ontem, eu era um menininho! :) Obrigado, amiga; bom resto de semana.

12 de maio de 2016 09:46  
Blogger O Árabe disse...

Isso, mixtu: o inverno chegará. E a cigarra que não houver plantado dependerá das migalhas que a caridade lhe conceder. Meu abraço, amigo; bom resto de semana.

12 de maio de 2016 09:48  
Blogger O Árabe disse...

O bom, Irene, é que, além das rugas, ela nos deixa algo muito valioso: a experiência. :) Obrigado, amiga; bom fim de semana.

12 de maio de 2016 09:49  
Blogger O Árabe disse...

Verdade, São. Tenho um amigo que diz: "Só existe uma coisa pior do que ficar velho... não ficar!". Sábio, não é? :) Abraço grande, amiga; bom resto de semana.

12 de maio de 2016 09:51  
Blogger O Árabe disse...

Verdade, Olhos de Mel. Infelizmente, qual é o jovem que pensa em ficar velho? :) Eu mesmo, quando era, nunca pensei! Obrigado, bom resto de semana.

12 de maio de 2016 09:56  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, rosa-branca. Na verdade, só depois que temos filhos aprendemos a valorizar os pais. :) Obrigado, amiga; bom resto de semana.

12 de maio de 2016 09:59  
Blogger O Árabe disse...

Também procuro sempre, Maria Luzia, amparar e ajudar os idosos; talvez por desejar que assim façam à minha mamãe. Obrigado, minha amiga; bom resto de semana, fique bem!

12 de maio de 2016 10:01  
Blogger O Árabe disse...

Também convivi muito com meus avôs, Ailime; e com eles, muita coisa aprendi. Naquele tempo, acredito, respeitava-se e valorizava-se mais a experiência e a sabedoria dos idosos. Hoje, com a vida cada vez mais corrida, isto pé algo que, infelizmente, os jovens esquecem de fazer! Grato, amiga; bom resto de semana.

12 de maio de 2016 10:04  
Blogger O Árabe disse...

Pura verdade, Arco-Íris! Isso é o que mais importa: amar todos os dias, dedicar-nos todos os dias, sermos presentes na vida de quem amamos. Obrigado, minha amiga; bom resto de semana!

12 de maio de 2016 10:06  
Blogger O Árabe disse...

Acho que a todos nós, Piedade. É a angústia imprecisa de sabermos que um dia, fatalmente, a velhice chegará para nós... e, com ela, o fim da jornada. Obrigado, bom resto de semana!

12 de maio de 2016 10:09  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky